7 frases mágicas para quem fala em público

Estas frases mágicas para quem fala em público vão fazê-lo brilhar em todas as suas apresentações. Não acredita? Então continue a ler.

7 frases mágicas para quem fala em público
Frases mágicas para uma apresentação inesquecível

Falar em público é uma necessidade e uma rotina para um grande número de profissionais. Porém, a maioria das pessoas não gosta particularmente dessa atividade e prefere até evitá-la quando pode. Se é o seu caso, saiba que as competências de comunicação são passíveis de serem treinadas e que as frases que usa podem criar automaticamente uma excelente impressão em quem o ouve. Passe para o nível da excelência usando estas 7 frases mágicas para quem fala em público.

Frases mágicas para uma apresentação impactante

Aqui ficam algumas sugestões para que a sua próxima comunicação em público seja um verdadeiro sucesso!

1. “ Se há algo nesta apresentação que eu gostava que memorizassem, é…”

O objetivo ao incluirmos esta expressão na nossa apresentação é o de ajudar as pessoas a memorizarem aquilo que achamos ser o ponto mais importante da nossa mensagem.

Independentemente de quão competentes sejamos a comunicar, é impossível a audiência recordar tudo o que dissemos. Mas destacar aquilo que queremos que nosso público se lembre faz com que essa informação fique presente na memória das pessoas depois da apresentação terminar. A isto chama-se plantar uma ideia na cabeça das pessoas. E funciona mesmo.

2. “Vou dar-vos três exemplos…”

Para demonstrar que a nossa brilhante ideia está certa, nada como sustentá-la apresentando um punhado de bons e convincentes exemplos. Estudos mostram que a memória de trabalho, de curto-prazo, apenas retém de três a cinco pontos de cada vez, sendo que cinco já poderá ser esticar demasiado a corda. Três é o número mais poderoso em comunicação.

apresentacao

3. “Isto é bom para X, bom para Y e bom para Z”

Mais uma das frases mágicas para quem fala em público. A repetição pode fazer maravilhas ao fazer com que as pessoas se lembrem do que falamos, especialmente se usarmos a regra dos “três” novamente. O truque é padronizar o discurso.

4. “Agora que já mencionei este aspeto, vou falar-vos de outra coisa importante…”

O objetivo é assinalar uma transição suave entre tópicos. As transições indicam ao público que estamos a apontar o discurso para outra direção e, assim, torna-se mais fácil não perder a sua atenção. O público irá perceber que estamos a seguir em frente.

5. “Era uma vez…”

Contar uma história tem o dom de captar desde logo a atenção. Pode parecer um cliché, mas uma história irá capturar a atenção do público muito mais eficazmente que uma simples enumeração de factos. As pessoas podem esquecer as estatísticas e gráficos específicos que lhes mostramos: são as nossas notas mais pessoais que irão perdurar.

Narrativas e histórias são mais fáceis de lembrar, porque se relacionam com o dia-a-dia de toda a gente. Um dos mais maiores prazeres das audiências envolvem narrativas de triunfo sobre a tragédia. Se não puder encontrar casos verídicos para contar o que se passou consigo, recorra a histórias sobre outras pessoas.

6. “Nós”, “Tu”, e “Eles”

Evite usar o pronome “Eu” o máximo que puder. As apresentações que funcionam melhor não são aquelas centradas em nós próprios, mas sim nos outros. Quando falamos sobre terceiros estabelecemos laços mais pessoais e ficamos a parecer mais acessíveis. Por exemplo, em vez de falar sobre os seus próprios feitos, refira os sucessos da sua equipa como um todo.

7. “Em jeito de conclusão…”

A derradeira e talvez a mais chamativa das frases mágicas para quem fala em público. Deixar o público saber que estamos a terminar irá despertar a atenção dos ouvintes e, provavelmente, deixá-la no nível máximo e, então, é a nossa oportunidade de reter os temas que desejamos que o nosso público se lembre.

Veja também: