Os fundos de pensões compensam?

Os fundos de pensões são bons instrumentos para investir na sua reforma. A par dos PPR, podem ser bons produtos para a sua reforma. Saiba o que é um fundo de pensões e perceba as suas potencialidades.

Os fundos de pensões compensam?
Quer investir na sua reforma? Conheça os fundos de pensões e veja se se enquadram com os seus objetivos

Falamos recentemente dos Planos Poupança Reforma (PPR), das suas vantagens e das principais críticas que lhes costumam estar associados. Procurámos mostrar que as críticas não são merecidas e que os PPR são óptimos produtos para investir na sua reforma.
 
No contexto do investimento para a reforma, existem outros produtos que podem também ser interessantes, quer falemos das taxas de retorno quer nos foquemos nos benefícios fiscais. Neste artigo iremos falar-lhe dos Fundos de Pensões.
 
TOME NOTA:
Investir em fundos de pensões pode servir de complemento para a sua reforma. Conheça os fundos de pensões e perceba como o podem ajudar a atingir os seus objetivos.

O que é um fundo de pensões?

Um fundo de pensões é um fundo de investimento. Os detentores dos fundos de pensões conferem a gestão do seu dinheiro a uma equipa de gestores profissional que se compromete a investir o dinheiro de acordo com regras que são definidas à partida (num prospecto).
 
Os fundos de pensões distinguem-se dos restantes fundos de investimento pois conferem um conjunto de benefícios fiscais aos seus detentores. Na prática, os benefícios fiscais dos fundos de pensões são semelhantes aos benefícios dos planos poupança reforma:
 
  • Benefícios à entrada — Quem subscreve um fundo de pensões poderá deduzir até 80€ por ano no seu IRS (20% do montante entregue até atingir este valor);
  • Tributação mais favorável — A taxa de imposto associada aos lucros/mais-valias é reduzida significativamente, podendo atingir os 8%;
  • Benefícios à saída — Os lucros dos fundos de pensões só são tributados no momento da reforma.
 

Fundos de pensões ou PPR?

Se está indeciso entre investir num fundo de pensões ou investir num PPR, deverá ter em atenção duas variáveis:
 
  • A sua empresa complementa o seu fundo de pensões? Os fundos de pensões são muito populares nas empresas. Há empresas que contribuem para o fundo de pensões dos seus colaboradores. Adicionalmente, se o colaborador fizer as suas próprias contribuições poderá acontecer que a empresa reforce os seus investimentos. Se for este o caso, o fundo de pensões poderá ser mais interessante que o PPR;
  • A movimentação dos fundos de pensões é mais restritiva do que a dos Planos Poupança Reforma. Por exemplo, é possível utilizar o valor dos PPR para amortizar o seu crédito habitação, o que não é possível no caso dos fundos de pensões.
 

Devo investir num fundo de pensões?

O investimento em fundos de pensões poderá possibilitar um bom complemento para a sua reforma. Os fundos de pensões são interessantes e dão-lhe bons benefícios. Em última análise, poderá sempre diversificar o risco dos seus investimentos para a reforma por diversos produtos. Mas o fundamental é que poupe e invista com algum risco para conseguir ter bons níveis de retorno.
 

Veja também: