5 gadgets para donos de casa desesperados

Existem gadgets para donos de casa desesperados ficarem menos desesperados. Desde limpeza a seco a regar as plantas, estes dispositivos podem ajudar bastante.

5 gadgets para donos de casa desesperados
Gadgets para ajudar os donos de casa nas mais variadas tarefas

A tecnologia serve para tornar a vida mais fácil, ao executar tarefas em menos tempo e de uma forma mais eficiente. Assim, pode ser muito útil conhecer alguns gadgets para donos de casa.

Arrumar e limpar a casa é fundamental, mas estas não são propriamente tarefas agradáveis e, nos dias correntes, é difícil ter o tempo necessário, uma vez que a mulher já não é a doméstica que fica em casa a tomar conta das lides do lar, tendo a sua própria carreira profissional.

Portanto, torna-se imperativo usar a tecnologia para ajudar a gerir as tarefas relacionadas com a casa e ajudar a executar as mesmas, de modo a que os donos de casa não tenham de ficar “desesperados”.

5 gadgets para ajudar donos de casa desesperados

1. Flower power

FlowerFonte da imagem: Parrot

É agradável e saudável ter plantas em casa. No entanto, se não tiver cuidado a tratar das mesmas, estas acabam por morrer. O Flower Power é um gadget wireless que identifica, através de sensores, as necessidades da planta, enviando um alerta para uma app iOS ou Android.

O sensor acede às sementes da planta e avisa o utilizador quando esta deve ser regada, quando deve ser adicionado fertilizante ou quando a planta deve ser mudada de vaso, para um melhor crescimento. A app é gratuita, sendo que o sensor custa a partir de 59€.

2. Rollibot

Aspirar é uma das tarefas mais aborrecidas. O Rollibot ajuda ao tornar a tarefa mais leve e mais divertida. Este gadget não só é autónomo como multifacetado: varre, aspira e limpa o chão.

Tem vários modos de limpeza, deteta objetos, carrega-se sozinho, faz pouco barulho, tem uma agenda programável e pode ser controlado à distância. É o melhor amigo de qualquer dono de casa. Pode ser encomendado online a partir de 131€.

3. Swash Express Clothing System

SwashFonte da imagem: Swash

O Swash Express Clothing System poupa o dono de casa das idas à lavandaria para limpar a seco. É um dispositivo que limpa a seco em 10 minutos, removendo as rugas das roupas, preservando-as e guardando as mesmas, mantendo-as prontas a usar em pouco tempo.

Este sistema pode ser encaixado em qualquer zona do quarto ou dentro de um armário. Basta ligar à ficha e premir um botão para pôr o dispositivo a funcionar. Não envolve qualquer tipo de tubos, ligações ou estruturas sofisticadas, nem requer que a sua instalação seja feita por profissionais. Pode ser encomendado online, custando 350€.

 4. Robots de cozinha

bimbyFonte da imagem: As Dicas da Bá

O mercado oferece várias marcas (Bimby, Yämmi, Mycook, etc.) e diferentes tipos de robots de cozinha. Estes gadgets ajudam o utilizador a cozinhar, funcionando da mesma forma: define-se e ajusta-se o tempo, a temperatura e a velocidade. A vantagem destas máquinas é que são polivalentes, permitindo cozinhar vários pratos, sobremesas e até fazer pão, por exemplo.

Os robots de cozinha aquecem, assam, cozem, cortam, liquidificam, picam, etc. São um auxiliar muito valioso porque desempenham imensas funções diferentes e em pouco tempo. Os preços oscilam entre os 83€ e os 1300€, dependendo das características e marcas dos dispositivos.

5. Amazon Echo

amazon echoFonte da imagem: Amazon

O Amazon Echo é um assistente que é comandado pela voz para executar tarefas. Este sistema desempenha diversos tipos de serviços domésticos, desde ligar ou desligar luzes a selecionar playlists de música, verificar as notícias, ligar o ar condicionado, planear uma viagem ou ida às compras, etc. Basta dizer-lhe, literalmente, o que fazer. Pode ser encomendado online, a partir de 156€.

Veja também:

Ana Duarte Ana Duarte

Jornalista e gestora de comunicação no projeto Patient Innovation, Ana Duarte é mestre em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Porto. A sua paixão pela escrita começou cedo, quando aprendeu a escrever e começou a criar os seus próprios jornais. Interessa-se por tecnologia, desporto, cinema e literatura.