Google Pixelbook: tudo que precisa de saber

É um portátil, um tablet ou um simples ecrã? O Google Pixelbook é o novo híbrido da família Chromebook e, acredite, vale a pena conhecer.

Google Pixelbook: tudo que precisa de saber
O novo Chromebook é simples e intuitivo

É um tablet? É um portátil? Não, é o Google Pixelbook e pode ser aquilo que o utilizador quiser. O novo membro da família Chromebook é um dispositivo verdadeiramente apaixonante, que promete trazer uma grande flexibilidade à vida dos utilizadores.

Google Pixelbook: tudo o que precisa de saber

PixelbookFonte da imagem: Google

O Google Pixelbook é um equipamento rápido, simples e intuitivo, que promete facilitar a vida de qualquer utilizador. O dispositivo possui um ecrã LCD de 12,3 polegadas com resolução Quad HD e sensível ao toque.

O que o torna tão atraente? O dispositivo pode ser dobrado em 360º e, de um momento para o outro, o que era um portátil pode transformar-se num tablet. As possibilidades são (quase) infinitas. O equipamento pesa apenas 1,1 kg e tem apenas 10,3 mm de espessura. Mas há mais.

O design atraente e minimalista esconde uma “verdadeira máquina”, que pode passar despercebida a quem não experimenta o Google Pixelbook. Por dentro, todas as versões do equipamento contam com processadores Intel Core de 7.ª geração, seja no modelo com i5 ou i7. A memória RAM varia entre os 8GB e os 16 GB e o armazenamento interno varia entre os 128 GB e os 512 GB (o disco é SSD).

A bateria é outro dos componentes que chama à atenção. De acordo com a própria Google, o equipamento possui uma bateria que aguenta até 10 horas por carga. Uma carga de apenas 15 minutos pode garantir 2 horas de utilização.

Chrome OS e Google Assistant

O novo membro da família Chromebook é “só” mais uma prova de que o ecossistema que a Google está a criar tem tudo para dar certo. O Google Pixelbook vem com o Chrome OS como sistema operativo, o que traz inúmeras vantagens como um arranque rápido, uma forte segurança e atualizações automáticas.

A integração do Google Assistant é outra das novidades. O utilizador pode pedir que o próprio Pixelbook execute algumas tarefas simples – como registar anotações ou fazer pesquisas – através de simples comandos de voz.

Google Pixelbook Pen

A Google Pixelbook Pen foi mais uma novidade que causou bastante alarido. Esta caneta inteligente permite que o utilizador torne o Pixelbook no bloco de notas perfeito – é ideal para escrever e para desenhar. Para além disso, permite aumentar a experiência do utilizador com o portátil.

Preço e disponibilidade do Google Pixelbook

À data de publicação deste artigo, ainda só é possível comprar o Google Pixelbook nos Estados Unidos da América, no Canadá e no Reino Unido. O preço de pré-venda nos ronda os 1000 dólares.

Veja também:

Nuno Margarido Nuno Margarido

Jornalista formado pela Universidade de Coimbra, assume-se uma pessoa curiosa e até a mais simples engrenagem ou linha de código o fascina. Os seus interesses dividem-se por vários mundos, com destaque para a tecnologia, o gaming, o vídeo, a fotografia e o cinema.