15 factos para entender a história da Tesla

A história da Tesla Motors começou em 2003, quando um grupo de engenheiros se propôs a criar um carro desportivo elétrico com grande desempenho. Saiba mais.

15 factos para entender a história da Tesla
Curiosidades sobre a fabricante de veículos elétricos de luxo

A (ainda recente) história da Tesla Motors é a prova de que é possível construir carros elétricos tão atraentes visualmente quando potentes. Com um design moderno, muito luxo no interior e um motor elétrico que permite um desempenho idêntico a um carro com motor de combustão, os automóveis da Tesla Motors estão na moda e tornaram-se já um símbolo de inovação na indústria automóvel mundial.

A história da Tesla Motors começou em 2003 com um grupo de engenheiros – Martin Eberhard, Marc Tarpenning, Ian Wright, Jeffrey Brian Straubel e Elon Musk – de Silicon Valey, na Califórnia (Estados Unidos da América), que quis provar ao mundo que era possível produzir um carro desportivo totalmente elétrico, com a atitude rebelde e determinada que se espera neste tipo de carros.

A 1 de julho de 2003 é, então, criada a Tesla Motors, cujo nome homenageia o inventor e engenheiro elétrico Nikola Tesla. Do grupo de visionários e empreendedores, destacou-se Elon Musk, formado em economia e física, que acabou por se tornar a “cara” da Tesla Motors e é hoje o seu CEO.

O investidor e visionário Elon Musk, que por diversas vezes foi comparado a Steve Jobs, diz que o seu maior sonho é colonizar o planeta Marte até 2022. Para já, vai continuar a produzir carros elétricos que continuam a surpreender a indústria automóvel.

Elon Musk tornou-se multimilionário ainda antes de ter entrado na Tesla, com a venda de negócios como a Zip2 e a PayPal. Até ao momento, estima-se que Elon Musk deverá ter investido mais de 70 milhões de dólares do seu bolso na Tesla Motors.

Se ainda não conhece a fabricante de automóveis norte-americana que mais está a dar que falar, apresentamos-lhe 15 factos que descrevem a história da Tesla.

História da Tesla Motors

1. Produção  do primeiro modelo Tesla

A produção do primeiro Tesla arrancou em 2008, mas foi descontinuada no final de 2012. Era um roadster superesportivo descapotável de dois lugares, com design futurista, que em vez de motor a gasolina tinha uma bateria de 6.831 células de iões de lítio, idêntica às baterias dos portáteis e telemóveis.

Este roadster conseguia chegar dos 0 aos 100 km/h em apenas 4 segundos e acelerar a 205 km/h, com uma autonomia de cerca de 350 quilómetros. Apesar de se ter tornado um carro desejado por muitos consumidores, apenas foram vendidas pouco mais de 2.600 unidades. Elon Musk chegou a referir que este modelo foi um “total desastre”.

C

2. Nova plataforma de produção

Apesar do fracasso do roadster, a Tesla criou uma nova plataforma de produção, onde ainda hoje produz os atuais modelos: o Model S, um carro desportivo, e o Model X, primeiro SUV da história da Tesla Motors.

3. Carros amigos do ambiente

Os carros da fabricante norte-americana são considerados amigos do ambiente, mas também dos seus ocupantes. Os veículos têm um sistema de filtragem de ar HEPA, que é um filtro de ar que impede que partículas perigosas para a saúde entrem no habitáculo. Em caso de um ataque químico, o interior do habitáculo é selado e protegido com oxigénio.

C

4. Model X

O Model X é um SUV com capacidade para sete ocupantes, tração às 4 rodas e uma bateria elétrica de 100 kWh. A fabricante garante que a bateria do Model X tem uma autonomia de 565 quilómetros. Apesar de ser um veículo grande e pesado, é rápido, conseguindo acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 3,1 segundos.

C

5. Model S

O Model S consegue chegar dos 0 aos 100 km/h em apenas 2,7 segundos. Com a bateria totalmente carregada e as condições perfeitas, a autonomia deste modelo pode variar entre 372 quilómetros a 572 quilómetros. Este modelo conta com um motor duplo que, segundo a marca, representa uma melhoria em relação aos sistemas de tração às 4 rodas convencionais.

Com dois motores, um à frente e outro atrás, o Model S consegue controlar de forma digital o binário das rodas. O resultado é um controlo de tração em qualquer condição climatérica.

6. Condução autónoma

Todos os veículos da história da Tesla Motos possuem o hardware necessário para a funcionalidade de condução totalmente autónoma. A fabricante garante que este hardware tem um nível de segurança maior do que o nível de um condutor humano.

7. Estações de carregamento

Em 2012, a empresa iniciou a inauguração das chamadas estações de abastecimento – supercarregadores – que foram estrategicamente colocados nas grandes cidades americanas, permitindo assim que os clientes se deslocassem por todo o país sem receio de ficar sem energia e não ter onde abastecer. Estas estações de abastecimento são idênticas a um posto de combustível.

De acordo com a fabricante, os supercarregadores têm a capacidade de carregar 50% da bateria dos automóveis da marca em 30 minutos, o que permite andar mais de 250 quilómetros. Atualmente, existem mais de 828 estações supercharger com 5.339 supercarregadores nos Estados Unidos, Canadá, Europa e Ásia. No vídeo, pode ver a tranquilidade dos clientes em fazer uma viagem de férias num Tesla.

8. Carregamento dos veículos

A Tesla sublinha que é o único fabricante de veículos elétricos que consegue carregar veículos até 120 kW, o que representa aproximadamente 270 quilómetros de autonomia em apenas 30 minutos.

9. Nova unidade de produção na Europa

A Tesla Motors anunciou, em 2016, que vai construir uma nova fábrica na Europa. Esta unidade de produção terá um investimento total de 5 mil milhões de euros, será o segundo maior edifício do mundo em termos de volume e irá operar 100% a energia renovável. A Tesla prevê gerar 6.500 postos de trabalho. Portugal está “na corrida” para trazer a fábrica para solo português e, assim, entrar na história da Tesla Motors.

10. Fábrica de baterias

A fabricante norte-americana prevê que, em 2020, a fábrica da Tesla no Nevada, nos Estados Unidos, vai produzir mais baterias de iões de lítio do que aquelas que foram produzidas em 2013, em todo o mundo. No mesmo complexo industrial são já reciclados diversos materiais e transformados em baterias de iões de lítio para outras fabricantes de automóveis como a Daimler e Toyota.

C

11. Capitalização bolsista

A Tesla emprega 14 mil pessoas (número que vai variando) e tem uma capitalização bolsista de 52,7 mil milhões de dólares (valor registado na sessão de 4 de abril de 2017). Este valor ultrapassa já a gigante norte-americana General Motors (49,6 mil milhões de dólares), que detinha a primeira posição em Wall Street há um século.

12. Model 3

A produção do Model 3 arranca este ano e os primeiros carros devem ser entregues em 2018. O Model 3, que terá um preço base de 35 mil dólares, é o carro premium mais acessível da história da Tesla Motors. A fabricante garante que este modelo vai atingir os 345 km de distância por carregamento e demora menos de 6 segundos dos 0 aos 100 km/h.

C

13. Mais modelos no futuro

A Tesla Motors prevê anunciar formalmente novos modelos de mini carrinhas e camiões semi articulados. Os modelos que a fabricante norte-americana tem de momento são utilitários familiares.

14. Powerwall

Sabia que a Tesla vende uma bateria para casas e pequenas empresas que se chama Powerwall? Esta bateria armazena a energia solar e fornece uma eletricidade limpa para toda a casa mesmo quando não há sol.

15. Produção de 500 mil carros

A fabricante tem como objetivo vender 500 mil carros por ano em 2018, com a ajuda do veículo mais acessível, o Model 3. No entanto, a produção e montagem poderá estar atrasada devido à saída de membros da direção. Por essa razão, a Tesla Motos contratou Peter Hochholdinger, da Audi, como vice-presidente para a produção de veículos.

Peter Hochholdinger tem como funções otimizar os sistemas de produção do Model S e X, para aumentar o número de unidades produzidas. O responsável tem ainda em mãos o desenvolvimento de raiz de um sistema de produção para o Model 3, que seja sustentável, eficiente e mais barato.

O sucesso da Tesla Motors

Muitas vezes considerada a Apple dos carros elétricos, o segredo do sucesso da Tesla Motors pode estar na atitude irreverente que sempre tem demonstrado. A fabricante norte-americana garante um interface fácil de usar num carro com linhas atraentes, bem ao estilo europeu, com grande desempenho, espaço interior e muito luxo. Neste aspeto, distingue-se das restantes fabricantes que têm optado por lançar alguns modelos de carros elétricos com design demasiado extravagante, mantendo o básico no interior.

Apesar de existirem dúvidas quanto à sustentabilidade da empresa, a verdade é que a Tesla Motors é uma das empresas mais inovadoras do mundo, com um modelo de negócio considerado disruptor dentro da indústria automóvel.

Se é fã da Tesla Motors, saiba que já pode encomendar um dos seus modelos em Portugal. Basta ir ao site em português, encomendar um Tesla Model S ou um Tesla Model X e agendar um test-drive.

Veja também: