AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Hobbies no CV: sim ou não?

Há quem defenda que sim e quem não veja neles qualquer relevância. Nós dizemos como pode incluir os seus hobbies no seu CV.

Hobbies no CV: sim ou não?
Até que ponto podem os seus hobbies ser importantes para a sua carreira?

Certamente já reparou que grande parte dos modelos de Curriculum Vitae (CV) tem uma secção onde pode incluir os seus hobbies ou interesses. Mas alguma vez se questionou se deve ou não incluir os seus hobbies no CV? Ou até que ponto podem ou não ser verdadeiramente relevantes?
 

Hobbies e CV: será que combinam?

Muitos dirão que esta secção é dispensável e que não tem qualquer influência para um processo de recrutamento, mas há também quem veja nos seus interesses ou hobbies uma forma de detetar/ evidenciar competências que podem ser úteis para o seu trabalho. De facto, incluir os seus hobbies no CV pode funcionar como uma vantagem, na medida em que ajuda as empresas a conhecer um pouco melhor os seus potenciais colaboradores.

Por isso, se a pergunta é: “será que deve ou não incluir os seus hobbies no CV?”
Nós respondemos: “porque não?!”

Ao contrário do que possa pensar, há boas razões para não negligenciar a secção dos interesses ou dos hobbies. Sendo a primeira (e grande) o facto de muitos recrutadores usarem esta informação para criar ou completar a “imagem” do candidato que estão a analisar. Esta secção pode ser particularmente importante para quem tem pouca (ou nenhuma experiência), por exemplo, já que permite aos recrutadores reunirem informações sobre o candidato.

Lembre-se que no mercado de trabalho atual, altamente competitivo, tudo conta e pequenos detalhes podem fazer a diferença. E os seus hobbies ou interesses, além de o ajudarem a personalizar o seu CV, podem (mesmo sem se dar conta) ser o seu trunfo na “hora h”.

 

4 Dicas para incluir os hobbies no CV

Se está a pensar que nunca viu esta secção nos modelos de CV que já preencheu, está errado. Ou será que nunca encontrou uma área para incluir “informação adicional” (ou em alguns modelos “interesses”)? Sim, ela existe mesmo. E ainda que – à primeira vista – seja simples preencher esta informação, é bom que lhe dedique algum tempo e saiba usar esta informação a seu favor. Estas dicas podem ajudá-lo.

 

1. Traduza o seu hobby numa competência

Esta é provavelmente a dica mais importante e também a que requer mais atenção. É fundamental que avalie os seus hobbies e perceba de que forma podem dotá-lo de competências úteis para o trabalho.

 

2. Evite expressões vagas ou “chavões”

Deve ter especial atenção com as expressões que usa. Não se limite a atirar “buzzwords” para o seu CV. As expressões demasiado genéricas não são uma boa opção. O ideal é que sustente essa informação com exemplos. Se diz que sabe trabalhar em grupo se faz parte de um grupo desportivo fale de que forma tem vindo a desenvolver e a cultivar a dinâmica de grupo; se diz que tem boa capacidade de comunicação, mostre de que forma os seus hobbies o ajudaram a desenvolver essa competência.

 

3. Selecione os que possam ser mais relevantes para a função que vai desempenhar

Obviamente nem todos os seus hobbies devem ser mencionados, mas apenas aqueles que possam acrescentar algo ao seu CV. Por exemplo, se faz voluntariado, de integra um grupo ou associação desportiva, podem ser vistos como sinais de proatividade e dinamismo, características relevantes para o seu perfil profissional. De fora pode deixar as saídas com os amigos ou as idas ao cinema.

 

4. Não “invente” hobbies

Por vezes é melhor dizer menos a dizer asneiras. Lembre-se, em certos casos, "menos é mais". Por isso, se não tem hobbies que possam ser relevantes para a sua candidatura, não os inclua e muito menos os “invente”. Lembre-se que a finalidade desta informação é permitir que o recrutador o conheça um pouco melhor e isso não irá acontecer se der informações erradas.

 

Hobbies no CV: Sim ou não?

Sim, com peso, conta e medida, que é como quem diz, se essa informação o ajudar a ser o candidato escolhido. Por isso, escolha bem os interesses e hobbies que vai incluir no seu CV.


Veja também: