10 hobbies que ficam bem no currículo

Há hobbies que ficam bem no currículo? Sim, mas nem todos. Depende, sobretudo, do emprego a que se está a candidatar.

10 hobbies que ficam bem no currículo
Escolha bem aquilo que quer mostrar ao empregador

hobbies que ficam bem no CV? Não há resposta certa para esta questão. Se há recrutadores que adoram detalhes extra, outros preferem ir diretos ao percurso académico e profissional.

Mas o que é certo é que há muitas situações em que um hobbie pode acrescentar valor ao seu currículo e fazê-lo sobressair entre dezenas de outros, pela positiva.

Porquê? Porque para além das suas qualificações e experiências profissionais, os seus hobbies revelam mais sobre a sua personalidade. Estes detalhes extra podem mostrar que tem competências para assumir uma determinada função, tornam o seu currículo mais único e dão-lhe até tema de conversa durante uma possível entrevista.

Tenha em atenção que o uso de hobbies no currículo faz mais sentido para quem acabou de se formar, ou para quem tem falta de experiência profissional, e que não deve inventar atividades de lazer para preencher este espaço. Se o seu percurso já é demasiado extenso, talvez seja melhor não os incluir.

Fique com esta lista de hobbies que ficam bem no currículo, mas não se esqueça que o segredo é só um: adaptar o conteúdo do seu CV ao emprego a que se candidata.

 

Hobbies que ficam bem no currículo

 

Fotografia

hobbie-fotografia

Se está a candidatar-se a uma vaga como diretor criativo ou no marketing digital, dizer que gosta de fotografia e até tem algum jeito para a coisa, demonstra que é criativo e paciente.

 

Vídeo

Saber lidar com o formato vídeo, num mundo cada vez mais digital, também pode fazer de si um candidato mais apelativo. Além disso mostra que é preciso e focado, caraterísticas-chave para muitos postos de trabalho.

 

Viajar

Sempre que tem um tempinho livre e um dinheiro extra dedica-se a viajar? Este é um dos hobbies que ficam bem no currículo. Mostra que não tem medo de se aventurar e experienciar coisas novas.

 

Desportos de resistência

É maratonista? Ciclista? Pratica triatlo? Se quer mostrar ao empregador que é dedicado, tenaz, persistente e que não foge a um desafio deve incluir estes hobbies no CV.

 

Desportos de equipa

Qualquer desporto que pratique em equipa – futebol, basquetebol, andebol, polo aquático – vai demonstrar isso mesmo: que sabe trabalhar em equipa. Se for capitão, ainda melhor. O recrutador vai gostar de saber que tem espírito de liderança.

 

Desportos radicais

É mais adepto de desportos radicais? Costuma passar os fins-de-semana a saltar de paraquedas ou a correr ultramaratonas? Então é alguém que gosta de superar os seus medos e limites, é disciplinado e não teme o desconhecido, além de saber calcular riscos. Traços importantes se está a candidatar-se a um cargo de liderança.

 

Programar

Costuma programar nas horas livres ou anda a tirar um curso online para aprofundar conhecimentos nessa área? Se está a candidatar-se a um trabalho na área das novas tecnologias isso pode ser uma mais-valia no seu currículo.

 

Palavras cruzadas e xadrez

À primeira vista estes podem parecer hobbies que devem estar a léguas de um currículo. Mas o certo é que são duas actividades que demonstram a sua capacidade de pensamento analítico ou estratégico e que é capaz de resolver problemas.

 

Yoga

yoga-hobbie

Os praticantes de Yoga têm grande capacidade de ficar calmos e manter o controlo. Se está a candidatar-se a um emprego que exija saber trabalhar sob pressão, essas caraterísticas podem ser valorizadas.

 

Voluntariado

Voluntariado: este é daqueles hobbies que ficam sempre bem no currículo. Se dá parte do seu tempo para ajudar os outros, seja de que maneira for, isso vai demonstrar que é bondoso, apaixonado e que é capaz de sentir compaixão pelos outros.

Veja também:

Continuar a Ler