Homologação de veículos - o que saber

A homologação de veículos em Portugal é um processo é longo e difícil, mas é sempre um boa recompensa. Pode também optar por outros caminhos.

Homologação de veículos - o que saber
Todos os pormenores deste processo

Portugal não é a República das Bananas. Bom, há quem diga que é, mas vamos acreditar no contrário. Há regras que todos respeitamos, ou a maioria respeita e é isto que faz de nós um povo civilizado. Todos temos direitos, mas também deveres.
Quanto aos veículos, a circulação nas estradas está regulamentada e não podemos conduzir qualquer um. Aliás, todos os carros têm de ser homologados pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT).
Os veículos novos disponíveis nos concessionários já estão homologados, prontos a matricular e trazer para casa.


Mas afinal o que é a homologação de veículos?

Dizem os dicionários que a homologação consiste numa prova de reconhecimento efetuada pela entidade competente. No caso dos automóveis, em Portugal, esta entidade é o IMT que emite os certificados de que um modelo de veículo está em conformidade com os requisitos técnicos estabelecidos na legislação.


Quer saber mais?
Receba as nossas melhores dicas no seu e-mail. Registe-se no E-Konomista. Diariamente, levamos até si a informação mais relevante.

Diferentes tipos de homologação

A homologação de veículos em Portugal pode ser:
  • de modelo - em que são certificadas todas as unidades de um determinado modelo automóvel;
  • de pequena série - caso seja para um número limitado de veículos;
  • individual - se for apenas para um veículo.

Todas estas homologações podem ser de dois tipos:
  • nacional - em que o certificado apenas permite a utilização dos veículos em território nacional;
  • CE - quando a homologação permite a circulação em todos os países que pertencem à União Euripeia.

Há depois várias categorias, entre veículos de passageiros (M), mercadorias (N) e reboques (O), e cada um tem as suas sub-categorias, divididas pela carga máxima que determinado veículo pode transportar. Pode consultar a página do IMT para saber alguns detalhes destas categorias e sub-categorias.


Dicas úteis

A homologação é um opção quando quer construir um carro de raiz, contudo o caminho não é fácil, há vários passos a dar e esta caminhada não será rápida.
Há empresas que tomam conta de todo o processo retirando-lhe este peso das costas, no entanto os custos são ainda maiores, mas as dores de cabeça menores.

Há sugestões em vários fóruns, caso queira homologar o seu veículo, para o fazer noutros países, tal como Inglaterra em que são mais permissivos fazendo depois apenas a legalização em Portugal, já que optando pela homologação aqui poderá ficar pelo caminho das burocracias.

Se o objetivo é construir o seu próprio carro então: mãos à obra, sabendo sempre que o trabalho não será fácil. Se quiser um carro mais desportivo e que lhe proporcione emoções fortes pode sempre optar por versões mais "divertidas" de alguns veículos já homologados. Falamos dos conhecidos GTI, Cupra, RS. Se adora carros estas nomenclaturas são-lhe familiares.


Veja também: