Hora do Planeta em Lisboa: um concerto a não perder

Raquel Tavares, Tiago Bettencourt, Matias Damásio e André Sardet são alguns dos nomes que vão agitar a capital - e à luz das velas.

Hora do Planeta em Lisboa: um concerto a não perder
Em Lisboa, a Hora do Planeta vai ser um grande evento

Ficar em casa é uma opção, mas para os lisboetas há muito mais a fazer na noite de 25 de março. Em 2017, a Hora do Planeta promete agitar a capital com uma ação promovida pela WWF, uma Organização Não Governamental internacional que atua em todo o mundo para reduzir o desgaste ambiental. Pelas 20h, no Parque Eduardo VII, os portugueses vão reunir-se num grande evento solidário, intimista e repleto de grandes sucessos nacionais.

E se fosse possível juntar grandes nomes da música nacional e levar os portugueses para fora de casa, num concerto único e à luz das velas? Sim, isto vai mesmo acontecer e a capital promete não esquecer o evento. Matias Damásio, André Sardet, Tiago Bettencourt e Raquel Tavares são alguns dos artistas que vão emprestar as vozes à causa solidária, que conta ainda com Tito Paris, Samuel Úria, Enoque e Janeiro.

Os bilhetes podem ser comprados nas bilheteiras das lojas FNAC e na BOL, com um custo de 10 euros, mas as crianças menores de 12 anos têm acesso gratuito ao recinto.

É importante frisar que o objetivo da iniciativa é destinar a totalidade dos lucros para as causas ambientais que são apoiadas pela WWF. Travar a degradação ambiental é, também, a missão de quem paga pela entrada no evento.

Os artistas nacionais e a Hora do Planeta

Ângela Morgado, representante da WWF em Portugal, referiu que “é fantástico ver os artistas que se juntaram a uma causa que é de todos nós, para celebrar o nosso planeta e passar uma mensagem forte de que os portugueses querem mais e melhores hábitos e compromissos sustentáveis”.

O objetivo do evento é aproximar os portugueses da luta contra as alterações climáticas e dar a oportunidade de cantar, celebrar e sensibilizar para a urgência de haver importantes mudanças.

A Hora do Planeta: o que é?

A Hora do Planeta é a maior campanha ambiental do mundo e mobiliza milhares de milhões de pessoas ao redor do globo. São mais de 8.000 cidades e vilas envolvidas, em 178 países e territórios, incluindo Portugal.

Portugal, aliás, tem tido um papel bastante ativo na iniciativa. Em 2016, o país conseguiu reunir 110 municípios, que abraçaram a causa de diversas formas. Foi possível observar, por exemplo, centenas de monumentos que desligaram as suas luzes e chamaram a atenção para a causa ambiental.

A Ponte 25 de Abril, o Mosteiro dos Jerónimos, a Torre de Belém, os Palácios da Pena, de Sintra e de Monserrate, o Castelo dos Mouros e o Castelo de S. Jorge são alguns dos exemplos que ficaram às escuras por um bom motivo, mas, de norte a sul, houve muito mais.

Este ano, a WWF quer trazer mais portugueses para perto da Hora do Planeta e o concerto em Lisboa é apenas mais das muitas formas de chamar a atenção para a causa.

Se está fora da capital ou vai ficar em casa, não esqueça que há inúmeras ideias para aderir ao movimento e garantir momentos bem passados. Reúna a família e os amigos, faça um jantar à luz das velas, dê um passeio pelas ruas da sua cidade ou simplesmente leia um livro na companhia de um candeeiro.

Não importa como vai fazer, mas não esqueça: entre as 20h30 e as 21h30 de 25 de março, apague as luzes e alinhe nesta causa.

Veja também: