12 dos melhores e mais acessíveis hostels na Europa

Viajar com pouco dinheiro já não é sinónimo de alojamentos fracos e desconfortáveis. Venha connosco conhecer 12 dos melhores hostels na Europa.

12 dos melhores e mais acessíveis hostels na Europa
Sítios cool a preços apetecíveis

Há quem viaje com um orçamento apertado por falta de dinheiro, há quem o faça por achar um disparate gastar mais do que o estritamente necessário. Seja como for, esta lista de hostels na Europa prova que há cada vez mais opções de alojamento de qualidade com preços em conta.

Hostels na Europa: 12 sugestões económicas onde apetece ficar alojado


Steel House, Copenhaga

Steel House, Copenhaga

Começamos esta listagem com os melhores e mais acessíveis hostels na Europa com uma sugestão a Norte, na capital da Dinamarca. O Steel House assume-se como um hostel de luxo, no entanto, os preços são bem convidativos: cerca de 25 euros por noite num quarto com 4 camas em beliches semi-privativos.

Os quartos têm um decor algo tecnológico e modernista, já as áreas comuns apresentam uma atmosfera mais clássica, onde não falta o que é preciso para trabalhar ou conviver: cozinha, bar, lounge com sofás e secretárias e, claro, um bom wi-fi gratuito.

RUM, Budapeste

RUM, Budapeste

Um hostel com tão bom ar e tão bom serviço, que não se coíbe de autonomear-se como ‘hotel’. O RUM fica no centro de Budapeste e apresenta uma atmosfera vibrante e acolhedora, onde a decoração e as peças de design foram criteriosamente escolhidas.

Tem vários tipos de quartos disponíveis, desde individuais a duplos e triplos e oferece detalhes simpáticos, tais como cafeteira elétrica ou máquina de café Nespresso, ar condicionado, televisor, toalhas, produtos de higiene e secador de cabelo. Não é dos mais baratos, mas consegue-se aqui um quarto duplo por pouco mais de 60 euros por pessoa.

My Cocoon, Mykonos

My Cocoon, Mykonos

Associamos quase sempre os hostels a estadias citadinas, mas o My Cocoon é um hostel num destino de praia de eleição: Mykonos, uma das mais famosas e bonitas ilhas gregas.

A inspiração para a sua decoração futurista veio de um filme de ficção científica dos anos 80, chamado precisamente “Cocoon”. É o único hostel da ilha e oferece diferentes tipos de camaratas, que acomodam desde 4 a 46 pessoas. Aqui, uma cama num dormitório múltiplo fica por menos de 40 euros por noite.

Generator Hostel, Roma

Hostel Generator, Roma

A Generator é uma cadeia de hostels, presente em várias cidades europeias, que tem obtido excelentes críticas por parte dos seus hóspedes. Em Roma, o hostel não podia estar melhor situado, bem perto do Coliseu e da estação de metro Roma Termini.

Pode escolher entre quartos privados ou partilhados, e terá acesso ao bar, ao lounge e ao café com propostas gastronómicas. A decoração é simples e descontraída, assim como os preços: desde 60 euros por um quarto para 4 pessoas. A este valor terá, no entanto, de acrescentar a taxa turística da cidade: 3,50 euros por noite e por pessoa.

Plus, Berlim

Hostel Plus, Berlim

Voemos agora até Berlim, onde há um hostel premiado à sua espera. Falamos do PLUS, que desde que abriu portas em 2010 é um dos mais elogiados hostels europeus. A piscina interior, a sauna, o bar de verão, as aulas gratuitas de yoga, o restaurante com pequeno-almoço buffet, a cozinha comum e a sala com televisor gigante, são alguns dos motivos do sucesso.

Está situado em Friedrichshain, uma das zonas mais cool da cidade e tem uma estação de metro a pouca distância. Os quartos são para todos os gostos: quartos standard duplos, quartos superiores até 4 hóspedes, dormitórios até 6 camas e quartos quádruplos só para raparigas. Desde 55 euros para duas pessoas.

Flying Pig Uptown, Amesterdão

Hostel Flying Pig Uptown, Amesterdão

O nome é sui generis e está instalado numa das cidades europeias mais ousadas e enérgicas: Amesterdão. O Flying Pig Uptown fica no centro da principal cidade holandesa, perto do Museu Van Gogh e a cinco minutos a pé da movimentada praça Leidseplein, onde não faltam lojas, bares e restaurantes.

O edifício é antigo, conferindo charme à sua estadia e oferecendo bonitas vistas sobre Vondelpark. Mais atributos? O pequeno-almoço gratuito, as tipologias diversificadas de quartos, que acomodam de 3 a 14 pessoas, a cozinha comunitária e a atmosfera descontraída e divertida. Uma cama num dormitório alargado fica por cerca de 20 euros por noite.

St. Christopher’s Inn Canal, Paris

St. Christophers Inn Canal, Paris

O St. Christopher’s Inn Canal é um dos mais populares hostels da cidade-luz e por isso merece constar desta lista dos melhores e mais acessíveis hostels na Europa. A localização é um dos seus pontos fortes, estando perto de Montmartre, com um bonito terraço sobre o Canal de St. Martin e a três estações apenas da Gare du Nord.

Tanto os quartos privados, como os dormitórios femininos e os mistos têm aquecimento, wi-fi e cofre individual. O pequeno-almoço está incluído e há descontos para os hóspedes no restaurante-bar Belushi’s. Desde 73 euros por noite em quarto duplo.

Amistat Hotel, Ibiza

Amistat, Ibiza

Cor, descontração, convívio, atmosfera de praia. É assim o Amistat Hostel, uma ótima opção de alojamento em Ibiza. Fica a 200 metros da praia Caló des Moro, não muito longe do mítico Café del Mar.

Há quartos duplos, quádruplos e dormitórios de 6 a 10 camas. Conte ainda com bar, piscina e uma cozinha comum completamente equipada. O porto de abrigo perfeito para uma estadia memorável nesta ilha das Baleares. O preço? 95 euros por um quarto duplo ou 22 euros por uma cama num dormitório.

Langholmen, Estocolmo

Langholmen, Estocolmo

Se os países nórdicos lhe despertam interesse e gostava de visitar a capital da Suécia mas tem um orçamento modesto, o Hostel Langholmen é uma opção a ter em conta, pois oferece uma ótima combinação entre conforto, localização, serviço e preço.

O edifício onde está instalado tem um passado curioso, pois em tempos foi uma das maiores prisões da Suécia. O pequeno-almoço, com um custo de 10 euros, é bastante elogiado. Um quarto duplo custará cerca de 70 euros por noite, um triplo anda à volta dos 97 euros.

Swanky Mint, Zagreb

Swanky Mint, Zagreb

A Croácia é um dos destinos do momento. Se está a pensar ir a Zagreb, equacione ficar alojado no Swanky Mint, um hostel com muito boa onda. “Soberbo” é um dos adjetivos utilizados para classificar este alojamento no centro da capital croata.

Há vários tipos de quartos disponíveis, incluindo estúdios com kitchenette. Nas áreas comuns, destaque para a cozinha e o bar. Regularmente são dinamizadas no hostel atividades e eventos culturais e sociais e não faltam museus e outras atrações a pouca distância. Por um quarto duplo com cama de casal, espere pagar cerca de 76 euros.

Hostel One Paralelo, Barcelona

Hostel One Paralelo, Barcelona

“Mais do que uma cama”. Esta é a promessa do One, uma cadeia de hostels premiada com várias unidades em Barcelona e noutras cidades europeias. Na Catalunha, o espírito jovem e desempoeirado do One pode ser encontrado nas Ramblas e em Sants, mas é o One Paralelo, situado numa perpendicular à Avenida del Paralell, o mais elogiado.

Estar a 12 minutos da praia é com certeza um dos chamarizes, mas há mais: estação de metro a dois minutos a pé, ar condicionado, wi-fi gratuito e ainda alguns extras irresistíveis, como as visita pedonais gratuitas a Barcelona todas as manhãs, ou o jantar gratuito todas as noites. Uma cama em dormitório misto de 8 lugares irá custar-lhe menos de 45 euros por noite.

Home Lisbon Hostel, Lisboa

Home Lisbon Hostel

E para terminar esta lista de hostels na Europa com uma ótima relação custo-benefício, trazemos, com muito orgulho, um hostel em Portugal: o Home Lisbon Hotel que soma várias distinções e as melhores pontuações nos sites de reservas. Em 2017, foi considerado ‘o melhor Hostel do Mundo’.

A localização é perfeita, no centro histórico lisboeta. O wi-fi é grátis e a comida servida nos jantares de grupo é absolutamente deliciosa, preparada com carinho pela “Mamma”, que é a mãe do dono do hostel. Uma singularidade que faz da estadia uma experiência ainda mais agradável e inesquecível. Desde 18 euros por cama em dormitório quádruplo.

Veja também: