Ideia de negócio: 5 passos para avaliar

Um dos principais entraves em passar uma ideia de negócio para a prática é o receio de que a mesma não seja exequível ou rentável. Saiba como avaliar se uma ideia é válida.

Ideia de negócio: 5 passos para avaliar
Como descobrir se aquela ideia é válida ou não

Espaços Coworking para pequenas empresas e freelancers

Já todos tivemos, nem que seja em ambiente informal/lúdico, uma ideia de negócio
No entanto, quando essa ideia é algo que se pretende tornar realidade surge-nos, constantemente, a dúvida do potencial da mesma. São muitos os estudos relacionados com a temática e, na realidade, há fatores com capacidade para influenciar decididamente no sucesso desse negócio. É versados nestes fatores que lhe indicamos 5 passos para avaliar uma ideia de negócio.
 

1. Avalie o mercado

Conheça como está mercado em que o seu negócio se vai inserir. Primeiramente, importa saber que escala pretende que o seu negócio alcance (internacional, nacional, regional). 
Depois, perceber a concorrência existente (qual o universo da mesma), incluindo nesta análise a forma como a mesma atua. O conhecimento pormenorizado da sua concorrência será vital para alcançar clientes. É também com base nessa informação que poderá calcular o seu nicho de mercado e qual o melhor posicionamento para o seu negócio. Este é o primeiro passo, e um dos mais importantes, para avaliar a sua ideia, conhecer o mercado para saber se há espaço para o seu negócio e qual será esse espaço.
 

2. Avalie o seu público-alvo

O conhecimento do seu público-alvo é sempre condição sine qua non em qualquer negócio, logo é também indispensável na avaliação da exequibilidade do mesmo. Saiba o que pretende o seu público-alvo e se o seu produto/serviço vai de encontro a essa pretensão. Se resolve algum problema aos seus potenciais clientes. Saiba como conectar com o seu cliente, como “atingi-lo”. Se o seu negócio tem potencial para o conseguir então é bem provável que seja uma boa ideia.
 

3. Grau de diferenciação 

Ainda que seja uma das grandes ambições de todos os que procuram encontrar uma ideia de negócio, a verdade é que o ser inovador (no seu todo) não é uma pretensão fácil de alcançar e, também, não é exigência decisiva para o sucesso do seu negócio. O importante é que o seu negócio tenha algum carácter de diferenciação relativamente à concorrência. 
O grau de diferenciação potencia as possibilidades de sucesso. Depois, importa conhecer as tendências (atuais e futuras) para saber avaliar se a sua ideia aparece na altura certa, diferenciando-se.

Veja também: Como saber se tem uma ideia de negócio viável
 
 

4. Investimento/rentabilidade

Todo o negócio vive de lucro, assim, avaliar uma ideia de negócio implica sempre entender qual o investimento previsível e qual o seu potencial de rentabilidade. Neste parâmetro, avalie também o investimento inicial necessário, capital disponível, nível de investimento geral do negócio, capital de risco inerente ao negócio, entre outros. Naturalmente, que conhecer a rentabilidade de um negócio só é possível a posteriori, mas cada negócio tem a sua singularidade, tenha isso em atenção na avaliação da ideia de negócio.
 

5. Adaptabilidade do negócio

Para avaliar uma ideia de negócio deve compreender se o mesmo tem capacidade para se adaptar a novas tendências, ou seja, se o negócio tem capacidade de adaptação, desde a sua ideia base até outros processos, produtos ou serviços, é sinal que o mesmo terá maior possibilidade de acompanhar a evolução do tempo e de perdurar, enquanto negócio rentável
Pode-se, assim, dizer que uma ideia valoriza-se, quanto à sua avaliação, na mesma proporção em que abre novas janelas de oportunidade.
 
Veja também: