AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Qual a importância do voluntariado na procura de emprego?

São muitos os candidatos que subvalorizam a importância do voluntariado na procura de emprego. Perceba porque estão errados.

Qual a importância do voluntariado na procura de emprego?
Se fez voluntariado mas não refere essas experiências no seu CV, o melhor é continuar a ler.

Tem experiências de voluntariado (seja o que for) mas não as refere no seu Curriculum Vitae (CV)? Mas afinal qual a razão para as ocultar? Se é daqueles desvaloriza a importância do voluntariado durante a procura de emprego, saiba que não podia estar mais errado.

Basta pensar que (principalmente para quem se inicia na procura de emprego) um dos grandes desafios é construir um CV sem experiência profissional ou simplesmente ter argumentos para se apresentar como o candidato mais indicado a uma determinada posição. É aqui que pode começar a perceber a real importância do voluntariado neste processo, já que estas experiências são uma boa forma de adquirir competências técnicas e pessoais que podem ser relevantes para o seu desempenho profissional.


Quando o voluntariado faz a diferença

Se quer razões para falar das suas experiências de voluntariado no decorrer da sua procura de emprego ou simplesmente as mencionar no seu CV nós damos uma pequena ajuda.

1. Reveaa proatividade

Se há algo que todos os recrutadores querem ver num candidato a emprego é proatividade e o voluntariado encaixa na perfeição aqui. Aos olhos dos recrutadores, as suas atividades enquanto voluntário representam vontade de trabalhar e/ou espírito de equipa. E assim, sem se aperceber já somou pontos. Já começa a visualizar a importância do voluntariado no processo de procura de emprego?

2. Permite-lhe desenvolver competências técnicas e de relacionamento interpessoal

Independentemente de estar (ou não) a desenvolver trabalho voluntário na sua área de formação, o simples facto de estar a colaborar nas tarefas da organização em que se insere e a contactar com as pessoas que o rodeiam, já lhe permite desenvolver uma série de competências. No seu CV já vai poder incluir um conjunto de soft skills que terão certamente um impacto positivo no seu desempenho profissional. Qualquer recrutador vai ficar satisfeito por perceber que – mesmo que ainda não tenha experiência profissional na sua área – não é assim tão “verde” como aparenta.

3. Está a criar potenciais referências para incluir no seu CV

Por esta altura já deve ter percebido a real importância do voluntariado para a sua procura de emprego. Mas se ainda precisa de mais argumentos, aqui vai mais um. Seguramente saberá que muitos recrutadores procuram obter informações adicionais junto das chamadas referências profissionais. Mesmo estando a fazer voluntariado, terá um coordenador ou supervisor que o acompanha e auxilia nas suas tarefas. Essa pessoa será uma potencial referência que pode atestar a sua boa postura ou conduta, as suas competências de relacionamento humano ou a sua grande capacidade de adaptação, por exemplo.

4. Permite-lhe desenvolver uma rede de contactos

Já aqui falamos da importância do Networking e do impacto que pode ter no seu sucesso profissional. Através da sua experiência como voluntário poder ter contacto direto com vários profissionais, (possivelmente) provenientes de áreas distintas e – consequentemente – vai aperfeiçoar a sua abordagem às pessoas que o rodeiam em contexto de trabalho. Mas há mais. Já que está a travar conhecimento com profissionais, quem sabe se não será neste grupo que vai encontrar o seu potencial recrutador.


“Claro como a água”

A importância do voluntariado para quem procura empego não podia ser mais clara. Se é o seu caso, sente-se em frente ao seu computador e reveja o seu CV. Se ainda não mencionou as suas experiências enquanto voluntário, trate já de as incluir. Qualquer competência adquirida (mesmo que à vista desarmada lhe pareça irrelevante) pode ser valiosa.


Veja também: