Investimentos: Cinco riscos a ter em conta

Todos os investimentos têm riscos. Aprenda quais são e como podem afetar a sua carteira.
O risco não é algo mau à partida. Deverá conhecer e dominar cinco riscos distintos quando analisar os seus investimentos. A sua gestão adequada irá contribuir para o sucesso no investimento

Investimentos: Cinco riscos a ter em conta
Conheça os riscos dos seus investimentos

Quando analisar qualquer investimento, para além da caracterização desse investimento nas três características distintivas deverá analisar diferentes tipos de risco. Antes de os descrevermos, recordamos que o risco não é algo mau à partida. O risco é algo bom, desde que bem gerido e dominado. Para tal, tem de perceber como pode influenciar os seus investimentos:

Risco de Mercado/País

Qualquer ativo está exposto ao risco do país onde as suas atividades são desenvolvidas. Podemos destacar alguns fatores como o fator político, eventuais problemas financeiros e sociais, competitividade da economia ou outro acontecimento específico (em Portugal, por exemplo, a realização do Euro2004 ou da Expo98).

Risco Específico

Sendo influenciado pelo meio ambiente, determinado ativo financeiro (e o seu preço) é também muito influenciado pela sua atividade, estratégia da empresa, estrutura de financiamento, qualidade dos seus produtos, equipa de gestão, entre muitos outros. Assim, torna-se fundamental analisar o investimento com bastante rigor e olhando aos detalhes.

Risco de Liquidez

Sendo a liquidez uma das variáveis características de todo o investimento, importa acautelar que é possível comprar e vender esse ativo quando se quiser e em boas condições de mercado. Isto porque qualquer acontecimento pode ser motivo para que o investidor mude de opinião sobre o investimento. Procure investimentos que poderá vender facilmente. Não se prenda a ativos difíceis de vender!

Risco Cambial

O risco cambial é visível em duas frentes:
  • Possibilidade de comprar investimentos cotados em moeda diferente da sua. Por exemplo, um investidor em Portugal ao comprar ativos em Dólares dos EUA está a assumir risco com a oscilação do dólar face ao Euro.
  • Alterações na estrutura competitiva no mercado onde a empresa é cotada. Imagine que compra ações de uma empresa cujos seus principais concorrentes são empresas japonesas e que compram as matérias-primas em Ienes. A alteração do valor do Iene face ao Euro pode resultar na melhoria da competitividade dessa empresa pelo que, a prazo, a ação da empresa que detém pode ser penalizada.

Risco de Crédito:

O risco de crédito está associado à incerteza relativa ao pagamento de juros ou ao reembolso da totalidade do capital numa emissão de dívida de uma empresa ou de um Estado. Assim, deverá olhar com cautela para os seus investimentos em produtos de dívida, como sendo as Obrigações.

Veja também: