iOS 11: o que vai mudar

O iOS 11 traz várias novidades ao ecossistema da Apple. Conheça todas as mudanças e a data de lançamento do novo sistema operativo.

iOS 11: o que vai mudar
iPhone 5 já ficou para trás

O Worldwide Developers Conference, mais conhecido por WWDC, é um evento organizado pela Apple, em que são apresentadas as tendências de tecnologia que irão marcar a sociedade nos próximos anos. Na edição de 2017, a empresa de Cupertino apresentou o iOS 11, uma nova versão do sistema operativo que traz diversas novidades aos dispositivos móveis da marca da maçã.

8 novidades do iOS 11

O iOS promete ser um enorme passo para o iPhone e, ao mesmo tempo, um passo gigantesco para o iPad. E traz diversas novidades que vale a pena conhecer.

Modo noturno

Os tons escuros podem ser bem mais agradáveis em algumas situações. Com o iOS 11, a Apple oferece uma opção chamada “Invert” que permite aplicar tons escuros a todo o sistema operativo.

Partilha de Wi-Fi

Esta é uma das novidades mais entusiasmantes do novo iOS 11. Se o utilizador já possui um iPhone, um iPad ou até mesmo um Mac configurados para uma determinada rede Wi-Fi, basta aproximar o novo dispositivo iOS aos mesmos para que este também fique ligado. Partilhar passwords? Isso faz parte do passado.

Apps são desinstaladas automaticamente

O espaço para armazenamento sempre foi um dos grandes problemas apontados aos dispositivos da Apple. Agora, é possível configurar o iOS para apagar as apps que não sejam usadas com regularidade com o objetivo de otimizar o espaço disponível. Mas calma: os dados relativamente às apps apagadas ficam armazenados no iCloud para que não tenha de perder tempo na eventualidade de precisar da app outra vez.

Control Center

A Apple voltou a redesenhar o Control Center. Porém, desta vez, tornou-o personalizável, permitindo que o utilizador escolha os atalhos que pretende ter na parte inferir do ecrã. E há atalhos para tudo: um botão para desligar os dados móveis, um para controlar o volume do som, um para controlar a luminosidade, um para ativar o modo de poupança de bateria, etc.

Barras de rede estão de volta

O iOS 7 veio quebrar o paradigma das barras que indicavam a cobertura móvel num determinado local. Nessa versão do sistema operativo, a Apple trocou as barras por pontinhos. O iOS 11, contudo, traz de volta as familiares barras, que continuam a ser utilizadas em muitos outros sistemas operativos.

iphone ipad

Indicador de volume

Esta é mais uma mudança que promete agradar a todos os utilizadores e fãs da Apple. O indicador de volume deixou o centro do ecrã para se instalar no topo, do lado direito.

Conteúdo multimédia de uma app para outra

O iOS 11 permite que o utilizador arraste conteúdo multimédia de uma app para outra. Basta pressionar o ficheiro durante alguns segundos para que este se “solte” e possa ser arrastado de um lado para o outro.

Notificações no ecrã de bloqueio

O ecrã de bloqueio uniu-se ao centro de notificações. Agora, basta deslizar do topo do ecrã para baixo para bloquear o iPhone ou o iPad – e o movimento contrário para desbloquear. No ecrã de bloqueio passarão a aparecer novas notificações.

Lançamento marcado para setembro

O novo iOS 11 já se encontra disponível para diversos programadores inscritos no iOS Developer Center. Estes programadores são fundamentais para testar o novo sistema operativo e alertar a Apple caso algo não funcione corretamente.

O lançamento para o público em geral deverá ser feito apenas em setembro, mês em que a Apple costuma presentear o mundo da tecnologia com as novidades mais recentes.

Dispositivos compatíveis

O novo sistema operativo da Apple não vai funcionar em processadores de 32 bits, deixando de fora dispositivos como o iPhone 5 ou o iPhone 5C. Para conhecer os dispositivos que são compatíveis com a nova versão do sistema operativo basta aceder ao site oficial do iOS 11.

Veja também:

Continuar a Ler
Nuno Margarido Nuno Margarido

Jornalista formado pela Universidade de Coimbra, assume-se uma pessoa curiosa e até a mais simples engrenagem ou linha de código o fascina. Os seus interesses dividem-se por vários mundos, com destaque para a tecnologia, o gaming, o vídeo, a fotografia e o cinema.