Jardim zen: tudo o que tem de saber para fazer um

Ter um jardim zen, seja no local de trabalho ou em casa, irá trazer-lhe paz e tranquilidade. Neste artigo vamos dar-lhe dicas para que possa criá-lo à sua medida.

Jardim zen: tudo o que tem de saber para fazer um
Como fazer e quais os benefícios

O jardim zen surgiu no Japão. É um local de meditação, de descanso, onde poderá buscar a paz e a tranquilidade de que necessita. É muito comum ver-se este tipo de jardim em casas, mas mesmo no local de trabalho poderá ter o seu jardim oriental, uma vez que o tamanho pode variar desde um pequeno jardim de secretária até jardins com vários hectares.


Jardim zen: elementos essenciais

A característica principal do jardim zen é a simplicidade. A simplicidade com que deve ser construído e que deve ser tansportada para a vida quotidiana, para que a consiga viver de forma mais tranquila e com mais conhecimento de si próprio. É o local onde pode ouvir o que o seu corpo e o seu íntimo têm para lhe dizer. 


Areia

Representa o mar e está relacionada com a paz e a tranquilidade do espírito e da mente. Na areia, com a ajuda do ancinho, poderá criar ondas. As ondas num padrão mais comprido e curvado, simbolizam as águas agitadas. As linhas retas representam águas mais calmas.



Pedras e rochas

Representam as rochas onde as ondas do mar batem, simbolizando movimento e continuidada, e também as montanhas, elementos predminantes da natureza. Devem estar em número ímpar e devem ser colocadas de forma assimétrica.
 


Plantas e flores

Deve dar-se preferência às espécies mais comuns na filosofia oriental, como é o caso das magnólias, azaleias, cerejeiras e pequenos arbustos. As plantas e flores representam a natureza e, nela, a vida.



Como fazer um jardim zen

Quer opte por um pequeno jardim zen para colocar na sua secretária, quer construa um espaço em casa, irá tirar tanto benefício da sua construção como, do seu uso diário e da sua manutenção. 

Para criar um jardim zen de secretária, precisa de um recipiente, de preferência de madeira, areia, pedras e um ancinho. Para o fazer, siga os seguintes passos:
  • Isole a caixa de madeira. Poderá, também, optar por envernizá-la
  • Coloque a areia dentro da caixa. A areia deverá ter pelo menos 8 cm de altura, para que quando estiver a utilizar o ancinho para criar as ondas, continue com um bonito efeito visual e não veja o fundo da caixa
  • Coloque as pedras assimetricamente e em número ímpar
  • Finalmente, com a ajuda do ancinho, crie ondas no seu jardim

zen interior

Se o seu objetivo for criar um jardim zen num espaço exterior, irá precisar de material para isolar a base do seu jardim, areia e gravilha, pedras e plantas. Para o fazer deverá seguir os seguintes passos:
  • Isole a área onde vai construir o seu jardim zen, de forma a evitar o aparecimento de ervas daninhas.
  • Coloque as plantas, mas sempre tendo em conta que este espaço deverá ser o mais simples possível. Poderá colocá-las em pequenos vasos para evitar a propagação de ervas daninhas à sua volta.    
  • De seguida, coloque as pedras ou rochas, tendo sempre em conta que deverão estar em número ímpar.     
  • Coloque a areia. Poderá também usar gravilha, que irá dar mais consistência ao seu jardim. A areia deverá tapar os recipientes das plantas e também fazer com que a base das pedras esteja submersa. 

exterior

O seu jardim zen não ficaria completo sem as ondas, que poderá criar com a ajuda de um ancinho. Se quer usufruir do seu jardim à noite poderá, ainda, colocar alguma luz, tendo sempre em mente que simplicidade é a palavra de ordem na construção do seu jardim zen.

Veja também: