Lactase: o que é e qual a sua importância no organismo

A lactase é uma enzima intestinal cuja insuficiência no organismo contribui para o desenvolvimento de um quadro de intolerância à lactose.

Lactase: o que é e qual a sua importância no organismo
Insuficiência enzimática responsável pela intolerância à lactose

A lactase é uma enzima que é produzida na mucosa intestinal, na zona superficial das microvilosidades do intestino delgado. É muito vulnerável a agressões, razão pela qual pode deixar de ser produzida temporária ou permanentemente.

A sua principal função é a da hidrólise da lactose, ou seja, da decomposição do açúcar presente no leite e nos seus derivados em galactose e glicose. Todavia, a insuficiência desta enzima no organismo é a principal razão do desenvolvimento de um quadro de intolerância à lactose. Mas é importante explicarmos tudo, passo a passo.

O papel da lactase na intolerância à lactose

A lactose é um hidrato de carbono (açúcar) presente no leite e nos seus derivados. É classificada como o dissacarídeo mais importante do leite, o qual, para ser absorvido pelo organismo, tem de ser dividido nos seus componentes mais básicos, na glicose e na galactose (que são monossacarídeos).

Essa função é da responsabilidade de uma enzima intestinal, a lactase. Por norma, esta enzima está muito ativa durante um período da nossa vida, mas à medida que vamos envelhecendo ou diminuindo o consumo de lacticínios e derivados, a produção desta enzima ou a sua eficácia também diminui.

Assim sendo, quando o organismo não produz lactase em quantidades suficientes, a lactose permanece no intestino, sendo fermentada por bactérias intestinais. Esta fermentação está na origem dos sintomas associados à intolerância à lactose, nomeadamente:

  • Náuseas;
  • Distensão (inchaço) abdominal;
  • Fezes líquidas, volumosas e com um odor particularmente desagradável;
  • Dores abdominais/ cólicas;
  • Flatulência (gases), que começa cerca de 30 minutos a 2 horas depois da ingestão de alimentos ou bebidas que contêm lactose;
  • Vómitos (particularmente na população jovem).

Uma das medidas prescritas para as pessoas que sofrem com esta intolerância alimentar é, precisamente, a medicação à base de enzima de lactase, ou seja, suplementos que repõem a lactase que não é produzida pelo organismo.

O que é a suplementação à base de lactase?

Quando a enzima da lactase não é produzida em quantidades suficientes no organismo, é necessário e possível fazer a suplementação dessa enzima. A lactase pode ser encontrada em forma de cápsulas e pastilhas mastigáveis.

É de salientar que estes suplementos nutricionais não revertem o quadro de intolerância à lactose, mas auxiliam o organismo a digerir o açúcar do leite, portanto, a lactose, de modo a evitar os sintomas descritos.

A quantidade de enzima necessária ao organismo varia de pessoa para pessoa, sendo, por esta razão, aconselhável o acompanhamento por parte de um nutricionista ou especialista em intolerâncias alimentares.

Veja também: