Leilões de automóveis: como funcionam?

Já ouviu falar em leilões de automóveis? Saiba como funciona este tipo de leilão e quando comprar um carro não deixe esta opção de parte. Fica a dica.

Leilões de automóveis: como funcionam?
Nos diferentes tipos de leilões, os carros não fogem à regra.

Todos querem conseguir o melhor ao preço mais baixo, para isso os leilões são excelentes locais, sejam eles físicos ou virtuais. Com os automóveis a realidade é semelhante, apesar de não estarmos habituados a este tipo de compra quando procuramos um novo carro para fazer parte da família.
 
Em terras lusas, estamos habituados a ver stands de automóveis a nascer ao lado uns dos outros ao longo das estradas nacionais, e com a internet a pesquisa de carros quase que acaba por tornar-se um passatempo. Desta forma, quando surge o momento da compra de um automóvel acabamos por optar por estes meios. Mas já sabe, da próxima vez lembre-se também dos leilões de automóveis, sabendo que há vários sites para o efeito.
 

Tipos de Leilões de carros

Há vários tipos de leilões de automóveis e categorias também. Podemos catalogá-los em duas grandes espécies:
  • físicos
  • virtuais
 
Dentro destas duas grandes categorias, há quatro tipos de leilões:
  • inglês
  • holandês
  • primeiro preço
  • segundo preço
 
O modelo inglês é o mais conhecido pelas pessoas, é aquele que estamos habituados a ver nos programas de televisão sobre leilões. Várias pessoas a licitar cada vez valores maiores e ganha a última licitação.
 
O modelo holandês funciona num sistema inverso, assim, o preço começa no valor mais alto e vai descendo, sendo que o primeiro a licitar paga o preço de paragem. Se já esteve numa lota estará familiarizado com este modelo já que é o utilizado neste tipo de leilões.
 
O modelo de primeiro preço e segundo preço são muito semelhantes já que ambos recorrem a apenas uma licitação, por envelope fechado, ou de forma privada, se funcionar no mundo virtual.
No primeiro preço, o licitador com o valor mais alto paga a quantia que licitou. 
No segundo preço, vence o leilão aquele que ofereceu o valor mais alto, mas paga a quantia da segunda oferta mais elevada.
 
Os leilões de automóveis usam normalmente o modelo inglês havendo várias licitações, desta forma o espírito competitivo está à flor da pele, levando-nos a oferecer sempre um pouco mais de forma a levar o carro para casa.
 
Nos leilões de automóveis pode encontrar verdadeiras pechinchas caso queira comprar um carro a um preço bem agradável, mas tenha atenção, pois pode deixar levar-se pela emoção e pagar mais do que devia. Para isso, pesquise sempre quanto lhe iria custar um carro semelhante num stand ou num sítio da internet. 
Ah! Lembre-se que sempre que comprar um automóvel paga uma comissão à leiloeira dependendo do valor do carro.
 
Esteja também atento aos leilões feitos pela Autoridade Tributária, gastando um pouco de tempo na procura, já que a leilão vão vários itens, pode encontrar bons negócios que lhe permitem fazer alguma manutenção ao veículo sem fazer grande mossa na carteira.


Veja também: