Leucócitos na urina: o que significa e como tratar

Está sempre a correr para a casa de banho? Pode ser sinal de que tem leucócitos na urina a defender o seu organismo. Saiba mais neste artigo.

Leucócitos na urina: o que significa e como tratar
Um exame à urina permite fazer o diagnóstico

Ter leucócitos na urina, sobretudo se for em grande quantidade, pode ser sinónimo de uma infeção urinária. Os leucócitos são glóbulos brancos, cuja função é proteger o organismo contra invasões a nível de bactérias ou vírus. Ter leucócitos na urina é, por isso, mau sinal, pois significa que o corpo está a lutar contra uma infeção no trato urinário.

Uma doença inflamatória renal, tumores na bexiga, pedras nos rins ou outro tipo de bloqueio nas vias urinárias podem também estar por trás do aparecimento de glóbulos brancos.

Como detetar leucócitos na urina

Um exame à urina, recolhendo, regra geral, uma amostra de manhã para um frasco devidamente esterilizado, vai permitir fazer o diagnóstico. Para além do nível de leucócitos na urina, este método ajuda também a saber, entre outros, o nível de hemoglobina e a presença de bactérias.

Este exame pode ser feito por rotina ou quando há queixas do paciente. Os sintomas estão diretamente associados ao problema que está a fazer com que os leucócitos se acumulem na urina.

Sintomas de Infeções do Trato Urinário (ITU)

  • Necessidade urgente de ir à casa de banho;
  • Sensação de ardor ao urinar;
  • Urina com cor rosada;
  • Urina com cheiro intenso;
  • Dores pélvicas (especialmente nas mulheres).

Quem tem maior probabilidade de acumular leucócitos na urina?

gravidez

As mulheres têm maior probabilidade de ter infeções urinárias. Este tipo de infeções é mais perigoso durante a gravidez, altura em que há maior probabilidade de desenvolver problemas do trato urinário. Neste caso, o tratamento deve ser imediato para evitar maiores complicações.

Os homens também podem acumular leucócitos na urina se tiverem hipertrofia da próstata. Todas as pessoas com um sistema imunitário deficitário podem estar mais sujeitas a desenvolver este tipo de doença.

Tratamento para casos de leucócitos na urina

A forma de tratar vai depender de quão elevado é o nível de leucócitos. Se o diagnóstico for uma infeção bacteriana, o tratamento passará pela toma de antibióticos. Beber muita água pode ajudar a acelerar o processo de cura, pois permite expulsar a bactéria.

Em casos de obstrução do trato urinário, como pedra nos rins, o tratamento pode passar por uma cirurgia. No caso dos tumores, pode incluir, para além da cirurgia, a quimioterapia e a radioterapia.

O que fazer para evitar infeções urinárias?

Este tipo de infeções também pode aparecer em pessoas saudáveis. 0 melhor é sempre não facilitar e prevenir. Há ações do dia-a-dia que podemos fazer para reduzir a probabilidade de termos infeções urinárias.

Uma delas é não estar muito tempo sem ir à casa de banho, aguentando a urina na bexiga por muito tempo. Isso vai fazer com que a bexiga perca a capacidade de esvaziar totalmente. Quando a urina fica muito tempo na bexiga, vai também aumentar as probabilidades de multiplicação de bactérias, levando a infeções.

Beber muita água é também um dos conselhos associados à prevenção deste problema, pois aumenta o fluxo urinário.

Veja também: