Como levantar dinheiro no estrangeiro

Levantar dinheiro no estrangeiro é sempre um processo simples e cómodo, mas que pode trazer custos extras que muitas vezes não são esperados. Informe-se bem antes de viajar!

Como levantar dinheiro no estrangeiro
Saiba o que está associado ao levantamento de dinheiro fora de Portugal
  • Quando viajar, leve sempre consigo várias opções

Depois da entrada da moeda única na zona europeia, ficou mais fácil viajar na Europa. No entanto, a utilização dos cartões de débito ou de crédito no estrangeiro ainda é algo que deixa um pouco a desejar. 
Sempre que viajar e quiser levantar dinheiro no estrangeiro, lembra-se que antes disso é seguro levar algum dinheiro consigo que dê para cobrir as despesas que calcular ter pelo menos para os dois primeiros dias. Nunca se sabe quando é que os cartões vão falhar ou quando é que as taxas aplicáveis podem ser superiores ao previsto.
 

Como funciona

Hoje em dia os cartões já estão preparados para serem aceites em várias partes do mundo. No entanto, para levantar dinheiro no estrangeiro, convém sempre confirmar se as caixas multibanco do sítio onde está têm o mesmo símbolo da rede que está escrito no seu cartão. As redes mais comuns são as redes: 
  • Plus (Visa);
  • Cirrus (Mastercard);
  • American Express.
 

Como é o processo de levantamento de dinheiro no estrangeiro?

Quando introduzir o seu cartão numa caixa multibanco no estrangeiro, será automaticamente identificado como tal e a própria máquina irá perguntar em que língua deseja prosseguir com a operação. Depois disso, siga os seguintes passos:
 
1. Introduza o PIN
2. Seleccione a opção Levantamento no modo conta corrente
3. Aceite a sobretaxa aplicada caso a máquina pergunte.
 

Algumas dicas

  • Se não conseguir concluir logo a operação, tente de novo ou tente noutra caixa multibanco. Por vezes o levantamento de dinheiro no estrangeiro pode ser um processo com mais falhas ou algo demorado;
  • Levante sempre o máximo de quantia que conseguir, porque em cada levantamento pode ser-lhe cobrada uma taxa. Quanto mais vezes levantar, mais terá de pagar taxas sobre o montante;
  • Opte por usar cartão de débito. É mais seguro do que o cartão de crédito, caso o perca;
  • Se chegar ao aeroporto e ainda não tiver levantado dinheiro, opte por levantar logo. É mais seguro.
 

Vantagens e Desvantagens da utilização de Cartões

 

Na Zona Euro:

A utilização dos cartões, tanto de débito como de crédito na Zona Euro é exactamente a mesma coisa de como se os utilizasse em Portugal. Se quiser pagar compras ou refeições com os seus cartões, desde que os mesmos sejam aceites, é só inserir o seu PIN e efectuar o pagamento. Em alguns dos casos, é também preciso assinar, mas o processo continua a ser simples na mesma.
Para levantamentos de dinheiro na Zona Euro, não é cobrada qualquer taxa.
 

Fora da Zona Euro:

Se viajar para fora da Zona Euro, deve evitar o uso de cartões, uma vez que estão sujeitos a comissões. Se por exemplo fizer pagamentos em espaços comerciais, ser-lhe-á cobrada uma taxa que poderá andar perto dos 2 por cento.
 
Se quiser levantar dinheiro fora da Zona Euro, saiba que está sujeito a pagar taxas que rondam os 2,5 euros por levantamento. A este valor ainda acresce uma taxa de 0,33 por cento sobre a transacção, somando ainda o imposto de selo.
 
A grande vantagem da utilização de cartões, de uma forma genérica, é sem dúvida o lado prático e cómodo do processo. Andar com uma grande quantia de dinheiro na carteira em sítios desconhecidos pode ser perigoso.
 
Veja também: