Publicidade:

Libreflix: conheça a alternativa grátis e legal à Netflix

O Libreflix é uma plataforma de streaming que permite aceder e partilhar, de forma gratuita e legal, conteúdos culturais como filmes, séries, etc. Saiba tudo.

Libreflix: conheça a alternativa grátis e legal à Netflix
O Libreflix dá acesso gratuito e legal a filmes

O Libreflix é uma plataforma gratuita e legal que permite ao utilizador ver conteúdos em streaming. O projeto foi criado em 2017, por uma equipa liderada pelo brasileiro Guilmour Rossi, ativista que defende a partilha gratuita de cultura.

No Libreflix, o utilizador pode encontrar vários tipos de conteúdo: documentários, filmes, séries, clássicos, curtas-metragens, etc. Conheça melhor a plataforma e saiba como funciona.

Libreflix: filmes e documentários online, de forma gratuita e legal


Os serviços de streaming que envolvem a partilha de conteúdo cultural têm vindo a ganhar bastante terreno, sendo uma forma cada vez mais popular de aceder a produtos culturais.

No entanto, há aspetos legais a considerar, sobretudo quando os serviços são gratuitos (por isso é que projetos como o português Wareztuga são eliminados e banidos da web).

O serviço online dominante em todo o mundo ligado à partilha de conteúdos como filmes e séries é o Netflix, sendo que este é um serviço pago.

O Libreflix junta o melhor de dois mundos: é gratuito e é legal. O nome é inspirado na Netflix, mas as semelhanças ficam por aí.

libreflixFonte da imagem: Libreflix/Divulgação

Fundado por Guilmour Rossi, um brasileiro defensor da cultura livre, este projeto colaborativo tem como objetivo democratizar a cultura, não só ao disponibilizar filmes e séries online, mas também ao ligar os produtores de cultura, artistas em ascensão e os fãs.

Isto porque qualquer pessoa que tenha um produto cultural pode adicioná-lo, de forma gratuita, à plataforma. Deste modo, este vai-se tornar acessível a mais gente e, assim, é fomentada a partilha de conteúdos culturais entre todos, independentemente do poder económico.

“Nós defendemos novas formas de partilha da cultura. Formas que atinjam todas as pessoas, principalmente as que não podem pagar por ela. Formas que liguem os artistas diretamente aos fãs. E até formas que permitam que artistas criem algo novo a partir do trabalho de outros artistas. Cultura é ciência, é poesia e é de todos”, lê-se na apresentação do projeto.

Como funciona o Libreflix

O projeto é tão aberto que nem é preciso efetuar registo para aceder aos conteúdos (mas pode-se criar conta, o que é necessário caso se queira submeter conteúdo na plataforma).

A plataforma está disponível em open source, ou seja, o código está aberto de modo a que a comunidade possa participar em melhorias técnicas e alterações da mesma, dando ideias para novas funcionalidades.

O Libreflix pode ser consultado através de um browser (o Firefox e o Chrome são os recomendados) ou através de uma app Android, podendo também ser instalado em Windows.

O utilizador pode pesquisar por tipo de conteúdo (documentários, filmes, curtas, séries, etc.) e por categoria (social, tech, música, sci-fi, ativismo, veganismo, feminismo, educação, animação, comédia e religião). A manutenção da plataforma é assegurada por um grupo de voluntários.

Veja também:

Ana Duarte Ana Duarte

Jornalista e gestora de comunicação no projeto Patient Innovation, Ana Duarte é mestre em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Porto. A sua paixão pela escrita começou cedo, quando aprendeu a escrever e começou a criar os seus próprios jornais. Interessa-se por tecnologia, desporto, cinema e literatura.