5 dicas para conseguir lidar com clientes difíceis

Sabe como lidar com clientes difíceis? Há sempre algo a fazer, mesmo com quem não quer cooperar connosco, conheça as nossas dicas e prepare-se!

5 dicas para conseguir lidar com clientes difíceis
Com calma e objetividade, tudo se resolve

Qualquer empreendedor, mais tarde ou mais cedo, acaba por ter de enfrentar clientes difíceis, seja por estes pedirem demasiado e não quererem pagar quase nada, ou por acreditarem que o produto ou serviço disponibilizado não é de boa qualidade - é algo inevitável. Ao enfrentar situações destas é natural manter uma postura profissional, mas pode fazer algo mais para lidar com clientes destes:
 

5 dicas para lidar com clientes pouco acessíveis

 

1. Mantenha a calma

Seja a lidar com clientes difíceis, com uma discussão familiar ou com um furo no pneu do seu carro, manter a calma é sempre muito importante. Um cliente não dificulta a sua vida apenas porque sim, este procura uma solução para os seus problemas e apenas com calma lha poderá proporcionar.

O truque é perceber que o cliente poderá ter tido experiências negativas no passado por ter sido enganado ou maltratado, e que está apenas a proteger-se para não as ter no futuro.

 

2. Adapte-se ao perfil do cliente

Há vários tipos de clientes, e é importante saber com qual está a lidar para se poder adaptar e encontrar uma boa solução. Um cliente conflituoso implica um determinado comportamento enquanto que um cliente negociador implica outro tipo de comportamento.  É importante sabermos com quem estamos a lidar, e não limitarmo-nos a uma estratégia predefinida.

 

3. Foque-se na solução

Como dito acima os clientes difíceis, tal como todos os outros, apenas procuram soluções para os seus problemas. Ouça com atenção aquilo que os clientes têm para dizer, sem perder a calma, e foque-se na solução do problema, e não no problema em si.  Mesmo que o cliente esteja irritado, o facto de ainda não ter virado costas significa que é possível encontrar uma solução.

 

4. Seja específico

Clientes difíceis não gostam de saber que há uma solução, gostam de saber qual é a solução. Seja o mais específico possível, tanto quanto ao que pode fazer para lidar com a situação, como com o que sente face à situação – se um cliente estiver ofendido é boa ideia pedir desculpa, mas se um cliente quiser negociar preços, ser firme com a sua proposta pode facilmente resolver o problema.

 

5. Saiba quando desistir

Se depois de tentar tudo e mais alguma coisa o cliente continuar a não cooperar consigo, e o dinheiro já não compensar a dor de cabeça, está na altura de desistir. A verdade é que o cliente não tem sempre razão, e por vezes o melhor é aceitar a derrota e seguir em frente. Com sorte, a dor de cabeça que o cliente lhe estava a dar vai bater à porta da concorrência.


Veja também: