Os 7 livros de orações mais caros do mundo

Estilo, iconografia, teor religioso e belíssimas iluminuras são algumas das características que fazem destes livros de orações os mais caros do mundo. Conheça-os aqui.

Os 7 livros de orações mais caros do mundo
Manuscritos de beleza única e de preços transcendentes

Estes livros de orações são edições raras, algumas únicas, manuscritas e que guardam narrativas religiosas, salmos, orações consagradas a santos e parábolas que não são mais do que pedaços da história de nações que sofreram rápidas mudanças políticas, sociais e religiosas.
 
Por todas estas razões, estes livros de orações têm um valor simbólico elevadíssimo. Nos tempos que correm, por mais absurdos que consideremos os valores pelos quais foram vendidos, não deixam de ser preciosidades para quem os adquire, sendo que estes livros valem muito mais do que o dinheiro que valem.
  

Os livros de orações mais caros do mundo

 

7. “Biblia Pauperum”


 

Biblia Pauperum, datada de 1460, tem a particularidade de as histórias serem contadas apenas por imagens, sem cor, fazendo uso aqui e ali de algumas palavras . É a única cópia existente no mundo e foi vendida em 1987 por 1 milhão e 600 mil euros.



6. “The Bute Book of Hours”


 
Este livro de orações data de 1500 e pertenceu a Henrique VIII de Inglaterra, fundador da Igreja Anglicana. É considerado como um dos mais belos manuscritos ilustrados do mundo. No início de 2016 foi vendido pela Sothebys por 2 milhões de euros.
 


5. “A Bíblia de Gutenberg”.



A Bíblia é o livro mais vendido de todos os tempos. Já vendeu seguramente mais de 5 bilhões de cópias. Foi traduzida em mais de 394 línguas e só existem 48 edições em todo o mundo da “Bíblia de Gutenberg” - o primeiro livro a ser impresso. Que seja do conhecimento público, um delas foi vendida, em 1987, por 3 milhões e 400 mil euros num leilão da Christie’s.



4. “The Rothschild Prayerbook”



Este livro de orações, medieval, faz parte de uma coleção confiscada aos nazis em 1938. Foi vendido em 2014 por 9 milhões e 600 mil euros.



3. “Bay Psalm Book”



Este livro de salmos, datado de 1640, foi adquirido pelo empresário David Rubenstein, em 2013, por 10 milhões de euros. Existem apenas 11 exemplares deste livro em todo o mundo.
 


2. “St. Cuthbert Gospel”



Este livro foi recuperado da urna de St. Cuthbert em 1104. É considerado uma das maiores relíquias do mundo. Em 2011, foi vendido pelos jesuítas à Biblioteca Britânica  por 10 milhões e 500 mil euros.
 


1. “The Gospels of Henry the Lion Order of St. Benedict”



Este livro, datada do século XII, foi adquirido, em 1983, pelo Governo Alemão por 19 milhões e 500 mil euros. Este manuscrito é considerado uma obra prima.

Veja também:

Continuar a Ler