Localização dos radares fixos do SINCRO

Saiba qual é a localização dos radares fixos do Sistema Nacional de Controlo de Velocidade, que têm como objetivo ajudar a fazer cumprir os limites de velocidade

Localização dos radares fixos do SINCRO
Existirão 50 cabines onde podem estar.

A localização dos radares fixos do Sistema Nacional de Controlo de Velocidade (SINCRO) já é conhecida. Estes radares, que de fixos têm muito pouco, são 30 e vão ser albergados por 50 cabines em todo o país, mudando alguns de lugar a cada 6 meses.

O sistema de radares fixos é gerido pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), e espera-se que pelo menos 15 radares mudem de sítio a cada 6 meses. 

A localização dos radares fixos, ao certo, não é divulgada, mas a das cabines onde estes estarão albergados é. Isto de modo a impedir que os condutores apenas cumpram as regras porque sabem que um radar está de olho neles.
 

A localização dos radares

A localização dos radares fixos foi pensada de modo a que estes estejam instalados em lugares considerados “extremamente críticos”, e são estes: 
  • 4 na A1 – Lisboa/Porto
  • 4 na A5 – Lisboa a Cascais
  • 1 na A8 – Lisboa/Leiria, via Caldas da Rainha
  • 2 na A2 – Lisboa a Albufeira
  • 2 na A3 – Porto/Valença via Braga
  • 1 na A4 – Porto/Quintanilha
  • 1 na A41 – Porto/Matosinhos
  • 1 na A7 – Póvoa de Varzim/Vila Pouca de Aguiar<
  • 2 na A24 – Coimbra/Vila Verde da Raia
  • 3 na A25 – Aveiro/Vilar Formoso
  • 2 na A28 — Porto/Valença, via Viana do Castelo
  • 3 na A29 – Angeja, no concelho de Albergaria-a-Velha/Vila Nova de Gaia

Itinerários Principais
  • IP 3 – Vila Verde da Raia/Figueira da Foz
  • IP7 – Lisboa/Caia

Itinerários complementares
  • IC 17 – Algés/Sacavém
  • IC 19 – Lisboa/Sintra
  • IC 20 – Almada/Costa de Caparica

Estradas Nacionais
  • 2 na N.º 1 – Lisboa ao Porto
  • 1 em cada uma das estradas nacionais 04, 06, 10 e 223, além de 2 cabines na EN 06-3.

Estrada regional
  • 3 na 125
 

O sistema SNCRO

O sistema SINCRO tem como objetivo reforçar o cumprimento dos limites de velocidade estabelecidos através da fiscalização automática de cada veículo que passa nas áreas controladas pelos radares fixos.

Espera-se que, até setembro deste ano, estejam em funcionamento pelo menos 25 radares, e que até janeiro do ano que vem o sistema esteja a funcionar como pretendido, com 30 radares a funcionarem em algumas das 50 cabines que os albergam.

Segundo avança o Público, houve perto de 50 infrações apenas nas primeiras horas em que um dos radares fixos esteve na auto-estrada de Cascais, logo parece que este sistema é eficaz.

 

Outros radares

Não se precisa de preocupar apenas com a localização dos radares fixos, pois além destes estão em funcionamento outros 18 (16 na CRIL e 2 na A25 em Viseu), além dos radares utilizados pela PSP e pela GNR.

Segundo o Secretário de Estado da Administração Interna, o Governo vai também lançar um concurso para adquirir mais 50 radares. O melhor, é mesmo cumprir os limites de velocidade e praticar uma condução defensiva.
Aproveite a promoção de Seguro Automóvel LOGO - Faça a simulação sem qualquer compromisso >> Veja também: