7 lugares incríveis em Portugal que tem mesmo de conhecer

Quer partir à descoberta do nosso país? Selecionámos 7 lugares em Portugal maravilhosos, que tem mesmo de conhecer. Faça as malas e vá para fora cá dentro.

7 lugares incríveis em Portugal que tem mesmo de conhecer
Lugares únicos de Norte a Sul do país

Não foi fácil selecionar sete zonas imperdíveis do nosso país. De facto, vivemos num pedaço de terra abençoado, repleto de tesouros arquitetónicos, beleza natural e pessoas acolhedoras. Mas estes lugares em Portugal que tem mesmo de conhecer são, de facto, especiais.

E ainda que nos Açores e na Madeira haja igualmente locais de sonho, desta vez a seleção ficou-se por Portugal Continental. Do interior ao litoral, vai encontrar ótimas sugestões para a sua próxima escapadinha, seja a dois ou em família.

Portugal: 7 lugares únicos a descobrir sem demora


Parque Nacional da Peneda-Gerês

Gerês

A Serra do Gerês é a segunda maior elevação de Portugal Continental, apresentando um património natural riquíssimo em toda a sua área envolvente. Mas aqui, a presença do homem não é de desprezar: as aldeias da região, com o seu casario em pedra, as pontes pitorescas, os espigueiros e os vestígios romanos, são de visita obrigatória.

Cavalos Garranos, Gerês

Destaque ainda para as espécies animais únicas, como o cavalo Garrano, o cão de Castro Laboreiro e a cabra selvagem. E há ainda o gado que dá origem à carne barrosã e a fauna especial para caça, como os javalis. Sim, porque se há uma coisa que não deve deixar de fazer nesta região, é deliciar-se com a gastronomia local.

Para concluir, deixamos-lhe o que Miguel Torga escreveu sobre esta zona do país: “Há sítios no mundo que são como certas existência humanas: tudo se conjuga para que nada falte à sua grandeza e perfeição. Este Gerês é um deles.”

Vale do Douro

Vale do Douro

É uma região incontornável e tinha de estar nesta lista de lugares em Portugal que tem mesmo de conhecer. Até porque se o Douro recebe tantos e cada vez mais estrangeiros, é uma pena que não seja visitado pelos portugueses. A paisagem, já se sabe, é o seu principal cartão de visita.

Estação do Pinhão, Douro

Mas vale a pena explorar o Douro para além dos socalcos vinhateiros. Há que provar os seus excelentes néctares, pois claro, mas há também que visitar as aldeias pitorescas e os lagares de azeite. Pinhão, Provozende, Ucanha, Favaios, Salzedas: eis algumas das povoações a incluir no seu roteiro.

Se for ao Douro no tempo quente, não deixe de desfrutar das praias fluviais e dos passeios de barco. Descontrair nos spas das unidades hoteleiras de topo da região e provar os ótimos pratos durienses são outras das atividades aconselhadas.

Costa de Prata

Costa Nova, Aveiro

Portugal, já se sabe, possui uma costa atlântica invejável. Vale a pena percorrer o traçado denominado por Costa de Prata, que vai desde Aveiro (para muitos começa nas praias de Vila Nova de Gaia) até Peniche.

Ao longo destes quase 200 quilómetros, há praias fantásticas, cidades e aldeias convidativas, vilas históricas, recantos naturais únicos, museus fantásticos, muitas atividades radicais ao dispor e, claro, ótima comida, ou não estivéssemos nós no nosso Portugal.

Não deixe de conhecer as Dunas de São Jacinto, as casas típicas da Costa Nova e a bonita praia de Mira. Continue a descer e pare em Buarcos, Nazaré, São Martinho do Porto, Óbidos… E estes são apenas alguns dos lugares icónicos desta zona litoral do país.

Serra da Estrela

Serra da Estela

Outro tesouro natural que todos os portugueses deviam visitar pelo menos uma vez na vida. O inverno é a época do ano em que esta região de Portugal fica mais atrativa, devido à neve a e às atividades ligadas a este fenómeno climático. No entanto, trata-se de uma região apetecível ao longo de todo o ano, desde logo pela tranquilidade com que ali se vive.

E se é o gosto pela natureza que o vai inspirar a vir até aqui, destacamos os vales glaciares do Zêzere, de Alforfa, de Loriga, do Covão Grande e do Covão do Urso, cujos percursos pedestres assinalados lhe permitem fazer o caminho do degelo ocorrido há 20 mil anos.

Com o aumento da temperatura, as placas de gelo derreteram, deslizaram e empurraram pelo caminho enormes blocos de pedra formando os vales que hoje se conhecem. Não deixe ainda de visitar aldeias encantadoras como Linhares da Beira ou as menos faladas Vasco Esteves de Cima e Cabeça.

Costa Vicentina

Praia de Odeceixe

E se falamos na Costa de Prata, não podíamos deixar de incluir nesta seleção a maravilhosa Costa Vicentina, compreendida entre Odeceixe e Burgau. Algumas das melhores praias do país estão aqui e trata-se, sem dúvida, de uma das melhores zonas para passar férias em Portugal, desde logo pelo excelente clima.

Uma das características únicas deste pedaço de litoral é a sua envolvente natural protegida. Muitas das praias são tão bonitas quanto difíceis de descobrir e aceder, como é o caso da Praia das Adegas, frequentada por naturistas.

Praia do Amado

Na sua visita à região, não deixe de contemplar as paisagens únicas e simbióticas que unem oceano, areal e escarpas esverdeadas, nas praias de Monte Clérigo, Vale dos Homens, Carriagem e Amoreira. Se quiser praticar surf ou bodyboard, vá até à praia da Arrifana, Bordeira ou do Amado.

Costa Vicentina

Visite ainda o imponente Castelo de Aljezur, de onde se avista a Serra de Monchique, e vá até ao Cabo de S. Vicente e ao Promontório de Sagres, o extremo sudoeste da Europa. Por fim, não deixe de se deliciar com as especialidades das aldeias piscatórias: percebes, mexilhões, lapas, para além dos robalos, das douradas e de outros peixes que aqui ainda são pescados à linha.

Não deixe de conhecer o nosso roteiro pela Costa Vicentina e 3 opções de percursos pedestres

Albufeira do Alqueva

Albufeira do Alqueva

O Alentejo é uma região imensa, o que se reflete na variedade e na quantidade das suas ofertas turísticas. Do Litoral ao Interior, há inúmeros locais fantásticos que vale a pena conhecer. Desta vez, decidimos destacar a Barragem do Alqueva, o maior lago artificial da Europa.

Com 1100 km de margens, a albufeira do Alqueva abrange cinco concelhos alentejanos (Reguengos de Monsaraz, Portel, Alandroal, Moura e Mourão), e ainda quatro municípios da raia (Villanueva del Fresno, Alconchel, Cheles e Olivença). Esta, que é a maior reserva de água de Portugal, dotou a região de um potencial turístico único e apetecível.

Margem do Alqueva

Aproveitar as praias artificiais, passear de barco, pernoitar num barco-casa, pescar ou praticar ski aquático, são algumas das atividades que o Alqueva tem à sua espera. Poderá ainda visitar as bonitas aldeias e vilas em redor, assim como as quintas produtoras de vinho e azeite, sempre com a presença da inconfundível paisagem alentejana.

Parque Natural da Ria Formosa

Ria Formosa

A fechar esta lista de lugares de visita obrigatória em Portugal, vem o Parque Natural da Ria Formosa. E o nome já indicia ao que vamos, pois esta é uma das mais bonitas zonas do Algarve. Estende-se pelos concelhos de Faro, Loulé, Olhão, Vila Real de Santo António e Tavira e constitui um ecossistema único do nosso país.

Ria Formosa, Algarve

Para além de Reserva e Parque Natural, está classificada mundialmente desde 1975 como Sítio Ramsar, no âmbito da Convenção sobre as Zonas Húmidas de Importância Internacional realizada na cidade iraniana de Ramsar.

Desde a Praia do Ancão à Praia da Manta Rota é possível contactar com este habitat único, abrigo de milhares espécies, sobretudo aves raras e também área de cultivo fecundo de plantas halófitas.

Uma das maneiras mais interessantes de conhecer esta paisagem é fazendo uma viagem de barco com guia, uma atividade disponível a partir da Fuzeta, Cabanas de Tavira, Olhão ou Santa Luzia.

Veja também: