Os 10 melhores lugares para visitar em 2017

Novo ano, novas aventuras. Já pensou na lista dos novos lugares para visitar em 2017? Damos uma ajuda e escolhemos os melhores!

Os 10 melhores lugares para visitar em 2017
Comece já a escolher o seu destino de eleição

Prepare-se para conhecer os melhores lugares para visitar em 2017 e comece já a preparar uma viagem única para as próximas férias. Belgrado, Bermudas e Hamburgo são apenas algumas das cidades da nossa lista. Mas temos muitas outras sugestões de lugares para visitar em 2017.

A destacar estes destinos estão diversos fatores como localização, gastronomia, cultura. Descubra-os virtualmente e, quem sabe, encontrará aqui na lista dos melhores lugares para visitar em 2017 a sua próxima viagem!

Top 10 de lugares para visitar em 2017

1. Angra dos Reis, Brasil

angra

Os Jogos Olímpicos colocaram o Brasil na boca do mundo e deram a descobrir outros locais imperdíveis além das grandes cidades, como Angra dos Reis, uma popular região de férias brasileira, ideal para escapar das multidões e onde muitos membros da elite do país têm as suas casas de praia.

Esta região tem enfrentado grandes mudanças, nomeadamente a nível de disponibilidade hoteleira, para tirar o máximo proveito das vantagens da zona: marina, campos de golfe, belos restaurantes, spas, vista para floresta e vista para o mar. Ver hotéis >>

2. Belfast, Irlanda do Norte

Com uma crescente variedade de bares ao ar livre, locais de artes e restaurantes, Belfast está rapidamente a tornar-se num destino bastante atrativo para os turistas. Poderá ficar hospedado no design Bullitt Hotel, inaugurado em outubro, com quartos descontraídos e bem decorados.

Visite a organização de artes Seedhead, que faz passeios de arte de rua e disponibiliza shows de cabaret um pouco por toda a cidade e delicie-se com as refeições requintadas dos restaurantes OX e o EIPIC, ambos com estrelas Michelin. Os novos locais de referência para uma saída à noite com os amigos são o Muddlers Club e a Vandal, uma pizzaria que se transforma em bar, no último piso de um edifício do século XVII. Ver hotéis >>

3. Belgrado, Sérvia

belgrado
Desde o fim das guerras que assolaram a história da Jugoslávia, Belgrado tem atraído investimento constante, de tal forma que os seus bairros enchem-se de restaurantes e bares de qualidade. Não perca o Kabinet Supernova IPA na Prohibicija no bairro de Savamala, bem como as cervejas pálidas de corpo inteiro de Kas e IPA de Salto em Bajloni, situado num espaço centenário. Ver hotéis >>

4. Bermudas, Caribe

Depois de serem duramente atingidas pela crise financeira, as Bermudas estão agora a libertar-se da estagnação e a atrair uma nova geração de turistas. Este ano, a ilha vai receber uma corrida de alto nível internacional de vela e foi a promessa de uma inundação de visitantes mais afortunados que levou a uma onda de desenvolvimento. Pela ilha não faltam unidades hoteleiras de luxo, para tornar a sua estadia inesquecível. Ver hotéis >>

5. Costa litoral do Cambodja, Cambodja

cambodja

O Cambodja tem algumas das ilhas mais impressionantes do Sudeste Asiático, mas chegar até lá não era uma tarefa fácil, implicando sempre um voo de quatro horas para Phnom Penh e, em seguida, um passeio de ferry agitado). Atualmente já existem voos diretos para o aeroporto costeiro Sihanoukville via Ho Chi Minh City, providenciando uma viagem muito mais suave, rápida e agradável para um local paradisíaco. Ver hotéis >>

6. Cape Town, África do Sul

Além de seu cenário icónico de montanha em consonância com praias dignas de um filme de Hollywood, Cape Town na África do Sul convence pela variedade de ofertas culturais e espaços de design conceituados.

Os turistas poderão ainda preencher as horas de passeio pelas localidades vizinhas Cape Winelands-Stellenbosch, Constantia e Franschhoek, entre outros, mantêm os residentes da Cidade do Cabo bem hidratados, enquanto restaurantes aclamados e deliciar-se com o Test Kitchen, o 22º melhor restaurante do mundo.  Ver hotéis >>

7. Cincinnati, Ohio

cincinnati

A transformação da cidade estabelecida primeiramente por imigrantes alemães no sec. XIX, é evidente. Foram renovados edifícios e armazéns para darem lugar a apartamentos de luxo e a escritórios para empresas de tecnologia. Na Vine Street, marcas jovens como a loja de interiores Elm & Iron convivem lado a lado com lojas populares e reconhecidas como a Cincinnati Holtman’s Donuts.

A nível de transporte, o novo comboio Cincinnati Bell Connector liga a periferia ao centro da cidade, facilitando as deslocações. O histórico Music Hall será reaberto na primavera de 2017 e os cineastas estão também estão cada vez mais atraídos para Cincinnati, graças aos edifícios Art Deco e aos incentivos fiscais disponíveis.  Ver hotéis >>

8. Devon, Inglaterra

Devon é mais conhecido pelas excelentes praias para a prática de surf, mas uma série de aberturas estão a elevar a imagem do condado rural a uma vertente mais citadina. O elegante Lympstone Manor está a ser renovado pelo eminente chef Michael Caines, e irá reabrir em meados deste ano como um hotel de 21 quartos e restaurante.

Os amantes do design podem passar a noite no Retiro Secular, uma propriedade inspirada na arquitetura eclesiástica e projetada por Peter Zumthor. E na costa, o Art Deco Burgh Island Hotel tem outro design inovador nos trabalhos: a suíte localizada entre dois afloramentos rochosos. Ver hotéis >>

9. Guayaquil, Equador

guayaquil

Vista como uma porta de entrada para as Galápagos, a cidade de Guayaquil tem visto a sua quota de visitantes aumentar exponencialmente. Um dos motivos para tal é o recém-inaugurado Hotel del Parque, que marca um novo padrão na cidade, com 44 quartos elegantes num complexo colonial do século XIX restaurado e que também inclui um restaurante à beira-rio.

O cenário do Parque Histórico Guayaquil de sete hectares disponibiliza aos visitantes a exploração de um verdadeiro santuário de vida selvagem, com estruturas históricas e uma antiga plantação de cacau. Enquanto na cidade, poderá também visitar o Malecón 2000, o passeio marítimo revitalizado da cidade ladeado com praças, parques infantis, monumentos, galerias, jardins e dois museus fantásticos. E não falta uma roda gigante a fazer lembrar grandes cidades europeias e americanas. Ver hotéis >>

10. Hamburgo, Alemanha

Com um estilo muito próprio e diferente de Berlim e Munique, Hamburgo tem crescido muito nos últimos anos e é tida como uma das cidades mais intrigantes da Alemanha.

Nos últimos anos, as margens do rio Elba transformaram-se num paraíso arquitetónico, com ícones como o Passeio Fluvial de Zaha Hadid, o Elbphilharmonie Hamburg de Herzog & de Meuron, uma sala de concertos com uma estrutura de vidro ondulante no topo de um armazém de tijolos de meados de século. Sem esquecer um pequeno passeio à antiga ilha de Wilhelmsburg, o novo hotspot da região. Ver hotéis >>

Se ainda não se deixou seduzir, deixamos mais algumas sugestões de lugares para visitar em 2017:

  • Hampi, Índia
  • Helsínquia, Finlândia
  • Honolulu, Hawai
  • Indianapolis, Indiana
  • Jackson Hole, Wyoming
  • Jebel Akhdar, Omã
  • Jerusalém, Israel
  • Jura, França
  • Kanazawa, Japão
  • Lake Lucerne, Suíça
  • Laos, Laos
  • La Paz, Bolívia
  • Madagascar
  • Málaga, Espanha
  • Montevideo, Uruguai
  • Montreal, Quebec
  • Nashville, Tennessee
  • Nicarágua
  • Noosa Heads, Austrália
  • Norfolk, Virgínia
  • Okavango Delta, Botswana
  • Oslo, Noruega
  • Cidade do Panamá, Panamá;
  • Paros, Grécia;
  • Perth, Austrália;
  • Philadelphia, Pennsylvania
  • Pisco Province, Peru
  • Provença, França
  • Queenstown, Nova Zelândia
  • Roterdão, Holanda
  • Rwanda
  • Salta, Argentina
  • Santo Domingo, República Dominicana
  • Seychelles
  • Suzhou, China
  • Tamuda Bay, Marrocos
  • Tofino, British Columbia
  • Turim, Itália
  • Valle de Guadalupe, México
  • Veracruz, México

Veja também: