Maiores empresas portuguesas

Com o aproximar do final do ano, começam os balanços e porque não fazer a lista das maiores empresas portuguesas? Conheça as líderes do mercado nacional.

Maiores empresas portuguesas
Veja quais são as eleitas.

É sempre bom saber que há empresas que, apesar da crise, continuam a trilhar o caminho do sucesso. E ainda que os últimos meses tenham estado repletos de casos mais controversos envolvendo empresas, nem tudo é mau. Para o convencer deixamos-lhe o top das maiores empresas portuguesas


Top 10 das maiores empresas portuguesas

Sem mais delongas conheça as dez maiores empresas que lideram o mercado em Portugal.

1. Petrogal - Grupo Galp Energia

Em bom rigor, dentro do grupo Galp Energia, há uma empresa subsidiária que se destaca: a Petrogal (Petróleos de Portugal – Petrogal, S.A.). Mas a verdade é que de entre os principais grupos nacionais, cabe à Galp Energia o lugar cimeiro do top, para o qual muito contribui a experiência demonstrada no sector energético.
O primeiro lugar na lista das maiores empresas nacionais não é de todo novidade para a empresa que, nos últimos anos, tem vindo a apresentar um crescimento exponencial nas vendas, não só em território nacional, mas também nas exportações.


2. EDP Serviço Universal

Obviamente não se pode falar das maiores empresas em Portugal sem mencionar o Grupo EDP - Energias de Portugal, que neste top ocupa 3 posições. O grupo coloca-se entre os principais operadores europeus no sector da energia e, além de ser um dos maiores grupos industriais portugueses, é também o 3º maior produtor de energia eólica do mundo.
Na segunda posição deste TOP 10, está a empresa EDP Serviço Universal, que presta  assegura a compra e venda de energia eléctrica. Assume-se como principal fornecedor de serviços eléctricos em Portugal.


3. Jerónimo Martins

A Jerónimo Martins SGPS, S.A., dona Pingo Doce, é um dos casos de sucesso nacionais. Além dos lucros que tem vindo a apresentar nos últimos anos,  o grupo destaca-se também pela forte aposta na internacionalização que tem vindo a empreender. A entrada no mercado Polaco aconteceu com a aquisição da cadeia de supermercados Briedronka (a Joaninha), em 2007, e alguns anos mais tarde o grupo apostou nas lojas Hebe (uma cadeia de drogarias polacas).
Depois do mercado europeu, foi a vez da Jerónimo Martins se instalar na América do Sul, mais concretamente na Colômbia. Desde 2013 que o grupo atua no mercado colombiano sob a insígnia da marca Ara.


4. Sonae

Com mais de 500 lojas (só em Portugal) o grupo Sonae é um dos “finalistas” do lote das maiores empresas nacionais, que já está presente em 66 países, como por exemplo: Espanha, Brasil e Estados Unidos da América.
O sucesso do grupo é facilmente comprovado pelos números. Só nos primeiros nove meses de 2014, a Sonae apresentou um lucro de cerca de 120 milhões de euros, um crescimento de 11% quando comparado ao mesmo período de 2013. Os lucros alcançados devem-se sobretudo à abertura de novas lojas, novos formatos de comercialização e uma forte aposta no mercado internacional.


5. EDP Distribuição – Energia

E cá está! Novamente outra das subsidiárias do Grupo EDP, desta vez a quinta posição deste ranking cabe à EDP Distribuição – Energia, a principal operadora na Rede de Distribuição energética em Portugal.


6. Galp – Gás Natural

O grupo Galp Energia ocupa também duas posições neste top. Depois da Petrogal, cabe à Galp – Gás Natural completar a lista. A empresa que comercializa e distribui Gás Natural é o principal operador nacional.


7. TAP - Transportes Aéreos Portugueses

A TAP tem vindo a destacar-se pela expansão da frota dos destinos onde opera. A voar para 34 países, num total de 77 destinos, a TAP assegura a “ligação” a vários pontos do planeta, desde a Europa, à América do Sul ou África. A empresa tem revelado um bom crescimento em vários campos, apesar da controvérsia em volta da privatização da empresa.


8. EDP – Energias de Portugal

O terceiro e último lugar destinado ao Grupo EDP cabe à EDP – Energias de Portugal, que assegura a produção, distribuição e venda de energia elétrica em Portugal Continental.


9. Repsol Portuguesa

A Repsol tem vindo a consolidar a sua posição no mercado português e por essa razão ocupa  uma posição no ranking das maiores empresas portuguesas.  Ao longo dos últimos anos a empresa tem feito uma aposta forte no investimento em território nacional, principalmente nas áreas de distribuição de combustíveis e exploração e produção de gás natural.


10. Autoeuropa

O último lugar do top cabe à Volkswagen Autoeuropa. Depois de várias polémicas em torno do possível fecho da empresa, a Autoeuropa volta a estar no bom caminho e até ao fim do ano prevê  que  400 trabalhadores passem a efectivos na empresa.


Também lhe pode interessar: as maiores empresas do mundo.


Fique atento!

Os resultados não deixam dúvidas. As maiores empresas portuguesas estão no bom caminho. E se este top dos tops espicaçou a sua curiosidade, dê uma olhadela nos sites institucionais de cada uma destas empresas. A área de recrutamento pode ser do seu interesse.


Veja também: