Publicidade:

Dicas para manter a casa quente no inverno

Com temperaturas tão baixas, é hora de buscar alternativas para aquecer a casa. Saiba como manter a casa quente no inverno com métodos simples e baratos.

Dicas para manter a casa quente no inverno
Aprenda a manter o calor e o aconchego

Com o inverno, vem sempre a necessidade de manter a casa quente. E se for possível fazê-lo sem gastar dinheiro… Tanto melhor – certo? Existem muitos truques para ajudar a manter a casa quente no inverno, como usar a ventilação certa e saber reduzir a perda de calor e potencial o isolamento. Descubra tudo aqui.

Dicas práticas e baratas para manter a casa quente no inverno


manter a casa quente no inverno

Saber usar a ventilação certa

O vento de inverno tende a ser seco, por isso, quando tomar banho, deixe sempre a porta da casa de banho aberta, para deixar o vapor espalhar-se pelo resto da casa. Certifique-se que a ventilação da casa de banho está bem protegida, de modo a não ter ar frio a entrar para a casa.

Se tiver divisões da casa que não estão a ser utilizadas (ou não costumam ser) feche a porta destas divisões. Assim evita que o calor que está a produzir em casa passe para esses espaços onde nunca está ninguém.

Canalize o calor para onde ele é necessário

Se tem radiadores, coloque papel de alumínio entre estes e a parede. Isto vai fazer com que o calor seja refletido de volta para a divisão. Certifique-se que não está a bloquear as saídas de ar e calor dos radiadores: por muito tentador que possa ser, não coloque lá peças de roupa.

Se tem uma chaminé que não usa, tenha a certeza de que está fechada – uma vez que chaminés abertas podem sugar muito calor da casa.

Isolar e reduzir a perda de calor

Isole os canos de água quente e os canos dos radiadores com fita-cola nas zonas onde não é costume estar gente durante muito tempo, de modo a evitar essa perda de calor. Se tiver sótão, veja se este está bem isolado, porque é um espaço que representa uma grande perda de calor.

O chão também é uma superfície que representa perdas de calor: sempre que possível coloque tapetes e carpetes no chão. Em caso de frio extremo, pendure cobertores nas paredes, mesmo por cima das janelas, para potenciar o isolamento da divisão.

Reduzir a perda de calor pelas janelas

Sempre que possível, levante as persianas e abra as cortinas de modo a deixar entrar a maior quantidade possível de luz solar. Pode, até, comprar persianas que são próprias para isolar a temperatura.

Se tiver uma janela muito grande e quiser reduzir a perda de calor, pode fazer o seguinte truque rápido: usando fita cola, tape a janela com uma cortina de chuveiro. Deste modo, vai permitir a entrada de luz durante o dia e evitar a perda de calor. Mas, mal o sol se ponha, baixe as persianas, para garantir um maior isolamento das janelas e impedir a entrada do frio.

Dicas extra ligadas à decoração


 manter a casa quente no inverno

Encha a casa

Os objetos retêm o calor, pelo que uma casa que tiver bastante mobília e peças de decoração será sempre mais quente e acolhedora. Se decidir avançar com uma remodelação, lembre-se ainda que as estantes com livros são o isolamento ideal para manter o calor dentro das divisões do lar.

Posicione a mobília de forma adequada

Não basta encher a casa. Para potenciar os resultados temos de ter alguma atenção à distribuição dos elementos. Por exemplo: encostar os móveis às paredes externas pode ser um método eficaz de preservar a temperatura no interior. Móveis de utilização frequente, como sofás, camas ou cadeiras devem ser colocados longe das zonas frias da casa e perto das paredes interiores, que absorvem mais calor.

Opte pelos têxteis

No que toca aos sofás, prefira versões em tecido em vez de pele, que é muito fria no inverno. Complete com almofadas em tecidos quentes, como a camurça ou veludo, e recorra também a mantas polares ou de malha. Quanto às cortinas, opte por tecidos pesados, grossos e opacos, mantendo as versões mais leves, como a organza, por baixo das anteriores.

Adira aos tapetes e carpetes

Grande parte do calor é perdida pelo chão, pelo que recomendamos o recurso a tapetes e/ou a carpetes: assim, não só garante um isolamento extra, como mantém os pés mais quentes quando caminhar pela casa.

Nas paredes, utilize papel ou cores quentes

Para começar, deve ficar a saber que o papel é a escolha ideal para manter a casa quente: não é um bom condutor de calor, pelo que não o deixará escapar-se da sua sala.

Se decidir pintar, opte por tons bem quentes para uma ou várias paredes do espaço em causa: além do efeito psicológico, uma vez que tendemos a sentir-nos mais aconchegados em espaços com este tipo de cores, as paredes mais escuras acumulam e preservam mesmo melhor o calor.

Evite paredes nuas

Dado que as paredes são também responsáveis pela perda de energia térmica para o exterior, devemos procurar criar uma barreira  mais espessa que as isole. Assim, utilize todos os elementos decorativos que lhe agradarem: quadros, espelhos, fotografias, tapeçarias, etc.

Tape as frestas das portas com um “chouriço”

Procure daqueles “chouriços” de areia bem fashion, que tenham a ver com a sua casa, e coloque um nas frestas de cada porta que dê para o exterior. Deste modo, não só evita correntes de ar, como impede que o ar quente saia de casa.

Biombos e divisórias

Dado que as paredes exteriores são as mais difíceis de aquecer, uma alternativa será colocar um biombo junto à fonte de calor, criando uma pequena divisão aberta dentro de casa. A ideia é que se mantenha o ar quente concentrado no centro e afastado das paredes mais frias.

Dicas extra, só para si


manter a casa quente no inverno

Vista mais uma camada de roupa

Mais do que qualquer aquecedor, uma camada extra de roupa assegura um aumento da temperatura corporal. Assim, antes de carregar em qualquer botão, vista lá o casaquinho, como aconselhava a sua mãe.

Delicie-se com bebidas bem quentinhas

Para garantir que a temperatura corporal sobe rapidamente, nada melhor do que beber uma bebida bem quentinha: café, chá, chocolate quente ou mesmo sopa são perfeitos.

Saia do sofá e faça algum exercício

O exercício físico leva a um aumento da circulação do sangue, o que aquece o nosso corpo. Assim, basta uma caminhada rápida para ficar logo com menos frio – com o bónus de ajudar a manter a linha.

Agora que já sabe como manter a casa quente no inverno, basta colocar em prática estes truques simples e económicos. Viva melhor os dias frios e dê prioridade ao conforto do lar.

Veja também:

Limpeza e Arrumação