Publicidade:

4 medicamentos para deixar de fumar de uma vez por todas

Está a pensar largar o vício do tabaco? Conheça, neste artigo, alguns medicamentos para deixar de fumar, quais as suas características e preços.

4 medicamentos para deixar de fumar de uma vez por todas
Conheça algumas ajudas para acabar com este vício

O tabaco traz vários malefícios para a saúde, mas, sendo um vício, não é fácil, para muitas pessoas, parar da noite para o dia. Existem, hoje em dia, no mercado alguns aliados nesta importante decisão para além da sua força de vontade. Neste artigo, damos a conhecer exemplos de medicamentos para deixar de fumar.

Lembre-se que a toma de qualquer um destes fármacos é mais eficaz se estiver realmente motivado e se se comprometer a livrar-se do tabaco.

Medicamentos para deixar de fumar: substitutos de nicotina


Numa farmácia, há diversas opções para o ajudar nesta tarefa. Por exemplo, existem fármacos que substituem a nicotina.

Estes podem ser sob a forma de adesivos transdérmicos, pastilhas elásticas ou rebuçados para chupar. O tratamento dura cerca de três meses.

No entanto, o que estes fazem é evitar a síndrome de abstinência, pois têm na mesma uma dose de nicotina, fazendo com o que corpo não se ressinta da falta desta substância. A quantidade presente é menor do que a existente nos cigarros. Ao começar este tratamento deve deixar de fumar. Caso contrário, estará a aumentar o seu aporte diário de nicotina.

Exemplos de substitutos de nicotina no mercado

medicamentos para deixar de fumar

Nicorette 2mg Gomas Clássicas x105

O Nicorette existe, por exemplo, sob a forma de gomas.

  • Ajuda a controlar o desejo de fumar;
  • Alivia os sintomas de privação da nicotina;
  • Preço: 33,70€ (embalagem com 105 gomas);
  • Não é necessária prescrição médica.

Niquitin Clear, Sistemas Transdermicos – Fase 1 x14

Existe, por exemplo, sob a forma de adesivos transdérmicos.

  • Cada adesivo tem 21 mg e dá para 24 horas;
  • Este medicamento existe para diferentes fases – de fase em fase vai diminuindo a quantidade de nicotina por adesivo;
  • A fase 1 é indicada para quem fuma 10 ou mais cigarros por dia;
  • Preço: 45,60€ (contém 14 unidades).

Medicamentos com receita médica para deixar de fumar


medicamentos para deixar de fumar

Desde o início de 2017 que o Estado português dá uma ajuda para quem quer deixar de fumar. Os fármacos com receita médica passaram a ter maior comparticipação. Ao contrário dos substitutos da nicotina, estes medicamentos têm outro tipo de substâncias que atuam sob o sistema nervoso para inibir a vontade de fumar.

Exemplos de medicamentos para deixar de fumar com receita médica

Zyban

  • Conjunto de comprimidos de libertação prolongada composto por Cloridrato de bupropiom;
  • Segundo o Infarmed, deve ser tomado integrado num programa de cessação tabágica e com apoio motivacional;
  • Preço: 70,87€ (com comparticipação pode custar 45€).

Champix

  • Comprimidos com 0,5 mg de vareniclina;
  • De acordo com a Agência Europeia do Medicamento, para tomar Champix deve-se estabelecer uma data para parar de fumar e iniciar-se 1-2 semanas antes desta data;
  • Preço: vende-se em embalagens de 25, 28 ou 56 unidades e custa entre 42,23 euros e 87,61 euros (com a comparticipação, a embalagem maior poderá ter um desconto de cerca de 30 euros).

Segundo o relatório da Direção-geral de Saúde (DGS) “Portugal – Prevenção e Controlo do Tabagismo 2017”, morreu uma pessoa a cada 50 minutos, em Portugal, no ano passado, por doenças atribuíveis ao tabaco.

Em 2017, de acordo com um estudo do Eurobarómetro, citado nesse mesmo documento, cerca de um terço das pessoas fumadoras disse ter tentado de fumar em algum momento (35,7%), 6,3% nos últimos 12 meses e 30,1% há mais de um ano.

Segundo o relatório da DGS, a comparticipação destes medicamentos para deixar de fumar, que entrou em vigor em 2016, contribuiu para um aumento da sua utilização. O consumo de fármacos com a substância vareniclina aumentou cerca de 68,2% no primeiro trimestre de 2017.

Veja também: