Plano de Saúde Medicare

Gratuito durante 6 meses!

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por e-konomista.pt

Saber mais

Não tem médico de família? Saiba o que fazer

O médico de família é o primeiro a detetar problemas de saúde. Descubra quais as razões para ser seguido por este profissional de saúde.

Não tem médico de família? Saiba o que fazer
Saiba quais os motivos para ser seguido por um médico de família

Desde o passado dia 1 de setembro que todas as crianças nascidas em Portugal contam com médico de família. Uma medida que entrou em vigor no âmbito do novo projeto “Nascer Cidadão”.

Assim sendo, a criança quando nasce é inscrita no Registo Nacional de Utente e passa a contar, de forma imediata, com um número de utente e respetivo médico de família (por norma, o mesmo médico da mãe).

Se nenhum dos pais tiver um médico de família atribuído (em Portugal, mais de 930 mil pessoas continuam sem médico de família), o hospital onde nasceu o bebé deverá comunicar o nascimento ao Coordenador do Centro de Saúde mais próximo da residência da criança.


Qual é a importância do médico de família?

Muitas vezes, os médicos de família são os primeiros a detetar alguns problemas de saúde e, por isso, assumem uma grande importância para os seus pacientes.

A relação entre o médico de família e o paciente é duradoura e estabelece laços de proximidade e confiança fortes com o passar dos anos. Este profissional de saúde compromete-se com cada um dos seus pacientes e está disponível para esclarecer todas as dúvidas relativas a qualquer doença.

Este profissional dedica-se a promover o bem-estar dos seus utentes em todas as vertentes e tenta compreender o contexto familiar, social e pessoal que pode influenciar a progressão da doença.

Em abril deste ano, o presidente do Conselho Regional do Norte da Ordem dos Médicos dizia que “o médico de família tem um papel determinante na prevenção de doenças e identificação de comportamentos potenciadores de doenças”. Miguel Guimarães garantiu que “o médico de família é uma figura chave para a identificação dos riscos de desenvolvimento das doenças, promoção dos métodos de prevenção, acompanhamento e tratamento”. 



Como posso ter médico de família?

Cada utente deve dirigir-se ao Centro de Saúde da sua residência onde poderá fazer a inscrição e proceder à escolha do médico de família (poderá pedir o aconselhamento da equipa técnica para que lhe seja atribuído um destes profissionais). Se pretender mudar o seu médico de família, deverá fazer o pedido por escrito, enviando uma carta ao Diretor do Centro de Saúde onde está inscrito (que tomará uma decisão mediante as justificações apresentadas).

É aconselhável que todos os elementos do agregado familiar tenham o mesmo médico de família para que o trabalho desenvolvido entre o profissional de saúde e estes utentes seja mais eficaz (e para que haja uma maior compreensão dos problemas que afetam a família).

Veja também: