Melhor depósito a prazo: como escolher?

Escolher o melhor depósito a prazo pode não ser tarefa fácil. Veja quais os critérios a considerar na hora da escolha.

Melhor depósito a prazo: como escolher?
Critérios a ter em conta ao escolher um depósito a prazo

Todos os dias somos bombardeados com os vários depósitos a prazo que os bancos disponibilizam quer no balcão, quer na Internet. Mas afinal, como escolher o melhor depósito a prazo? Quais são os critérios a tomar em conta?


Numa altura em que as poupanças dos portugueses estão em constante crescimento, devido à crise que se atravessa e consequente retracção no consumo, é importante saber identificar o depósito a prazo certo.

 

O que considerar antes de optar por um depósito a prazo

Em primeiro lugar, qual o banco que vai escolher? Esta é a principal dúvida que se coloca, porque com esta decisão está directamente relacionado o risco envolvido na subscrição de um depósito. Quanto maior a probabilidade de um banco ir à falência, maior é o risco que você corre. Actualize-se, informe-se, pesquise informação sobre as instituições.

 

TANL:

Taxa anual nominal líquida. Apesar dos bancos apenas anunciarem a TANB - taxa anual nominal bruta, o que realmente interessa é a TANL, que representa a remuneração de juros efectiva, ou seja, liquida de impostos, isto é, o que você vai realmente receber.

Os depósitos são sujeitos a uma taxa liberatória de 28%, portanto, para saber qual a TANL deve fazer o seguinte cálculo: (1 - 28%) x TANB. Os especialistas aconselham a escolher depósitos com uma TANL superior à taxa de inflação, sendo esperado que esta seja de 2,6% em 2012, o que nos leva a fazer contas e concluir que no mínimo deve escolher um depósito com uma TANB de 3,5%.

 

Prazo:

Existem depósitos com vários prazos, mensal, trimestral, anual, com 2, 3, 4 ou mais anos. O montante depositado pode ser movimentado sempre que quiser, no entanto, há que ter em consideração que ao movimentar o dinheiro antes do término do prazo, o banco pode penalizar o cliente com uma perda, parcial ou total, dos juros.

Desta forma, escolha o prazo que mais se adeqúe ao tempo que prevê não vir a precisar de movimentar a conta, para que tire o máximo partido do depósito.

 

Capitalização de juros:

Escolha um depósito a prazo com capitalização de juros, para que chegado ao final do período contratado no depósito a prazo, os juros sejam somados ao valor inicial e passe também a gerar juros.

 

Depósitos on-line:

Apesar de ser uma ligeira diferença, a verdade é que os depósitos on-line oferecem remunerações ligeiramente superiores, principalmente os de menor dimensão, como o PrivatBank, Banco Invest e Finantia.

 

Veja também: