Publicidade:

As 5 melhores almofadas para uma boa noite de sono

Uma boa noite de sono depende - em muito - de uma boa almofada. Saiba como escolher e descubra as melhores almofadas para garantir que dorme como um anjo.

As 5 melhores almofadas para uma boa noite de sono
Como escolher a mais adequada para si

Uma boa almofada pode fazer toda a diferença na qualidade do seu sono. A pensar no seu descanso, fizemos uma lista com as melhores almofadas do mercado, para garantir que dorme como um anjo. Mas mais do que conhecer as melhores almofadas, vamos também dizer-lhe como as escolher.

As 5 melhores almofadas para um sono perfeito


Comecemos pelas eleitas. A ordem aqui apresentada não respeita qualquer classificação, sendo aleatória.

1. Almofada de espuma MÅNVIVA

almofada ikea

No Ikea tem várias opções para diferentes preços, materiais e formatos. Uma das opções é a almofada MÅNVIVA, uma almofada de espuma que oferece um bom apoio à cervical e que, graças à espuma, se molda ao formato da cabeça e pescoço. Preço: 29,99€

2. Almofada Visco Termal Pikolinalmofada pikolin

É uma almofada viscoelástica da Pikolin de firmeza média e que se caracteriza por possuir um tratamento termal que regula a temperatura corporal durante o descanso. Preço: 50€

3. Almofada Duvet de Penas da Molaflex

almofada moulaflex

Graças ao seu enchimento com penugem de pato no interior e penas na câmara exterior, esta almofada da Molaflex oferece um maior conforto e durabilidade. Perfeita para um sono profundo. Preço: 53€

4. Almofada Mash Gel da Molaflex

almofada molaflex

Trata-se de uma almofada de microfibra com tratamento gel, de firmeza e altura média, que possibilita uma maior adaptação e suavidade. Preço: 30,70€

5. Almofada sintética suprelle Allerban branco DODO

almofada dodo

Esta almofada está à venda na La Redoute e caracteriza-se pelo toque suave e tratamento anti-ácaros e antimicróbios. Preço: 17,49€

Como escolher as melhores almofadas


almofadas

Quase que se pode dizer que existe uma almofada para cada pessoa. Isto porque a qualidade da almofada que elege para dormir vai não só contribuir para o seu conforto durante a noite, mas também prevenir e/ou aliviar dores na cervical e pescoço, bem como a rigidez articular da coluna cervical ou até cefaleias (dores de cabeça) ou omalgias (dores nos ombros).

Razões mais do que suficientes para ter em conta as dicas que lhe deixamos já de seguida na hora de escolher as melhores almofadas para si.

1. Coluna direita e numa posição natural

Esta é a regra número um ao escolher uma almofada. Mesmo deitado, deve assegurar uma boa postura e, por isso, é importante que a almofada que escolhe se adapte de forma a garantir que fica com a coluna direita e numa posição natural.

2. Altura e firmeza da almofada devem ajustar-se à posição em que dorme

Ou seja:

  • Se dorme de lado, vai precisar de uma almofada espessa e firme;
  • Se dorme de barriga para cima ou de costas ou se está constantemente a mudar de posição, deve eleger uma almofada de firmeza e espessura intermédia;
  • Já se dorme de barriga para baixo, o melhor é mesmo uma almofada mole e fina.

3. Tenha atenção ao material que compõe a almofada

É imperativo que, na hora de escolher uma almofada, tenha em atenção a composição e propriedades da mesma de acordo com as suas necessidades. Nós explicamos:

a) Fibra: ideal se prefere uma almofada que garanta um maior conforto e capacidade de recuperação. As almofadas fabricadas neste tipo de material caracterizam-se por serem transpiráveis e mais frescas. Além disso, possibilitam uma maior circulação de ar no interior da almofada, o que garante que existe uma maior absorção de humidade. Têm ainda a vantagem de serem facilmente laváveis.

b) Viscoelástico: a capacidade de adaptação e termossensibilidade destas almofadas permitem uma maior adaptação ao formato da cabeça, o que faz com que proporcionem um descanso mais completo da cervical. Ótimo para evitar dores.

c) Látex: têm uma textura agradável e suave, proporcionando uma maior sensação de conforto o que, em ultima instância, favorece o descanso noturno. Além disso, permitem uma maior circulação do ar no interior da almofada e têm uma durabilidade maior.

4. Nenhuma almofada é para a vida toda

Por mais confortável que possa ser, a sua almofada não vai ficar consigo anos e anos a fio. Em média, uma almofada dura cerca de dois a três anos, dependendo do uso e do número de lavagens. Depois, começam a perder a suas características e deixam de ser benéficas para quem deseja uma boa noite de sono. Bons sonhos!

Veja também:

Limpeza e Arrumação