Os 11 melhores carros até 12 mil euros

No mercado existem carros mais potentes, mas o fator económico faz a diferença. Descubra quais os melhores carros até 12 mil euros em Portugal.

Os 11 melhores carros até 12 mil euros
Conheça os mais baratos citadinos do mercado

Podem não ser os automóveis mais desejados, mas são sem dúvida opções práticas para uso citadino e bem acessíveis em termos de preço. Os melhores carros até 12 mil euros, em Portugal, são quase todos modelos compactos, versões de entrada das mais variadas marcas a começar abaixo dos nove mil euros. Em comum, todos eles oferecem um razoável nível de equipamento, boa habitabilidade para as suas dimensões e consumos muito económicos.

Alguns destes carros apresentam um design bastante divertido e ‘out of the box’ com caraterísticas bem peculiares face aos modelos maiores. Para quem está a precisar de comprar um carro novo, mas não tem a carteira recheada de dinheiro, existem alternativas a considerar que conseguem combinar um preço competitivo a uma qualidade aceitável. Analisámos vários veículos no mercado e selecionamos alguns dos melhores carros até 12 mil euros.

Os 11 melhores carros até 12 mil euros em 2017

1. Dacia Sandero

C

Preço: a partir de 8.550€

O Dacia Sandero tem a capacidade de transportar cinco pessoas, é espaçoso e fiável. Mas não procure grandes luxos neste carro, pois com este preço é natural que tenha o básico, ainda que com algum conforto.

A mais recente geração do Dacia Sandero conta com um design com linhas fluidas, curvas bem definidas, uma nova grelha dianteira em cromado, novas óticas tanto à frente como atrás e novas jantes em liga leve.

A marca Dacia disponibiliza ainda outro modelo abaixo dos 12 mil euros: o Dacia Logan, que com um preço de 9.550€ é a carrinha mais barata do mercado.

2. Suzuki Celerio

CPreço: a partir de 8.944€

O citadino compacto da Suzuki é fácil de conduzir, ao mesmo tempo que proporciona um espaço interior acima da média quando comparado com alguns modelos do segmento A. O design do Suzuki Celerio é marcado por uma frente afilada, linhas fluídas. Tratando-se de um puro citadino, a equipa de desenvolvimento do Celerio criou um interior simples, fresco e fácil de utilizar.

3. Ford KA+

CPreço: a partir de 9.690€

A aposta do novo Ford KA+ assenta em dois pilares: oferecer um pequeno automóvel de cinco portas muito espaçoso e com um preço acessível. Além de ser um cinco portas, tem um ar mais “adulto” e promete satisfazer as necessidades de uma família, que não queira muito espaço.

Mesmo assim, para um automóvel compacto, acaba por ser surpreendentemente espaçoso. Este é uma das propostas para os melhores carros até 12 mil euros.

A Ford disponibiliza ainda o Tourneo Courier que se insere na lista dos melhores carros até 12 mil euros. Este modelo, que tem um preço base de 10.227€, foi criado tendo como base um veículo comercial e oferece uma excelente bagageira por um preço reduzido.

4. Citroën C1

CPreço: a partir de 10.198€

Com três ou cinco portas, o Citroën C1 chama a atenção pelo design exterior com as luzes diurnas de LED. A lateral é simples, de linhas suaves e desenho simpático, e a traseira tem como protagonista o portão da bagageira totalmente em vidro, ladeado pelos faróis que quando ligados assumem uma assinatura 3D.

O C1 conta com o airscape, que é uma capota em lona que descobre todo o interior e torna o pequeno citadino numa espécie de descapotável. A Citroën consegue oferecer o gémeo do Peugeot 108 a um preço ligeiramente mais reduzido. Também tem uma variante de cinco portas por um custo adicional.

5. Peugeot 108

CPreço: a partir de 10.700€

O 108 está equipado com uma nova família de motores de 3 cilindros, que lhe permite ser simultaneamente económico e apresentar um alto desempenho. O rendimento do Peugeot 108 foi melhorado graças à redução da cilindrada.

A marca francesa salienta que este citadino pode ser personalizado, por dentro e por fora, está recheado de muita tecnologia e consegue ser bastante económico. A Peugeot disponibiliza a versão de três e cinco portas. Talhado para a vida urbana, o Peugeot 108 tem um design elegante e jovem.

6. Skoda Citigo

CPreço: a partir de 10.928€

O Skoda Citigo é desta lista dos melhores carros para comprar até 12 mil euros dos que tem maior qualidade. O carro dá ao condutor uma excelente experiência de condução graças à visibilidade que proporciona.

O novo Skoda Citigo, apresentado no Salão Automóvel de Genebra 2017, foi alvo de uma atualização estilística, a par de um incremento da funcionalidade. A nova geração chega ao mercado na primavera deste ano, continuando a propor três variantes do três cilindros de 1,0 litros.

7. Smart Fortwo

CPreço: a partir de 11.120€

Há pouco mais de um ano, a smart renovou o ícone fortwo e ressuscitou a versão de quatro lugares. Partem de uma mesma base, partilham motores, interiores e praticamente todo o equipamento. Em tudo o resto diferem, incluindo na atitude em estrada.

Desde que nasceu a primeira geração o smart fortwo evoluiu em termos mecânicos e de estilo, mantendo a mesma silhueta. A marca alemã conservou também princípios básicos: motor e tração traseira, proteção extrema dos ocupantes (materializada na célula de segurança tridion) e uma capacidade de manobra extraordinária, capaz de lhe conferir superioridade em condução urbana.

8. Toyota Aygo

CPreço: a partir de 11.185€

O pequeno citadino da marca japonesa tem um design bastante extrovertido, com a frente a apresentar um X característico que se prolonga até à superfície vidrada lateral, terminando apenas no vidro traseiro na versão de cinco portas.

O estilo angular está presente em vários elementos, como os faróis triangulares e o recorte das janelas laterais posteriores. Se por fora, o Toyota Aygo é jovem, o mesmo se passa no interior, com bastante cor e simplicidade à mistura.

9. Renault Twingo

CPreço: a partir de 11.240€

Depois de anos a ser criticado pelo aspeto exterior, a atual geração do Renault Twingo é uma lufada de ar fresco: frente muito curta, quatro portas mas com as pegas das portas traseiras escondidas no pilar C, cores vivas e inúmeros detalhes decorativos. O design é um bom equilíbrio entre alguns detalhes retro e linhas modernas, como o logo grande na grelha reduzida ladeado pelos faróis diurnos.

Seguindo a tendência da personalização, a Renault oferece várias cores exteriores, imensas possibilidades como autocolantes e aplicações coloridas, e ainda pacotes opcionais. O interior do Twingo, além de muita cor e mais arrumos, parece bem organizado e pensado, simples sem ser pobre.

A Renault tem ainda um veículo que fica entre os melhores carros até 12 mil euros. O Twizy Life pode não ser o carro mais atraente do mundo, mas é difícil arranjar um veículo a um preço melhor do que o deste menino. É apenas um citadino de duas portas, com uma velocidade máxima de 80 km/h, mas tem um preço desde 7.790€.

10. Kia Picanto

CPreço: a partir de 11.320€

O mais pequeno dos Kia é um citadino por excelência, que entra agora na terceira geração. A marca sul-coreana apresentou o novo Kia Picanto no Salão de Genebra e a renovação é profunda.

A plataforma sofreu um aumento de 15 mm na distância entre eixos (2,400 m), embora o comprimento exterior se mantenha igual ao da geração anterior, nos 3,595 m.

Mais espaço significa uma habitabilidade melhorada. Ainda no interior a Kia propõe muitos equipamentos e até um ecrã tátil que controla todo o sistema de infoentretenimento. Este novo Picanto deve chegar a Portugal no segundo trimestre de 2017.

11. Opel Karl

CCPreço: a partir de 11.990€

Este é último modelos da lista dos melhores carros até 12 mil euros. Funcionalidade e simplicidade podem ser as palavras-chave para caracterizar o citadino da Opel. O veículo de entrada de gama é um carro simples e bem equipado, embora sem grandes artifícios.

Num segmento em que a gasolina continua a ser dominante (ainda que algumas marcas apostem também em versões diesel), o Opel Karl pretende ser diferente e oferece uma alternativa a Gás de Petróleo Liquefeito (GPL). Esta versão permite a redução das emissões poluentes incrementando a autonomia, o que permite reduzir os custos de utilização.

Veja também: