Os 20 melhores destinos de cruzeiro para fazer este ano

Se o seu sonho é fazer um cruzeiro, chegou a hora de o concretizar. Conheça os 20 melhores destinos de cruzeiro do mundo, faça as malas e parta à aventura.

Os 20 melhores destinos de cruzeiro para fazer este ano
Destinos exuberantes que o vão deslumbrar

Sempre quis fazer um cruzeiro? Pare tudo e conheça já os 20 melhores destinos de cruzeiro do mundo.

Há destinos que parecem ter sido desenhados para que os visite a bordo de um cruzeiro. Com portos localizados próximo do centro da cidade, cenários deslumbrantes para serem admirados a partir do mar e uma oferta de atrações turísticas que são perfeitas para serem visitadas num dia apenas, os melhores destinos de cruzeiro do mundo eleitos pela Dreamlines vão deixá-lo com vontade de partir à aventura por tempo indeterminado.

Top 20 dos melhores destinos de cruzeiro

1. Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos

abu

Muitas vezes na sombra de Dubai, a cidade de Abu Dhabi é uma verdadeira joia no deserto dos Emirados Árabes Unidos e é definitivamente um dos melhores destinos de cruzeiro do mundo. A imponente Mesquita Sheikh Zayed é tão impressionante que por si só já vale que se faça escala na cidade.

Toda ela construída em mármore branco e decorada com cristais, a mesquita é uma das poucas do mundo árabe onde a entrada de não-muçulmanos é permitida. Em Abu Dhabi, aproveite também para se deliciar com um chá ao final da tarde no reluzente Emirates Palace, um hotel que não poupou nos detalhes dourados na sua decoração. É aqui que também pode degustar o famoso capuccino com pó de ouro, a exótica carne de camelo, entre outras iguarias.

2. Barcelona, Espanha

barcelona2

Um dos portos de escala desta lista de melhores destinos de cruzeiro da Dreamlines é Barcelona. O porto fica muito próximo do centro histórico da cidade, o que faz da capital catalã o destino ideal para ser explorado durante a escala de um cruzeiro.

São apenas dez minutos de caminhada até dar consigo no início de Las Ramblas, a rua comercial mais famosa da cidade, ou mesmo na Praia de Barceloneta, a mais concorrida do Mediterrâneo. Continue o seu passeio pela Rota do Modernismo, que percorre as principais obras aquitetónicas de mestres como Gaudí e Muntaner, e termina com uma visita à imponente igreja da Sagrada Família.

3. St. Maarten, Antilhas Holandesas

st maarten

Em St. Maarten tem tudo para um dia perfeito no Caribe: águas azul cristalinas, a hospitalidade contagiante do povo caribenho e compras sem impostos. Para além disso, esta ex-colónia holandesa conta com uma atração, vá, diferente, que não vai encontrar nas ilhas vizinhas: um aeroporto mesmo ao pé da praia.

Os aviões fazem a aterragem a pouquíssimos metros de quem se encontra a relaxar na já famosa praia de Maho Beach. A ilha oferece também outra oportunidade única no Caribe: visitar dois países de uma só vez, pois facilmente passa a fronteira com St. Martin, a parte da ilha que ainda pertence a França.

4. Galápagos, Equador

galapagos

As Galápagos são um arquipélago no meio do Oceano Pacífico, que fica a 973 km da costa do Equador. É, sem dúvida, um dos melhores destinos de cruzeiros do mundo e o destino dos cruzeiros de expedição por excelência.

Os cruzeiros pelas ilhas Galápagos são realizados em navios de luxo de médio porte e são fabulosos por colocarem os passageiros em contacto com uma natureza praticamente inexplorada, onde o turismo de massa ainda não conseguiu chegar.

Estes cruzeiros deixam os seus hóspedes frente a frente com leões marinhos, tartarugas centenárias e pássaros tropicais. Neste verdadeiro tesouro intocado ainda consegue sentir a atmosfera de isolamento que contribuiu para que Charles Darwin desenvolvesse a teoria da evolução das espécies durante o tempo em que viveu no arquipélago, em 1835.

5. Amazonas, Brasil

amazon

Sem sombra de dúvida um dos melhores destinos de cruzeiro do mundo. Muitas áreas da Amazónia são pouco habitadas e de muito difícil acesso por terra, pelo que conhecê-las por vias fluviais é uma forma excelente de chegar a lugares distantes desta rota, onde a natureza virgem é algo de cortar o fôlego.

Os cruzeiros fluviais pelo Amazonas incluem diversas atividades, como safaris fotográficos, observação de jacarés e aves, pesca de piranhas, entre outros. O ponto alto deste cruzeiro fluvial é a  observação de um dos mais belos espetáculos da natureza: o encontro das águas entre o Rio Negro e Solimões.

6. Canal do Panamá, Panamá

panama canal

O Canal do Panamá é uma das maiores obras de engenharia do mundo, que torna  o caminho entre o Oceano Atlântico e o Pacífico mais curto e mais interessante. A única forma de ver de perto o funcionamento do Canal do Panamá é estando a bordo de um navio.

Para completar a travessia do canal, que dura cerca de 10 horas, o navio de cruzeiro é suspenso a 26 metros de altura por uma eclusa para depois ser gentilmente devolvido às águas do Lago Gatún e seguir viagem.

7. Mystery Island, Vanuatu

vanuatu

O que diria de passar o dia numa ilha quase deserta, sem pressas e sem stress? Esta é uma experiência possível para quem vai num cruzeiro que faz escala em Mystery Island, um  pedaço de terra completamente desabitado no meio do Pacífico.

Aproveite o dia para relaxar num espaço tranquilo, rodeado de palmeiras e águas cristalinas e quando os seus pequenos luxos estiverem já a fazer falta, regresse ao cruzeiro.

8. Reykjavik, Islândia

reykjavik

A capital da Islândia é o ponto de partida para uma rota conhecida como Golden Circle, que è um itinerário de 300 km que explora algumas das mais belas paisagens naturais.

Num passeio, que dura cerca de nove horas, tem a oportunidade de ver a queda de água de Gullfoss, os gêisers de Haukadalur e. também, o Parque Nacional Thingvellir.

Neste parque natural, é possível, imagine só, ver a divisão entre as placas tectónicas da Eurásia e da América do Norte. Os passageiros mais corajosos podem até fazer um mergulho entre as placas e experimentar a espetacular e única sensação de flutuar no meio de dois continentes. Veja também o nosso roteiro da Islândia. 

9. Cinque Terre, Itália

cinque terre

Cinque Terre, com as suas coloridas casas que parecem ter sido estrategicamente colocadas na montanha, é um dos cartões de visita de Itália. A região de Cinque Terre é composta por cinco vilarejos que oferecem um verdadeiro cenário idílico quando admirados a partir do mar.
O convés de um cruzeiro é, sem qualquer sombra de dúvida, o local perfeito para apreciar esta joia italiana.

Os navios de cruzeiro atracam no porto de La Spezia, o que permite aos passageiros a bordo percorrer Cinque Terre a pé, numa trilha que dura aproximadamente cinco horas.

10. San Juan, Porto Rico

san juan

O espírito que define o estilo de vida em Porto Rico deixa os passageiros a bordo dos cruzeiros completamente deslumbrados no momento em que o cruzeiro atraca na ilha.

Seja pelas cores vivas das fachadas do centro histórico de San Juan, pelo calor do sol que teima em brilhar durante todo o ano, pelo irresistível e inconfundível aroma dos pratos de origem espanhola e indígena, pelo ritmo quente da salsa que vibra pelos bares da capital ou, mesmo, pelo sabor da verdadeira pina colada, que pode experimentar no mesmo bar onde foi criada, San Juan vai ser uma experiência fantástica.

11. Cairns, Austrália

cairns

A pequena cidade de Cairns é o ponto de partida para os cruzeiros que visitam a Grande Barreira de Corais, eleita como uma das sete maravilhas naturais do mundo e, também como Património da Humanidade. Ter a possibilidade de conhecer este admirável organismo vivo, que pode mesmo ser visto a partir do espaço, é o sonho de qualquer mergulhador.

No entanto, se não tem certificado de mergulho, não se preocupe, pois não perderá a oportunidade de se deslumbrar. Pode observar a biodiversidade da Barreira de Corais, fazendo snorkel, um passeio num dos barcos com fundo de vidro ou mesmo , um voo panorâmico. Oportunidades não faltam, haja vontade.

12. Cidade do Cabo, África do Sul

cidade do cabo

A Cidade do Cabo está rodeada pelas montanhas e pelo mar. Tem muitas semelhanças com o Rio de Janeiro, pelo que é naturalmente considerada um dos destinos mais deslumbrantes do mundo.

Na Cidade do Cabo há muito para fazer: visite a icónica Table Mountain, prove os melhores vinhos da África do Sul em sofisticados restaurantes, aprecie os simpáticos pinguins da Boulders Beach, deixe-se deslumbrar com a paisagem do Cabo da Boa Esperança e conheça a história de Nelson Mandela na Ilha Robben.

13. Copenhaga, Dinamarca

copenhaga

Copenhaga possui três portos de cruzeiro, todos eles com ligação ao centro da cidade através de uma excelente rede de transportes públicos. Faça uma visita guiada gratuita pela cidade livre de Christiania, um autoproclamado estado independente dentro da capital dinamarquesa, que lhe vai proporcionar garantidamente uma viagem a um mundo alternativo, onde o sonho hippie de uma sociedade alternativa vingou e foi colocado em prática.

Ainda em Copenhaga visite o palácio da família real dinamarquesa e, também, o colorido porto de Nyhavn e a famosa estátua da Pequena Sereia, que é uma merecida homenagem aos  contos de fadas do dinamarquês Hans Christian Andersen.

14. Kauai, Havai

kauai

Na ilha de Kauai, apenas 3% do território tem construções, o que faz com que os restantes 97% seja pura natureza, que é assim a grande atração da ilha havaiana. Conhecida como a ilha verde do Havai, Kauai já foi cenário para mas de 50 filmes de Hollywood, entre os quais Jurassic Park e Indiana Jones.

Para conhecer os cenários dos filmes, alinhe numa tour guiada que tem aproximadamente 6 horas de duração. Pode, também, fazer  um passeio de helicóptero para ter as melhores vistas das espetaculares praias de areia branca, canyons, florestas tropicais e quedas de água.

15. Santorini, Grécia

santorini

Esta ilha grega é um dos lugares mais encantadores do mundo. Os cruzeiros chegam à ilha através da Caldera, uma baía criada naturalmente há milhares de anos pela maior erupção vulcânica de que há registo na história. Visite o charmoso vilarejo de Fira, cheio de lojas e restaurantes espalhados por vielas com calçadas em pedra.

Faça uma visita ao norte da ilha, onde se esconde a verdadeira joia de Santorini, o vilarejo de Oia, Oia è um espetacular cenário repleto de casas brancas e cúpulas azuis. Antes de regressar ao navio, não perca o pôr-do-sol neste fabuloso cenário. Verdadeiramente espetacular.

16. Budapeste, Hungria

Budapeste

Em Budapeste, num cruzeiro fluvial pelo Rio Danúbio tem a possibilidade de conhecer diversas cidades europeias que emanam romance e cultura. A capital da Hungria é o local perfeito para quem adora museus, galerias e charmosos cafés entre uma impressionante arquitetura.

Em Budapeste, visite o edifício do Parlamento, atravesse a Ponte das Correntes e conheça o deslumbrante Castelo de Buda, a Igreja de São Matias e o Bastião dos Pescadores. Para relaxar depois de uma intensa caminhada, dirija-se ao majestoso complexo termal de Széchenyi, onde terá a oportunidade única de mergulhar na piscina de um palácio barroco.

17. Casablanca, Marrocos

A cidade imortalizada pelo clássico Casablanca, sofre de uma forte influência francesa, uma vez que a França dominou o país à década de 50. Casablanca transformou-se numa crescente  metrópole que gira em torno do seu porto marítimo, o maior do Norte da África.

Esta cidade oferece atrações que vão desde a segunda maior mesquita do mundo, a fabulosa Hassan II, a caóticos mercados localizados dentro das medinas, que oferecem variadíssimos produtos de artesanato locais, entre outros.

18. Yangon, Myanmar (Birmânia)

yangon

Na maior cidade de Myanmar, Yangon, caracterizada pelas cúpulas douradas dos fascinantes templos budistas, encontra ainda charmosos edifícios de arquitetura colonial britânica. O isolamento político do país permitiu que suas tradições se mantenham intactas, praticamente sem influência estrangeira a nível cultural.

Faça um passeio de comboio pela cidade, que dura cerca de três horas e custa menos de dois dólares. Para na Shwedagon Pagoda, eleito como umas das maravilhas do mundo, onde dirariamente milhares de peregrinos se reúnem.

19. Ushuaia, Argentina

ushuaia

Ushuaia tem a reputação de ser a cidade que fica mesmo no fim do mundo. Isto porque não existe acesso ferroviária e há apenas uma estrada para a região.

Assim, se for a bordo de um navio vai ter a possibilidade de ver lagos e canais de difícil acesso. Pelo caminho admire os exemplares da fauna silvestre nativa da região da Terra do Fogo, como pinguins, aves marinhas, baleias e lobos do mar.

20. Bridgetown, Barbados

barbados

Bridgetown é uma ilha do Caribe onde a possibilidade de realizar diferentes atividades é quase infinita. Deslumbre-se com a beleza natural de Barbados e embarque numa tour de catamarã, que leva os passageiros até os melhores pontos de snorkeling, passando por um naufrágio retido por corais até praias habitadas por dóceis tartarugas.

Aproveite também para conhecer o centro de Bridgetown, onde fica o Parlamento e descubra o local onde o rum foi criando, visitando a centenária destilaria Mount Gay.

Veja também: