Publicidade:

Os 8 melhores destinos de férias para 2018

Revelamos os 8 melhores destinos de férias para 2018. O número 3 vai deixá-lo bastante surpreendido.

Os 8 melhores destinos de férias para 2018
Destinos a considerar para as próximas férias

Nunca é cedo demais para começar a pensar nos destinos de férias para 2018. Até porque depois de ver esta lista ficará surpreendido com a quantidade de locais incríveis que estão em destaque.

E até Portugal aparece na lista, fruto do destaque nos portais e revistas de viagens e lifestyle internacionais, que colocam o nosso país como uma das maiores surpresas. De tal forma que a cidade do Porto foi, mais uma vez, eleita este ano como European Best Destination – Melhor Destino Europeu.

Mas há outras boas opções para destinos de férias para 2018. Confira quais são.

Estes são os melhores destinos de férias para 2018

É normal que comece já a contar os dias de férias em 2018, pois gerir agendas com o companheiro ou amigos e entre a sua equipa de trabalho pode não ser uma tarefa simples. E apesar do stress que esse planeamento pode desencadear, o melhor de tudo é depois desfrutar de uns dias de descanso num qualquer local paradisíaco. Confira os melhores destinos de férias para 2018.

1. Chile


chile

O Chile ainda parece um primo afastado dos restantes países da América do Sul, com os Andes a leste, o vasto Oceano Pacífico a oeste, o deserto seco de Atacama a norte e a quase impenetrável selva da Patagónia a sul.

O Chile tem muitas aventuras diferentes para oferecer aos turistas: passeios pelo deserto mais seco do mundo, glaciares milenares, florestas encantadas e lagos localizados no sopé de vulcões maciços e ilhas cheias de lendas e tradições vinícolas.

Este país possui imensas paisagens naturais abertas, característica que se reflete no modo como os chilenos vivem e tratam os visitantes: com abertura, alegria e de forma simples e livre, surpreendendo pela bondade e hospitalidade.

A capital acaba por ser o acumular de todas estas facetas distintas, sendo Santiago do Chile uma cidade moderna, que receberá em 2018 as celebrações dos 200 anos de independência.

2. Coreia do Sul


coreia do sul

Muito diferente da fechada e fundamentalista vizinha do Norte, a Coreia do Sul é um verdadeiro playground de modernidade e tecnologia, à melhor maneira asiática.

No próximo ano, o país será palco dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 em Pyeongchang e, para isso, estão a ser preparadas mais e melhores infraestruturas, parques de diversões, restaurantes e cafetarias para aceder a todas as necessidades dos turistas e uma nova linha ferroviária de alta velocidade que irá atrair viajantes de todo o país para os jogos.

3. Portugal


lisboa

Habituado a estar na sombra de Espanha, Portugal emergiu deste lugar secundário e dá provas do quão bonito, diferente, contagiante e especial é, aproveitando o destaque como um centro dinâmico para arte, cultura e gastronomia.

O apelo por Portugal deve-se às incríveis acessibilidades, histórica rica, tradições com substância e pelas infindáveis maravilhas naturais: em 2017, mais de 300 praias obtiveram a cobiçada classificação de Bandeira Azul e, em 2016, duas novas reservas de biosfera foram nomeadas.

Não é nenhuma surpresa que os olhos do mundo se concentrem nesta pequena grande nação marítima, que em tempos marcou a história e, atualmente, reclama novamente para si o papel de protagonista do que de melhor há para ver e fazer.

Se quiser conhecer o que Portugal tem de mais genuíno, a visita às Aldeias do Xisto é quase obrigatória. Fazem parte do acervo histórico e monumental nacional e guardam histórias, artes e tradições que merecem ser escutadas, revisitadas e valorizadas. Distribuem-se pelo interior da região centro do país, nomeadamente pela Serra da Lousã, Serra do Açor, Zézere e Tejo-Ocreza, escondidas entre serras de vegetação frondosa, onde se respira ar puro, se convive com pessoas afáveis e onde se come bem, aliás, muito bem.

Desde que foi criada a plataforma de reservas online, Book in Xisto, – na qual poderá reservar alojamento, experiências e restaurantes em qualquer uma destas aldeias da região centro do país -, organizar uma visita às Aldeias do Xisto tornou-se simples, prático e barato. Está à espera de quê? Faça as malas e parta à descoberta do país.

4. Nova Zelândia


nova zelândia

Há vinte e cinco anos, muito antes de ser adaptada para se assemelhar à Middle Earth – o famoso cenário que recebeu a trilogia cinematográfica “O Senhor dos Anéis” -, a Nova Zelândia tornou-se um destino imperdível para os que procuram aventura e atividades radicais.

Este país verde, pacífico e tolerante é um dos melhores destinos de férias para 2018 por vários motivos. Uma grande quantidade de florestas, montanhas, lagos, praias e fiordes sublimes, com vários trilhos para caminhar; boas estradas; boas acessibilidades; bons transportes públicos, que funcionam a horas; uma gastronomia deliciosa; a quase inexistência de roubos; limpeza de ruas e espaços públicos fazem parte dos encantos da região.

5. Malta


malta

A longa história deste arquipélago mediterrâneo é feita de templos pré-históricos, colinas com fortificações do século XVII, que perseguem a costa e vários túneis – desde catacumbas até abrigos de invasão aérea – para desbravar corajosamente o subsolo.

As riquezas de Malta existem há séculos, nalguns casos milénios, mas só agora estão a receber o devido destaque, principalmente por ser palco de filmagens da série mundialmente famosa “Guerra dos Tronos”.

Além disso, a capital Valletta está a preparar-se com toda a pompa e circunstância para ser Capital Europeia da Cultura em 2018. Como tal, não faltam expectativas de festivais de cinema, concertos, exposições de arte contemporânea e muitas mais atividades que vão fazer justiça à beleza histórica e encantadora da região e ao modo de estar descontraído e relaxado, típico de que nasce e vive junto do mar quente e tem mais de 300 dias de sol por ano.

6. Geórgia


geórgia

Nesta encruzilhada pelo Cáucaso do Sul, a história não é uma coisa do passado. Explicamos melhor: a Geórgia não é país de esquecer o passado e abraçar uma modernidade sem sentido. Muito pelo contrário, este país é avançado e contemporâneo, mas orgulhoso e respeitador da tradição, principalmente no que à gastronomia e produção de vinho diz respeito.

O país, que atravessa os vales férteis das montanhas do sul do Cáucaso entre a Europa e o Médio Oriente, pode bem ter sido o lar dos primeiros humanos a conquistar e a dominar o uso da uva comum, dando origem a variados e famosos tipos de vinho, como Chardonnay, Cabernet Sauvignon e milhares de outros tintos e brancos de que desfrutamos hoje.

Dado que foi há apenas cem anos que a Geórgia foi declarada um estado independente na sequência da Revolução Russa, em 2018 haverá muitas e boas razões para celebrar.

7. China


china

Se já se imagina a passear pelo complexo do palácio da Cidade Proibida em Pequim, ou visitar os arranha-céus em Xangai, ou percorrer a Grande Muralha da China (não se esqueça de levar calçado confortável), saiba que cada recanto deste país oferece uma experiência completamente única.

A civilização mais antiga do mundo não é apenas feita de vidro e alumínio, resultado de um desenvolvimento épico de cerca de três décadas e de um planeamento urbano imprevisível. Montanhas dominantes, aldeias que o tempo esqueceu, cidades da água lânguidas, sublimes grutas budistas e fortes antigos do deserto que fazem lembrar Laotzu: “uma jornada de mil milhas começa com um único passo”.

As paisagens da China abrangem o yin e o yang de um equilíbrio perfeito: os maravilhosos lagos de safira do Tibete, os desertos impassíveis da Mongólia interior, o frenesim de Hong Kong, os passeios de bicicleta em Yángshuò, a beleza dos campos de arroz no Sul a perder de vista, as florestas verdes de bambu…

Não faltam motivos para visitar a China, um destino incrível para descobrir em 2018.

8. África do Sul


áfrica do sul

O Parque Nacional Kruger tem sido um destino privilegiado para aqueles que desejam um safari único na vida, graças à grande variedade de vida selvagem, incluindo o chamado “Big Five”, conjunto de cinco animais incríveis: leões, leopardos, rinocerontes, elefantes e búfalos.

E depois há a pitoresca cidade de Cape Town, onde encontrará a mundialmente famosa ilha de Robben, onde Nelson Mandela foi preso, bem como o teleférico no topo da Cable Mountain para vistas incomparáveis da paisagem.

África do Sul é um dos melhores destinos de férias para 2018 e só nos deixa a sonhar com leões e elefantes emoldurados contra as dunas de Kalahari, praias tranquilas banhadas por dois oceanos, um céu carregado de estrelas, como não achava ser possível existir, montanhas irregulares e exuberantes – este é verdadeiramente um país de diversão surpreendente.

Sonhe de olhos abertos com os melhores destinos de férias para 2018 e deixe-se embarcar numa aventura incomparável.

Veja também: