As melhores e piores saladas para a saúde

Saber o que utilizar para criar uma refeição saudável é essencial. Saiba quais ingredientes escolher para fazer as melhores e piores saladas para a saúde.

As melhores e piores saladas para a saúde
Quanto mais natural, melhor é a salada

As melhores e piores saladas para a saúde podem variar no ranking, isto porque escolher saladas para uma refeição é sempre uma boa alternativa, certo? Nem sempre. Dependendo dos acompanhamentos e molhos, pode acabar por escolher uma salada com mais calorias ou gorduras do que um prato de bife com bacon e batatas.

Quando pedir salada num restaurante, para evitar comer uma salada menos saudável, peça os acompanhamentos e molhos à parte. Assim consegue comer apenas o que deseja e na quantidade que pretender.

As melhores e piores saladas para a saúde

salada

Melhores saladas

Azeite e vinagre

azeite

Faça o seu próprio molho para evitar consumir produtos pouco saudáveis. Comece pelo azeite, que é uma gordura natural saudável, e um pouco de vinagre balsâmico ou vinagre de vinho tinto. Adicione sumo de lima ou limão e, se quiser diversificar os sabores, experimente utilizar mostarda Dijon, mel, e temperar com sal e pimenta.

Frango ou peixe grelhados

grelhado

Se a intenção é adicionar alguma proteína animal à refeição, opte sempre pelos grelhados de carne magra, peixes e frangos. A proteína animal demora mais a ser digerida e pode mantê-lo saciado por mais tempo. A opção de grelhar, cozer ou assar é sempre melhor para evitar adicionar gorduras saturadas.

Espinafre e couves

espinafre

Optar por vegetais de coloração verde-escura é sempre uma boa aposta. Ricas em antioxidantes e vitaminas A e C, couves, rúcula e alguns tipos de alfaces podem ajudar a montar saladas muito nutritivas.

Diversidade de vegetais e leguminosas

salada

A diversidade de vegetais e legumes ajuda não só com a saúde: quanto mais ingredientes  mais saborosa será a salada, com variações de sabores doces e amargos e muitas texturas diferentes.

Frutas naturais e frutos secos

salada

Para saber quais são as melhores e piores saladas, é essencial o foco na frescura dos ingredientes. Para isso, evite sempre as frutas desidratadas ou açucaradas, como uvas passas e damascos cristalizados. Dê preferência aos frutos secos como nozes e amêndoas, assim como as frutas naturais: morangos, uvas e maçãs. São ótimos acompanhamentos para saladas frescas.

Piores saladas

Molhos cremosos

creamy

Os molhos cremosos, principalmente os industrializados, são ricos em calorias, gordura saturada e sódio. Como a maioria das pessoas utiliza mais de meia chávena de molho, acaba por consumir tanta gordura como se comesse um cheeseburger com batatas fritas.

Molhos sem gorduras

molho

Molhos livres de gorduras estão permitidos? Mais ou menos. Existe um tipo de gordura que faz bem para o corpo e os molhos sem gordura costumam exceder no açúcar e no sódio para compensar e melhorar o sabor dos molhos.

Frango crocante

frito

A palavra crocante é uma bandeira vermelha quando utilizada na descrição de saladas. Isto porque o frango crocante normalmente foi frito e se a intenção é comer uma salada para ser mais saudável, os fritos devem estar fora da lista de ingredientes.

Croutons e queijos

salad

Os croutons comprados prontos possuem muito sal e não acrescentam nada em termos de nutrição. Se gosta do crocante experimente trocá-los por cenouras e frutos secos, por exemplo. No caso dos queijos, opte por qualidades pouco calóricas, como os queijos feta e parmesão, e evite exagerar na dose.

Saladas de maionese

salada

Não é porque o nome salada aparece na descrição do prato que ele pode ser considerado saudável. Atum, batata, frango e ovos cozidos com certeza são itens saudáveis, porém, todos os seus benefícios são anulados quando eles se misturam com maionese. Rica em sal, gordura saturada e calorias extras, experimente trocá-la por iogurte natural.

Veja também: