20 melhores empregos tecnológicos do momento

Conheça o top dos 20 melhores empregos tecnológicos do momento e aventure-se neste mercado. Bons motivos não faltam.

20 melhores empregos tecnológicos do momento
Tecnologia é a palavra de ordem

Nos dias de hoje, não se faz segredo: a tecnologia é indispensável. Não fazemos nada sem um computador, estamos totalmente habituados às aplicações dos nossos telemóveis, procuramos informações  na internet. O que tudo isto tem em comum? São recursos e ferramentas desenvolvidos por profissionais especializados e que entendem do assunto.

Engana-se quem pensa que esses profissionais estão a atuar apenas num setor restrito à tecnologia. Qualquer banco, hospital ou escola já tem hoje um site ou uma gestão documental feita online. Grande parte das lojas já colocaram os seus carrinhos de compra na Web e as mais diversas associações e instituições, privadas e públicas, criaram aplicações para facilitar as nossas vidas. Como já deve ter percebido, todos os setores profissionais estão carregados de tecnologia.

Conheça os 20 melhores empregos tecnológicos do momento, de acordo com a internacional Business Insider. E se está a pensar em mudar de emprego ou anda à procura de novas saídas profissionais, inspire-se com a ajuda deste artigo.

Os 20 melhores empregos tecnológicos do momento

1. Especialista de Scrum

Basicamente, falamos de um gestor de projetos de IT (Tecnologia da Informação). Esta posição é essencial para o sucesso dos projetos empresariais e para a correta interação entre as diferentes partes inerentes ao negócio.

São cada vez mais comuns as ofertas de emprego para este cargo e a remuneração pode atingir os 95.000 euros anuais.

2. Administrador de redes

Firewall

Este é um dos 20 melhores empregos tecnológicos do momento – não só por atingir um índice de satisfação de 3.9 (numa escala de 1 a 5), mas também pelo grande número de ofertas para esta posição. A média de remuneração chega aos 60.000 euros por ano.

3. Programador de interfaces para o utilizador

Sem esta função, não existiriam os chamados “front office” – ou seja, aquilo que é visível nas tecnologias e que está à nossa frente.

Com um índice de satisfação de 4 pontos, um programador de interfaces para o utilizador pode ganhar até 90.000 euros por ano.

4. Programador Php

Os programadores da linguagem php ocupam um dos 20 melhores empregos tecnológicos do momento – e saiba: esta é uma função em clara expansão. Muitas páginas de internet funcionam com esta linguagem e estes profissionais chegam a ganhar 80.000 euros por ano.

5. Arquiteto de dados

arquiteto-dados

São os arquitetos digitais que concebem e desenham a organização e o posicionamento dos diferentes dados inseridos nas plataformas digitais.

Com um índice de satisfação de 4 pontos, estima-se que exista um grande número de ofertas de emprego para esta posição. Em termos de remuneração, é possível ultrapassar os 100.000 euros por ano.

6. Gestor de Information technology (IT)

Este é um dos 20 melhores empregos tecnológicos da atualidade e tem um índice de satisfação de 4 pontos. Basicamente, tal como o nome indica, consiste na gestão da informação dos suportes tecnológicos.

Não esqueça: esta é mesmo uma área profissional a apostar.

7. Gestor de business intelligence

Business intelligence é um daqueles “palavrões” cada vez mais utilizados. Basicamente consiste em tornar a utilização das tecnologias ainda mais eficaz. Isto permite aplicar corretamente os dados e os projetos.

8. Designer de interfaces para o utilizador

designer-interface

Podemos dizer que os designers de interfaces tratam da parte estética das tecnologias. Estes cargos podem ser remunerados com até 80.000 euros por cada ano de trabalho.

9. Gestor de produto

Este profissional é, no fundo, quem gere um determinado produto tecnológico, acompanhando todo o processo, desde a conceção à promoção.

As vagas de emprego são mais do que muitas e podem aplicar-se em diversos setores da economia. Em termos de remuneração, o salário chega aos 100.000 euros anuais.

10. Gestor técnico de conta

Apesar de ter um rendimento mais modesto em comparação com os outros (cerca de 60.000 euros por ano), este é um cargo que tem também bastantes ofertas e vagas de emprego e que reúne um índice de satisfação de 4.2.

11. Administrador de sistemas

Um administrador de sistemas é responsável pelo funcionamento dos mesmos. Com bastante responsabilidade, o cargo obtém um índice satisfatório de 3.7 pontos.

12. Programador mobile

App development concept

O que não faltam são aplicações para telemóveis e, por isso mesmo, este cargo está em cada vez maior expansão. O salário chega aos 80.000 euros por ano e o índice de satisfação é de 3.7 pontos numa escala que vai até aos 5.

13. Gestor de qualidade

Todos os processos, aplicações e produtos necessitam de uma gestão e avaliação de qualidade.

Com diversas vagas para este cargo, o gestor de qualidade ocupa um dos 20 melhores empregos tecnológicos do momento e obtém uma remuneração anual de cerca de 90.000 euros.

14. Engenheiro de software

Software é, basicamente, tudo o que se designa por “conteúdo” (ou seja o que não são peças físicas das máquinas). E é necessário que alguém assuma a responsabilidade por estes conteúdos.

Tem um índice satisfatório de 3.5 e um salário anual de cerca de 100.000€.

15. Arquiteto de soluções

Pensar e desenhar soluções tecnológicas é a função de um arquiteto de soluções. Reúne um total de 3.7 pontos de satisfação e um rendimento anual de 120.000€.

16. Designer de experiência do utilizador

Este cargo tem o objetivo de tornar a experiência do utilizador o mais facilitada e simples possível.

Consegue atingir os 4 pontos no índice de satisfação e os 90.000€ em termos de rendimento anual.

17. Administrador de bases de dados

base-dados

Gerir e manusear bases de dados é o principal objetivo deste cargo que obtém cerca de 3.8 pontos de satisfação e um rendimento de 90.000 por cada ano de trabalho.

18. Engenheiro de dados

Programar e analisar dados são algumas funções do engenheiro de dados. Com variadíssimas ofertas de emprego neste âmbito, o engenheiro de dados tem um índice médio de satisfação de 4.3 e recebe cerca de 100.000€ anualmente.

19. Desenvolvimento de software e engenharia de operações de engenharia tecnológica (DevOps)

Certamente já ouviu falar em DevOps. São basicamente pessoas que desenvolvem software para operações.

A satisfação é muito alta – 4.2 pontos e o salário muito atrativo – 100.000€ por ano.

20. Cientista de dados

Há quem diga que é a profissão do século XXI, e não é para menos. Com tanta informação online, é preciso tratá-la e analisá-la – e isto é exatamente o que faz o cientista de dados.

Tem um índice de satisfação de 4.4 e um rendimento anual de cerca de 110.000€.

Veja também: