iOS 11: as 5 melhores funcionalidades

A Apple vai lançar em breve o seu novo sistema operativo para iPhone e iPad, o iOS 11. Veja aqui as principais novidades deste software.

iOS 11: as 5 melhores funcionalidades
O iOS 11 traz novas funcionalidades que tem de conhecer

O iOS 11, o novo sistema operativo da Apple para iPhone e iPad, foi anunciado em junho, e vai ser lançado durante o evento de apresentação oficial do iPhone 8, vai ocorrer em setembro deste ano (deverá ser no dia 12, mas ainda não há confirmação oficial por parte da Apple no que diz respeito ao dia do evento).

Este novo software traz consigo vários upgrades, como por exemplo o pagamento peer-to-peer e modo não perturbar em condução, para que o utilizador não seja incomodado enquanto está ao volante.

Segundo a Apple, o iOS 11 é “um passo de gigante para o iPhone, e um salto monumental para o iPad”.

As 5 grandes novidades do iOS 11

1. Melhoria da experiência da câmara fotográfica

O novo sistema operativo vai tornar a experiência de fotografia melhor, através de novas formas de capturar Live Photos (fotografias que se movem), com os efeitos de loop e bounce, e a opção de captura de longa exposição. Para além disto, vai ser possível transformar as Live Photos em GIF’s. Os formatos de compressão de imagem também vão ser melhorados, o que irá possibilitar um maior armazenamento de fotografias e vídeos no dispositivo. Segundo a Apple, graças ao iOS 11, vai poder guardar o dobro destes ficheiros em comparação com o sistema operativo atual do iPhone e iPad.

2. Pagamento Apple Pay peer-to-peer

Este novo sistema de pagamento permitirá aos utilizadores do iOS fazer pagamentos diretamente entre si através do iMessage. Os pagamentos são feitos e verificados através de segurança biométrica, como Touch ID ou Face ID. O método de pagamento é instantâneo, processado através de cartão de débito ou crédito.

3. Modo não perturbar durante condução

Uma das grandes novidades do iOS consiste numa medida para prevenir acidentes rodoviários: a Apple vai introduzir o modo de não perturbar enquanto está a conduzir. Esta funcionalidade deteta quando o utilizador está ao volante, e bloqueia notificações potencialmente perigosas (chamadas, mensagens, e outras aplicações), que possam distrair o condutor. Quem estiver a tentar contactá-lo será automaticamente informado de que está a conduzir.

4. Siri mais inteligente

O assistente pessoal da Apple vai sofrer algumas transformações. No iOS 11, a Siri terá vozes mais naturais, e será capaz de fazer traduções de e para várias línguas. A Siri vai também ser mais polivalente, ao gerir tarefas, tomar notas e ler códigos QR. Para além disto, o assistente será mais inteligente: vai ser capaz de identificar interesses e preferências, e dar sugestões, como por exemplo, que artigos noticiosos deve ler.

5. Facilidade de ligar utilizadores à rede WiFi

Com o iOS 11 já não vai ser preciso ter a password da WiFi à mão, guardada num pedaço de papel, ou mesmo numa nota do telemóvel. O processo de adicionar um utilizador a uma rede WiFi é facilitado, ao simplesmente aprovar o pedido que seja feito para ligar à rede WiFi. Basta que haja uma solicitação por parte de um utilizador que se queira ligar a uma rede WiFi a um utilizador que já esteja ligado a essa rede, sem que seja necessário partilhar a password por escrito e introduzi-la manualmente.

Versão beta do iOS 11 já disponível

O iOS será lançado já em setembro, mas a versão beta deste sistema operativo já está disponível para quem não quer esperar e pretender ir testando, experimentando e conhecendo o novo software. Para isso, o download pode ser feito aqui, gratuitamente.

Após a instalação desta versão experimental o downgrade para o iOS 10 é possível, mas não é simples. Recomenda-se ainda não instalar a versão beta do iOS 11 no dispositivo de utilização principal.

Veja também:

Ana Duarte Ana Duarte

Jornalista e gestora de comunicação no projeto Patient Innovation, Ana Duarte é mestre em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Porto. A sua paixão pela escrita começou cedo, quando aprendeu a escrever e começou a criar os seus próprios jornais. Interessa-se por tecnologia, desporto, cinema e literatura.