Mercedes-Maybach G650 Landaulet faz ‘upgrade’ de luxo ao todo-o-terreno

Este puro 4x4 conta com 630 cavalos e a exclusividade da Mercedes. A apresentação do G650 Landaulet está agendada para o próximo Salão de Genebra, em Março.

Mercedes-Maybach G650 Landaulet faz ‘upgrade’ de luxo ao todo-o-terreno
Mercedes vai produzir apenas 99 e o preço pode chegar a 300 mil euros

A Mercedes-Maybach apresentou o novo G650 Landaulet, um modelo que é um misto de jipe, limousine e descapotável. No fundo, a ideia dos engenheiros da marca alemã foi criar uma mistura da robustez e capacidades de um veículo todo-o-terreno com o luxo e exclusividade da divisão Maybach.

O novo G650 Landaulet é sem dúvida o mais incomum entre todos os Maybach e parece ser exactamente a “peça” que faltava para a marca esgotar as últimas cartadas da actual geração do Classe G.

O sobrenome Landaulet aplicado ao Classe G vem dos modelos da Maybach – na época em que ainda era uma marca e não uma divisão da Mercedes – e que tinham o tecto em lona apenas na parte traseira. O último modelo produzido com esta configuração foi o Maybach 62 S Landaulet, em 2008.

É óbvio, que a Mercedes está aproveitar-se da marca Maybach, para juntar uma versão de luxo superior à actual gama de SUV e assim fazer frente aos concorrentes Bentley Bentayga, Range Rover SV Autobiography e ao próximo Rolls Royce Cullinan.

Interior super luxuoso

Mas se as habilidades ‘off-road’ que já conhecemos da “família G” da marca alemã não foram comprometidas, o nível de equipamento e elegância foi elevado ao máximo pela divisão Maybach.

Esta versão inédita e limitada aos 99 exemplares, combinando uma carroçaria estilo limousine de quatro portas com uma capota de lona retráctil na zona dos passageiros. No interior, a parte traseira da cabine está também isolada do condutor e os passageiros beneficiam dos mesmos bancos revestidos em pele do Classe S com sistema de massagens incluído.

O novo Mercedes-Maybach G650 Landaulet está recheado de pequenas mordomias como o porta copos aquecido ou os ecrãs tácteis de alta resolução de 10” do sistema de entretimento traseiro.

A secção traseira é, mesmo, umas das áreas fundamentais do G 650 Landaulet. Além do generoso espaço para pernas oferecido para os ocupantes de trás, foram instalados bancos traseiros idênticos ao Classe S: dois lugares individuais multi-reguláveis electricamente, apoio para os pés, aquecimento e função de massagem garantida por câmaras de ar insufláveis.

Para os clientes que gostam de privacidade, principalmente quando viajam com motorista, a marca permite, como opção, colocar um vidro a separar os bancos dianteiros dos traseiros, que apenas com um toque num botão muda de translúcido para opaco.

Nas costas dos bancos traseiros encontra-se o chamado “G Cockpit”, onde estão os comandos da luz ambiente traseira e de abertura e fecho da capota de lona eléctrica.

Poderoso motor de 630 cavalos

No coração deste ‘off-roader’ de luxo está um motor refinado proveniente da AMG: V12 de 6.0 litros com 630 cavalos de potência e 1000 Nm de binário, acoplado a uma caixa automática de sete relações.

O jipe da marca alemã tem um consumo médio anunciado de 17 l/100 km e emissões de CO2 que saltam para níveis vem elevados, 397 g/km. Tal como o G63 AMG 6×6, o G650 Landaulet é construído com base na arquitectura de eixos portais que permitem uma maior altura ao solo e capacidades melhoradas. O Mercedes-Maybach G650 Landaulet mede 5,35 metros de comprimento, tem uma altura de 2,2 metros e uma distância do solo de 50 centímetros.

E embora as especificações de desempenho ainda não tenham sido totalmente reveladas, estima-se que em condições normais o G650 pode alcançar os 100 km/h em pouco mais de cinco segundos.

Para este modelo exclusivo a Mercedes permite ao clientes escolherem entre três cores diferentes para a capota de lona e quatro acabamentos para a carroçaria.

Ver também:

 

Continuar a Ler