Mitos e verdades sobre o cabelo que vai querer conhecer

Descubra neste artigo alguns mitos e factos sobre o nosso cabelo e explicamos os cuidados que deve ter com ele.

Mitos e verdades sobre o cabelo que vai querer conhecer
Conheça algumas curiosidades sobre o cabelo e como o proteger

O nosso cabelo é um importante indicador de alguns problemas de saúde e, ao mesmo tempo, é uma parte do nosso corpo que está à vista de todos e que queremos ver bonita e saudável. Há uma série de mitos e verdades sobre o nosso cabelo que é importante conhecer, bem como algumas dicas que nos permitem dar a volta a problemas como caspa e a queda de cabelo.

Mitos e verdades sobre o cabelo

1. A caspa está relacionada com os hábitos de higiene

caspa

Mito. Há momentos em que parece que do nosso cabelo caem flocos de neve. O que está na origem da caspa? Não é certamente a sujidade no cabelo por falta de hábitos de higiene. Sabe-se que não é derivada de nenhuma doença grave e está relacionada com o crescimento de um microrganismo chamado malassezia e com o excesso de sebo no couro cabeludo.

2. A caspa é contagiosa

cabelo

Mito. Pode partilhar um pente ou uma escova com quem tem caspa, por exemplo, pois não é contagioso.

O que pode estar então na origem da caspa?

  • Stress ou ansiedade;
  • Uso de produtos capilares inadequados;
  • Lavagem do cabelo com água quente (pois estimula o aparecimento de glândulas sebáceas em que tem o cabelo oleoso);
  • Condições como a psoríase.

Existem dois tipos de caspa: a caspa seca e a caspa oleosa. Se é branca e sai facilmente estamos a falar da seca. Se, pelo contrário, é amarela e gordurosa, é a caspa oleosa e está relacionada com casos de dermatite seborreica, uma doença de pele pouco grave e bastante comum.

3. Devo evitar lavar o cabelo todos os dias pois provoca caspa

lavar o cabelo

Mito. Quem tem caspa deve lavar o cabelo com maior frequência e, de preferência, com água morna ou fria para retirar o excesso de células mortas.

Dicas para se livrar da caspa:

  • Lavar o cabelo com frequência;
  • Usar champôs anticaspa (ajudam mesmo a combater este problema nos casos de caspa leve) – deixe atuar 5 minutos e passe bem por água;
  • Experimentar vários champôs anticaspa, porque nem todos podem funcionar para o seu cabelo;
  • Em casos de caspa severa e de caspa oleosa, o mais aconselhado é procurar a ajuda de um médico dermatologista.

4. Lavar a cabeça todos os dias apodrece a raiz e provoca maior queda de cabelo

cabelo lavado

Mito. Há mais cabelos nossos a cair do que possamos pensar e é algo que é na maioria das vezes natural.

Os cabelos vão sair naturalmente, pois já estavam soltos e lavar a cabeça apenas ajuda a que saiam mais depressa. Não lavar o cabelo ou lavá-lo com pouca frequência é que será prejudicial.

Os especialistas dizem que devemos perder cerca de 100 ou mais fios de cabelo por dia, não existindo, por isso, motivo para alarme.

5. Cair muito cabelo significa que vamos ficar carecas

Mito. O que é que acontece? Cerca de 90% dos seus 100 mil folículos capilares produzem cabelo numa determinada altura. Os outros 10% estão em fase de repouso (telógeno) e o cabelo cai após cerca de 2 a 3 meses. É substituído pelo cabelo novo, e o ciclo de crescimento recomeça.

O que está por trás da queda de cabelo?

A queda de cabelo que não acontece naturalmente é conhecida por alopecia e corresponde à redução total ou parcial dos cabelos numa determinada zona do couro cabeludo. Este distúrbio é causado por um erro do nosso sistema imunitário que começa a atacar os folículos capilares, provocando perda de cabelo de forma repentina. Muitas pessoas têm apenas uma parte ou outra sem qualquer cabelo e o tratamento é feito através de injeções. Em alguns casos, todo os pelos do corpo caem. Este problema não é contagioso nem perigoso, mas pode afetar fortemente a componente psicológica.

6. Genes estão por trás de 90% dos casos de queda de cabelo nos homens

alopecia

Verdade. É hereditário e tem maior influência através dos genes da família materna do que paterna. Existe medicação própria que ajuda a diminuir o ritmo de perda de cabelo. A calvície é mais comum nos homens do que nas mulheres.

7. A queda de cabelo acentua-se após o parto

parto

Verdade. Cerca de 4 meses após dar à luz é muito frequente que muitos fios de cabelo entrem de forma prematura em fase de queda, levando a uma perda de fios maior do que o normal.

Esta fase tem o nome de eflúvio telógeno e está também associado a reações à vacinação, determinados medicamentos (como antidepressivos, antibióticos ou medicamentos para baixar o colesterol), problemas de tiroide e casos severos de stress. Após algum tempo o mais comum é que os cabelos voltem a crescer normalmente.

8. A alimentação influencia a qualidade do couro cabeludo

alimentacao saudavel

Verdade. Uma alimentação equilibrada é fundamental para a nossa saúde não só dos cabelos mas também da pele e das unhas. A falta de alguns nutrientes pode levar à queda ou quebra dos fios e à falta de brilho. Por exemplo, as vitaminas do complexo B, betacaroteno (pró-vitamina A), zinco, ferro, silício e cisteína (rica em enxofre) são os nutrientes que mais ajudam a dar vitalidade aos cabelos.

9. O sol pode danificar o seu cabelo

sol no cabelo

Verdade. Um dos cuidados que devemos ter com o nosso cabelo é protegê-lo do sol. Sol a mais, sobretudo em quem tem o cabelo loiro, pode torná-lo seco e quebradiço. Já quem tem os cabelos finos, mais facilmente arrisca uma queimadura solar no couro cabeludo. É possível usar alguns produtos para proteger o cabelo do sol, mas pode ser difícil coloca-los uniformemente. O mais seguro é mesmo usar um chapéu quando estiver ao sol, sobretudo se o seu couro cabeludo estiver exposto.

10. Usar muito o secador estraga o cabelo

secar cabelo

Mito. Não é o uso frequente do secador que vai danificar o cabelo, mas sim a forma como o utilizamos. Segundo o dermatologista Rui Oliveira Soares, em entrevista ao jornal online Observador, o secador só danifica se se utilizarem temperaturas muito elevadas a distância curta com o cabelo molhado (deve antes secar-se com a toalha).

11. Se arrancar um cabelo branco, vão nascer logo dois

cabelos brancos

Mito. Na verdade, o que está na origem dos cabelos brancos é uma questão genética, não tem apenas a ver com a idade e, mesmo que não arranque nenhum, que eles vão continuar a aparecer. Se ainda não tem 40 anos e já tem cabelos brancos, saiba que é algo que já pode ser de família.

O aparecimento prematuro de cabelos brancos pode estar também relacionado com anemia, problemas de tiróide, deficiência de vitamina B12 e vitiligo. Pode pintar o cabelo para “cobrir as brancas”, como se costuma dizer, mas, atenção, às alergias que pode fazer a certas tintas do cabelo. Faça primeiro um teste antes de utilizar.

12. Amarrar o cabelo pode fazer com que o cabelo caia mais facilmente

cabelo

Verdade. A alopecia pode acontecer por tração do cabelo e, nestes casos, estamos a falar de penteados como o rabo-de-cavalo. Evite amarrar durante muito tempo o cabelo, pois poderá danificar os folículos capilares e levar à queda. Usar extensões pode também causar queda de cabelo, uma vez que exercem um peso extra em cima dos folículos.

Cuidados para ter um cabelo saudável

  • Fazer uma alimentação equilibrada;
  • Dormir bem;
  • Estar bem hidratado;
  • Protegê-lo do sol;
  • Recorrer a suplementação de aminoácidos e de oligoelementos.

 

Veja também: