AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Emprego como Motorista de Pesados: tudo o que precisa de saber

Ser motorista de pesados é uma profissão de responsabilidade e atenção redobradas. As habilitações profissionais e a formação na área são fundamentais. 

Emprego como Motorista de Pesados: tudo o que precisa de saber
Conheça as habilitações necessárias e como se candidatar

Pensa que ser motorista de pesados é ‘coisa’ do passado? Está enganado. No momento de escolher o meio de transporte para movimentar as mercadorias, a opção camião continua a ter muitos adeptos.

O desenvolvimento e crescimento da rede rodoviária, o maior conforto e segurança dos veículos e a sempre necessidade de transportar bens acabam por ditar a procura desta profissão, no actual mercado de trabalho nacional e internacional. Um cenário que justifica a oferta de emprego para estes profissionais.


Tudo o que precisa de saber para arranjar emprego como motorista de pesados

Para que conheça um pouco mais e melhor a profissão de motorista de pesados de mercadorias, esclarecemos alguns pontos.
 


O que faz um condutor de pesados?

De uma forma muito simples, este profissional conduz um veículo de grandes dimensões, transportando mercadorias de um ponto de partida para um ponto de chegada. Esse transporte percorre longas distâncias e é feito segundo rotas pré-definidas, em território nacional e/ou internacional.

Na maioria dos casos, o motorista de pesados trabalha para uma empresa de transportes de pesados de mercadorias. Nesse caso, o profissional é responsável pela manutenção do veículo que conduz, segundo o acordado com a entidade patronal. O motorista pode, no entanto, ter o seu próprio veículo e colaborar com várias empresas.



Quem pode exercer esta profissão?

A verdade é que conduzir um veículo de mercadorias pesadas não é para qualquer um. Do ponto de vista prático e segundo o Instituto da Mobilidade e dos Transportes, é preciso:
  • Ter mais de 21 anos para a carta de condução nas categorias C (pesado de mercadorias) e CE (pesado de mercadorias da categoria C com reboque ou semirreboque). Pode ainda ter 18 anos, desde que tenha certificado de aptidão profissional.
  • Ter 18 anos para a carta de condução nas categorias C1 (pesado de mercadorias cujo peso bruto não exceda 7500kg) e C1E (pesado de mercadorias da categoria C1E com reboque ou semirreboque).
  • Demonstrar aptidão física e mental (comprovada por atestado médico e relatório de avaliação física e mental), bem como psicológica (atestada por certificado de avaliação psicológica).
  • Residir em Portugal.
  • Não estar proibido ou inibido de conduzir ou sujeito a medida de segurança de interdição de concessão de carta de condução.
  • Ser aprovado no respectivo exame de condução.

Conduzir sozinho e passar vários dias longe de casa são condições inerentes à profissão. Se está a ponderar optar por esta carreira, avalie bem a sua disponibilidade antes de avançar. A estes profissionais é requerido grande rigor, responsabilidade e atenção, bem como motivação. Não se iluda: é uma actividade exigente.

Possuir cartão tacográfico de condutor é muitas vezes requisito na oferta de emprego. Trata-se de um cartão pessoal com um chip que contém a identificação do condutor e permite a recolha e gravação dos dados relativos à sua actividade. Este cartão é inserido no tacógrafo digital, obrigatório nos veículos de transporte de pesados.



Que tipo de formação é necessária?

A formação profissional contínua é parte integrante e obrigatória para quem quer exercer a profissão. Desde 2009 que os motoristas de pesados de mercadorias são obrigados a possuir o certificado de aptidão para motorista (CAM) e a carta de qualificação de motorista (CQM). Assim o determina o Decreto-Lei 126/2009, de 27 de Maio.

Sem o CAM e a CQM não é possível exercer a profissão. Os mesmos são obtidos através de formação inicial ou contínua, promovidas por entidades acreditadas pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes. Tanto o CAM como o CQM têm validade por 5 anos, renovável.



Quanto ganha um motorista de pesados de mercadorias?

Falar em números concretos é sempre complicado. Os valores variam se falamos de um motorista de pesados de mercadorias nacional, ibérico ou internacional. A experiência e o número de anos de serviço são tidos em grande consideração, no momento de fazer as contas. Ao salário base acrescem subsídio de risco, bem como o prémio TIR e a cláusula 74 (prémios mensais) para os motoristas de pesados internacionais.

Em vigor encontra-se o contrato colectivo de trabalho entre a Associação Nacional de Transportes Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) e a Federação dos Sindicatos de Transportes Rodoviários e Urbanos (FESTRU).

Aqui encontra todas as ofertas de emprego para motoristas de pesados em Portugal
Dois minutos chegam para concorrer ao emprego dos seus sonhos >>
Veja também: