Mudanças automáticas ou manuais?

As mudanças manuais são as mais utilizadas em Portugal e se gosta realmente de conduzir escolha estas, se preferir o conforto deixe-se levar pelas automáticas.

Mudanças automáticas ou manuais?
Um sistema tem 3 pedais, o outro apenas 2. Parece estranho?

Aqueles que são loucos por carros e amantes da condução têm características muito vincadas. O termo inglês e muito ouvido nos programas de automóveis é petrolhead, aquele que adora carros e não aceita outro meio de transporte. Vamos falar um pouco das características destas pessoas, que, tal como o nome indica, podemos deduzir que o combustível de eleição é a gasolina, pelo poder de explosão. Uma outra característica é a tração, que deve ser traseira. A máxima é: cada par de rodas faz uma coisa, as de trás fazem os cavalos trabalhar e as da frente tomam conta das rédeas.
 
A caixa de velocidades é algo muito importante também, e, aqui, vamo-nos focar neste tema, nas automáticas ou manuais.
Fica já dito que as manuais são sempre as preferidas dos petrolhead.
 

Automático versus manual

Uma dá mais conforto a outra mais controlo, e se adora conduzir gosta de domar os cavalos que moram debaixo do capot como bem entende. Tal só é possível com as mudanças manuais, sendo que neste caso somos o todo poderoso. No entanto há situações em que o automático é mais agradável, tal como a condução citadina, a que fazemos no dia a dia, entre arranca e para e pontos de embraiagem, algo que não existe nas confortáveis mudanças automáticas.
 

As vantagens - mudanças manuais

  • maior controlo
  • consumos de combustível mais baixos
  • maior prazer de condução
 

As vantagens - mudanças automáticas

  • menos preocupações na condução
 
Apesar de apenas enumerarmos uma vantagem no sistema de mudanças automáticas, julgamos que este é um fator crucial no momento da escolha. A maior parte dos condutores utiliza o carro pela necessidade e não apenas pelo prazer da condução e se é esse o seu caso opte pela automática. Mas tenha atenção pois este sistema é mais caro e mais raro em Portugal, visto que tradicionalmente todos os carros têm caixa manual, ao contrário da realidade norte americana.
Há ainda algo que deve ter em conta se optar pelas mudanças automáticas, pois apesar de este sistema estar muito bem desenvolvido, a engrenagem , em alguns modelos, demora muito tempo entre relações (de 2ª para 3ª por exemplo).
 
Do outro lado estão as conhecidas mudanças manuais, que têm consumos mais comedidos num tipo de condução igual, mas dão mais trabalho e por vezes, se não tivermos total controlo deixamos o carro ir abaixo.
 
Se adora carros, feche os olhos e imagine que está a conduzir. Lá ao fundo estão três pedais e a mão direita deixa por vezes o volante para agarrar a alavanca das velocidades e sentir a engrenagem de uma redução para ultrapassar o carro que está à frente. É bom, não é?
 
Veja também: