AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

5 dicas para mudar de emprego aos 30 anos

Estratégias para mudar de emprego aos 30 anos sem desesperar.

5 dicas para mudar de emprego aos 30 anos
Mudar de emprego aos 30 anos é possível!

Se aos 20 anos estamos, geralmente, imersos nos estudos, é expectável que aos 30 anos estejamos com os dois pés bem assentes no mercado de trabalho. Mudar de emprego aos 30 anos pode não ser fácil, especialmente se estivermos a falar de uma reconversão profissional ou mudança de função ou setor. Aqui ficam as nossas dicas!


5 truques para mudar de emprego aos 30 anos


1. Defina os seus objetivos

Mas atenção: “trabalhar com pessoas” não é um objetivo. Seja concreto na definição das suas prioridades a nível profissional. “Quero continuar a prestar serviços de consultoria financeira a pessoas, mas necessito de aumentar o meu income financeiro; considero que os setores A e B são aqueles que me oferecem mais possibilidades, pelo que vou começar a contactar as empresas X, Y e Z”. Isto, sim, é um objetivo.


2. Faça um mapeamento das entidades onde gostava de trabalhar

Mudar de emprego aos 30 anos pode ser um desafio, mas a verdade é que um candidato de 30 já pode contar com algo precioso: a sua experiência. É expectável que aos trinta seja uma pessoa mais organizada, focada e comunicativa. Tire partido dessas qualidades na altura de planear a sua mudança de carreira.



3. Apresente-se com impacto

Uma vez definidos os objetivos de carreira, prepare documentos de procura de emprego apelativos, diferentes do habitual e que transmitam claramente o que quer fazer nas empresas. Mudar de emprego aos 30 requer, lembre-se, que comprove que adquiriu um certo estatuto no mercado. Documentos de empregabilidade são o currículo, a carta de candidatura, o cartão de visita, o perfil LinkedIn, o portefólio, enfim, todos aqueles documentos que possam veicular a sua apresentação profissional às organizações.



4. Perca o medo do telefone

Não basta ficar em casa a enviar centenas de emails para as empresas. Tem que fazer uma preparação adequada das suas candidaturas, remetendo-as às pessoas que são efetivamente responsáveis pelo recrutamento (recomendamos que faça essa pesquisa no LinkedIn) e realizando um bom follow-up telefónico a seguir. Sim, estamos a sugerir que telefone para as empresas e peça para falar com a pessoa a quem enviou o seu CV para marcar uma reunião!



5. Cuide da sua imagem

Não calcula o que uma boa imagem pode fazer por si. Invista em vestuário adequado ao setor profissional onde quer integrar-se e apresente-se nas entrevistas com uma imagem cuidada e profissional.

Veja também: