Não caia em desgraças com os empréstimos urgentes

São cada vez mais as pessoas que veem nos empréstimos urgentes uma espécie de salvação. No entanto, são cada vez mais as fraudes associadas a estes produtos. Proteja-se.

Não caia em desgraças com os empréstimos urgentes
Aumentam fraudes com empréstimos urgentes
  • A necessidade aumenta a possibilidade de fraude.

Os empréstimos urgentes são, cada vez mais, olhados como uma espécie de salvadores, capazes de dar às pessoas a possibilidade de saldar dívidas já vencidas.

No entanto, os empréstimos urgentes podem mesmo ser a sua ruina já que representam, na maioria das vezes, juros altíssimos.

É comum, atualmente, ser confrontado com empresas e pessoas que emprestam dinheiro de forma imediata, mas também aqui é necessário ter muito cuidado. Muitas vezes, essas «empresas» de empréstimos urgentes solicitam um valor para custear o processo de abertura e, assim que esse valor é recebido, a «empresa» deixa de existir, nunca chegando o valor do empréstimo à sua conta.

Além disso, deve proteger-se também das empresas que não solicitam grandes informações. Empréstimos urgentes sem garantias significam juros incomportáveis e, portanto, deve sempre proteger-se destes produtos.

Quando os empréstimos urgentes são feitos entre particulares, lembre-se que a fraude pode ainda ser maior. Quando não há garantias, quando não há informações, o risco de incumprimento é muito grande e, portanto, estas almas generosas que lhe emprestam dinheiro têm que garantir que o dinheiro é ressarcido.

Como o fazem? Muitas vezes estes empréstimos urgentes são reavidos com recurso à violência, à perseguição e às ameaças.

Seja inteligente e nunca ceda à tentação de utilizar empréstimos urgentes, mesmo que a necessidade seja muita. De facto, estes produtos podem implicar ainda mais ruina na sua vida.

Não ceda ao desespero e, em caso algum, confie em pessoas ou entidades sem qualquer referência. Faça pesquisas na internet e perceba se existem algumas queixas sobre essas entidades, mas mesmo que não existam, seja prudente e não embarque em contos do vigário.

Sempre que necessitar de empréstimos urgentes, contacte o seu banco ou instituições de crédito idóneas e exponha a sua situação. Quem sabe não conseguirá chegar a uma solução vantajosa para ambas as partes?


Confie naquilo que é legal e nunca aceite empréstimos urgentes porque, de facto, isso pode comprometer o seu futuro.