Publicidade:

9 sinais para reconhecer um narcisista

O narcisista sente que não é suficientemente reconhecido e que as pessoas que o rodeiam têm vários defeitos. Aprenda a reconhecer um narcisista.

9 sinais para reconhecer um narcisista
Sente que as pessoas que o rodeiam não estão à sua altura?

O narcisista é definido como aquele que gosta de ou admira exageradamente a sua própria imagem. O termo inspirado no mito grego de Narciso, belo jovem que um dia se aproximou de um lago e se apaixonou pela sua própria imagem refletida na água, lançando-se ao lago para se unir aquele por quem se apaixonara, ele mesmo.

Mitologia à parte, a verdade é que este excesso de admiração por si mesmo pode tornar-se numa patologia – afinal, o narcisista tem um inflamado amor-próprio e esta característica pode dar origem a um transtorno mental, a chamada perturbação narcísica da personalidade.

Saiba mais sobre o assunto e aprende a reconhecer as características de um narcisista.

Quando ser narcisista é uma doença


narcisista

Perturbação narcísica de personalidade

Pessoas com esta perturbação apresentam um padrão de grandiosidade, uma grande necessidade de admiração e ausência de empatia para com os outros. Apresentam, normalmente, um padrão de relações instáveis.

Na verdade, para o narcisista, torna-se quase impossível manter relações estáveis e seguras com as pessoas que o rodeiam – já que parecem nunca o compreender ou valorizar como desejaria.

Este padrão narcisista tem início na idade adulta, mas estes traços de personalidade derivam, geralmente, das relações estabelecidas na infância.

A prevalência destes traços de personalidade narcísicos na população geral é de menos de 1%, sendo que na população psiquiátrica varia entre 2% a 16%, e é mais frequente nos homens.

Características principais de um narcisista


1. Tem um sentimento grandioso de auto importância, por exemplo, exagera na exaltação de talentos e realizações, esperando ser reconhecido como superior em relação a realizações proporcionais;

2. Preocupa-se com fantasias de êxito ilimitado, poder, brilhantismo, beleza ou amor ideal;

3. Acredita que é especial e único, e que só pode ser compreendido por outras pessoas ou instituições especiais e de elevado estatuto;

4. Necessita de admiração excessiva;

5. Tem um sentimento de titularidade, ou seja, tem expectativas não razoáveis de tratamento especialmente favorável;

6. Explora os outros para atingir os próprios fins;

7. Tem ausência de empatia e não está disponível para reconhecer ou identificar-se com os sentimentos e as necessidades dos outros;

8. Frequentemente, inveja os outros ou acredita que os outros o invejam;

9. Demonstra arrogância, comportamentos ou atitudes altivas.

personalidade narcisista

Narcisismo vs. Autoestima

A autoestima difere do narcisismo na medida em que a primeira está relacionada com as nossas realizações, mas também com os nossos valores e os cuidados que demonstramos para com os outros. O narcisismo, por outro lado, é frequentemente baseado no medo do fracasso, no foco em si mesmo, no impulso doentio para ser visto como o melhor, e numa profunda insegurança.

O narcisismo encoraja a inveja, a rivalidade e a hostilidade, enquanto aqueles têm uma autoestima saudável estimulam a cooperação e a empatia.

O narcisismo favorece o domínio e a arrogância, não aceitando críticas, enquanto a autoestima reconhece a igualdade e a humildade – além de reforçar a crítica positiva.

Conhece algum narcisista que precise de ler este artigo?

Veja também:

Ana Graça Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Além da Psicologia. é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que traga mais felicidade!