Negociar o pacote de televisão: saiba como pagar menos

Saiba aqui como negociar o pacote de televisão e, desta forma, reduzir a sua conta mensal nos serviços de telecomunicações.

Negociar o pacote de televisão: saiba como pagar menos
Vai valer a pena

Negociar o pacote de televisão implica, habitualmente, alterar o pacote completo ou o contrato de telecomunicações. Ou seja, o pacote com 3, 4 ou 5 serviços/produtos (telefone fixo, internet fixa e televisão + telemóvel + banda larga móvel).

As operadoras de telecomunicações a atuar em Portugal (MEO, NOS, Vodafone e NOWO) oferecem diferentes alternativas, no entanto, mudar o pacote de televisão obedece a algumas regras (alteradas recentemente, por legislação) e pode envolver custos.

Saiba aqui tudo o que precisa para negociar o pacote de televisão.

Negociar o pacote de televisão: o que deve saber

A altura ideal para começar a preparar-se para negociar o pacote de televisão é quando estiver a terminar o período de fidelização. Apesar de a lei obrigar agora as operadores a oferecerem contratos sem qualquer tipo de fidelização ou com seis e 12 meses de fidelização, a maioria dos contratos continuam a implicar o período máximo de fidelização – 24 meses.

Assim, o primeiro passo é apontar o fim do período de fidelização. Seguidamente deve:

Faça uma simulação

Independentemente de estar ou não satisfeito com a sua operadora, aconselha-se a realizar uma simulação – para saber qual o melhor pacote para o seu perfil de cliente (3, 4 ou 5 serviços) e quais as melhores ofertas disponíveis no mercado, sem esquecer quais as operadoras com cobertura na sua área de residência. Para isso utilize, por exemplo, o simulador da Anacom.

Contacte a operadora

Se estiver satisfeito com a sua operadora pode e deve negociar com a mesma, contactando-a. Por princípio as operadoras não querem perder os seus clientes. Assim, pode negociar um melhor preço pelo mesmo tipo de pacote, sem custos adicionais (fora do período de fidelização).

Já não está fidelizado? Melhor ainda

Use a vantagem de já não estar fidelizado, juntamente com os dados recolhidos da concorrência – para negociar e ficar a pagar menos ou, na pior das hipóteses, o mesmo (independentemente de pretender um upgrade, downgrade ou o mesmo tipo de pacote).

Naturalmente, que qualquer uma das decisões deverá implicar um novo período de fidelização. Assim, a pesquisa prévia e a negociação são muito importantes para tomar a decisão mais acertada.

No entanto, saiba que se pretender reduzir ou aumentar serviços, dentro do período de fidelização, é possível que tenha custos (diferem conforme a operadora e o serviço).

Está insatisfeito?

Ainda assim, mesmo que esteja dentro do período de fidelização — mas está insatisfeito com o pacote contratado —, pode tentar negociar o pacote de televisão, entrando em contacto com a sua operadora. A troco de novo período de fidelização é possível negociar um novo pacote.

Se quiser mudar de operadora, após a prévia simulação e consideração do serviço ideal para si (considere, por exemplo, período de fidelização, mensalidade base/promocional e sua duração, canais, canais exclusivos, entre outros), não se esqueça de solicitar as condições, por escrito, do novo serviço contratado.

Veja também: