Publicidade:

4 noções erradas de mecânica automóvel a ter atenção

Hoje em dia, um condutor normal deixou de perceber muito de mecânica automóvel, baseando-se no senso comum. Saiba aqui 4 noções erradas.

4 noções erradas de mecânica automóvel a ter atenção
Tenha cuidado com possíveis enganos

O conhecimento de mecânica já não é o que era. Antigamente, era regra conhecer de forma mais aprofundada alguns dos fundamentos sobre o funcionamento de um carro. Hoje em dia, não. Por vezes, só no próprio dia ou na semana que antecede o exame de condução é que o instrutor ensina, de forma básica e superficial, as bases sobre como trabalha um automóvel. Assim, criaram-se certas noções erradas de mecânica automóvel.

4 noções erradas de mecânica automóvel

Limpar o recipiente de óleo do motor

Este é dos casos mais típicos de noções erradas de mecânica automóvel. O carro não está a funcionar bem e poderá pensar que é o recipiente de óleo, levando-o a querer limpar o contentor com um líquido próprio antes de mudar o óleo.

Ora, este tipo de situação só costuma acontecer quando um carro tem muitos anos e, embora algumas empresas até aconselhem este tipo de ação, os automóveis mais modernos estão de tal forma preparados para aguentar muitos anos que limpar o motor acaba por prejudicar.

Limpar os injetores de combustível

É um caso muito semelhante ao anterior. Em carros a gasolina é raríssimo haver necessidade para tal. Em carros a gasóleo pode ter mesmo de limpar os injetores de combustível. No entanto, há uns aditivos que pode colocar por sua conta e risco e, se for a fazer uma viagem maior e puxar bem pelo carro, deixam os injetores de combustível quase como novos.

mecanico

Dispositivos para poupar combustível

Muitos afirmam que dá para poupar combustível e que compensa financeiramente. Segundo a revista norte-americana, Reader’s Digest, não acredite, é mentira. É uma das maiores noções erradas de mecânica automóvel. Os gas saving devices (ou fuel saving devices) não funcionam. É tão simples quanto isso.

Está sem óleo

Poderá ser um bocadinho fora de tópico, uma vez que não é necessariamente uma noção errada, mas sim falta de conhecimento de causa. Ainda assim, tenha cuidado com esta. Não só pelo dinheiro mas porque, uma pesquisa rápida em fóruns, vai fazê-lo rir ou chorar, dependendo da sua experiência automóvel, com certas histórias.

Dependendo do veículo, há várias formas de medir o nível de óleo. Por isso, este tem de ser verificado conforme diz o seu manual. Às vezes com o motor quente, outras a frio. Por isso, não se ponha a encher o recipiente de óleo só porque a vareta diz que não está bem. Lembre-se, verifique no seu manual como deve efetuar esta operação.

Veja também:

Também lhe pode interessar: