AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

10 notas divertidas para colocar na mochila do seu filho

Quer pôr um sorriso na mochila do seu filho ao lado do lanche? No regresso às aulas, torne o dia a dia mais divertido com estas ideias fáceis e criativas.

10 notas divertidas para colocar na mochila do seu filho
Um enigma, uma piada ou uma lembrança podem fazer os pais mais presentes

Para muitos, a vida implica oito horas diárias no trabalho, outras perdidas no trânsito, uns quantos minutos a preparar o jantar e outros muitos a traçar as tarefas do dia seguinte. Todo este tempo, que poderia ser dedicado a estar com os filhos, pode custar aos pais e a verdade é que as crianças sentem tanto ou mais. Mesmo com toda a distração da escola, a família é a primeira ideia de conforto na infância e é preciso encontrar formas de estar mais perto. Criatividade não pode faltar. 

Temos para si 10 ideias de notas divertidas para colocar na mochila do seu filho e tornar o dia a dia mais feliz. Tome nota do que é essencial e dê asas à imaginação. Descubra que estar perto nem sempre quer dizer estar ao lado e que há muitas formas de fortalecer os vínculos ao educar o seu filho. Faça-o sentir especial ao lembrar-se de si e da família.



10 notas divertidas


1. Embrulhar uma piada? Vai ser uma risota! 

Agrade o seu filho enviando uma piada na mochila. Há algo que as crianças mais gostem do que uma boa brincadeira para sorrir? Pode fazer uma seleção através de uma busca rápida pela internet, salvar no computador e imprimir uma vez por semana, por exemplo. Mas se tiver uma ideia engraçada e uma piada que faça sentido para a família, rabisque numa folha de guardanapo, ilustre com muita cor e junte ao lanche. 

Pode começar com esta piada divertida: 
Pergunta – Adivinhas o que é um pontinho azul no parque?
Resposta – Uma formiga em calças de ganga!

Dica do E-konomista: Para aumentar a curiosidade, pode usar um guardanapo para a pergunta e dar uma dica para o seu filho encontrar a resposta numa outra parte da mochila.

 


2. Um enigma ia mesmo a calhar...

Quer trabalhar o cérebro do seu filho, mas não quer que pareça mais um dos trabalhos para casa? Estimule o raciocínio da criança com um enigma!

Comece com estes: 
Pergunta - O que é que se coloca à mesa, corta-se e recorta-se e não é de comer?
Resposta - O baralho!

Ou...
Pergunta - Que pergunta pode uma pessoa fazer todos os dias, recebendo uma resposta diferente de cada vez, mas todas as respostas estão corretas? 
Resposta -  Que horas são?

E mais...
Pergunta - Qual é a disciplina preferida da vaca?
Resposta - Múúúúúúsica!

 


3. Jogos são desafios que qualquer miúdo adora!

Para os intervalos ao longo do dia, que tal enviar um puzzle rápido, umas palavras-cruzadas ou um Sudoku? Pode ainda comprar um livro de atividades e utilizar uma folha por dia. 
 


4. Uma pista. Há criança que resista a desvendar um mistério?

Que tal criar pistas para indicar a atividade após a escola? Se é o primeiro dia no futebol, pode incluir uma pequena bola na mochila, mas se vão jantar em casa dos avós, envie um envelope com a frase “hoje jantamos nos avós”. Para complicar e estimular, envie as letras em recortes e deixe o seu filho descobrir a mensagem. Pode também incluir uma pista para a atividade do fim de semana. Se vão ao cinema, envie pipocas e diga à criança para decifrar o mistério.

 


5. Uma foto: a família presente em qualquer sítio

Foram ao parque no último domingo? Imprima uma foto e envie a lembrança na mochila do seu filho. Fazer com que lembre dos momentos partilhados pode ser o carinho que faltava numa semana mais difícil, ou pode simplesmente reforçar a presença da família.
 


6. Um bilhete cheio de amor

Caso o seu filho esteja a passar por alguma situação mais complicada na escola, ou mesmo que apenas esteja a começar uma atividade nova, vai gostar de receber um bilhete a dar força e a lembrar do quanto ele é importante para si. E se não houver uma razão específica, um simples “amo-te” fica sempre bem e pode tornar a hora do lanche mais feliz.
 


7. Um cupão

“Vale um gelado a seguir ao jantar!”
“Vamos à loja de animais a seguir à escola?”
“Hoje podes gastar 5 euros nos teus cromos favoritos.”

Surpreenda a criança com um cupão escrito à mão e crie um momento mesmo especial. Escolha algo que sabe que seu filho vai adorar e ofereça. Faça esta surpresa e é certo que vai agradar.
 


8. Um elogio

Os elogios contribuem para o desenvolvimento das crianças, aumentam a auto estima e podem mudar comportamentos negativos. Incentive o seu filho com um elogio criativo e realista. Tome nota das nossas sugestões:
  • Mantenha o foco nas melhorias. Se, por exemplo, o novo trabalho de ciências está melhor do que o último, não esqueça de dizer. Isso vai manter a criança motivada. 
  • Enfatize o esforço e não os erros. Reconheça o processo que levou o seu filho a alcançar determinado objetivo e não apenas aquilo que foi o resultado final. Ao fazer elogios ao esforço da criança, os adultos ajudam a criar a confiança necessária para enfrentar novos desafios. 
  • Elogie de forma sincera. A partir dos 7 ou 8 anos a criança passa a diferenciar os tipos de elogios e a saber quando são verdadeiros ou exagerados. Elogiar honestamente é a melhor forma de fazer o seu filho ganhar confiança em si mesmo. Não diga apenas que o seu filho é um excelente amigo ou irmão. Fale diretamente de uma situação específica e assim ele verá honestidade no elogio. Exemplo: “ajudar a amiga a arrumar os brinquedos foi realmente muito bonito e gentil”.
  • Reconheça e ajude a reconhecer. A opinião dos adultos é muito importante, mas é válido lembrar que as crianças ainda estão a desenvolver o seu próprio senso crítico. Ajudar nesse processo é um importante passo para fortalecer a visão do seu filho sobre si mesmo. Ao dizer que o seu filho deveria ter orgulho nas notas anuais, estará a dar o apoio para que ele ganhe autonomia e sinta-se responsável pelos seus feitos. 
 


9. Envie uma pergunta que seja do interesse da criança

Seja sobre o jogo do momento, sobre o filme favorito, o cantor que o seu filho mais gosta ou uma série de livros que ele está a acompanhar, o importante é que demonstre interesse sobre os assuntos da criança e crie momentos divertidos sobre assuntos que sabe que ela gosta. 

 

10. Um SMS para os mais crescidos

Se o seu filho já tem idade para ter um telemóvel, invista na tecnologia para estar mais perto. Aproveite a hora do almoço para enviar um SMS e utilize uma das ideias acima listadas. Uma piada, uma pergunta, combinar o que vão fazer juntos... use a imaginação e envie uma mensagem à hora do almoço, por exemplo. Seja curto e doce, e esqueça a necessidade de resposta. 

Veja também: