Descubra 20 novas profissões em crescimento

Existem novas profissões no mercado de trabalho, mas nem todos dão por elas com facilidade. Esteja atento!

Descubra 20 novas profissões em crescimento
Acompanhe as tendências de mercado e escolha o melhor caminho

Vivemos num mundo cada vez mais digital. Isso reflete-se nas empresas e na forma como elas trabalham. Esta evolução do digital tem afetado cada vez mais o tipo de profissionais requisitados e surgem novas profissões a uma velocidade estonteante.

O mercado de trabalho está a acompanhar muito depressa a evolução tecnológica, o que é fácil de perceber pelas ofertas de emprego. As novas profissões são respostas modernas e atuais a questões que as organizações têm vindo a colocar desde sempre.

Tendo em conta a evolução da sociedade, do ambiente e, consequentemente, das necessidades, as organizações têm de se adaptar. É no seguimento dessa adaptação que surgem novas funções e novos talentos. Mesmo em áreas mais tradicionais, como é o caso da Banca, dos Seguros e das Finanças, surgem novas funções, com responsabilidades e competências muito próprias.

Conheça as 20 profissões que prometem dar que falar!

profissões novas

20 novas profissões para o futuro


1. Atuário especialista em solvência

Esta função é crítica na implementação de objetivos estratégicos numa seguradora ou corretora. O profissional é responsável por atenuar os riscos financeiros duma determinada apólice de seguro, através de análise estatística e do levantamento histórico de sinistros relevantes.

2. Restructuring manager

O profissional na área da reestruturação da dívida do Banco responsabiliza-se pela minimização do risco de default em carteiras de clientes onde se detetem dificuldades em proceder ao pagamento de dívidas.

O default é, precisamente, o incumprimento das obrigações legais ou condições de um empréstimo, por exemplo, quando um comprador não pode pagar a dívida.

Esta posição requer um relacionamento entre as diferentes áreas da instituição financeira que lidam com esses clientes. Estes profissionais são cada vez mais procurados nas entidades financeiras, de modo a manter as carteiras de crédito com a menor exposição possível.

3. Advogados internos

Estes profissionais reportam diretamente ao Diretor, Secretário-geral e Conselheiro Geral de uma empresa. Têm a seu cargo a responsabilidade de proceder à análise do impacto da legislação sobre futuras ações e operações da empresa noutros países, bem como a consequente negociação e elaboração/revisão de documentos e contratos necessários ao início da atividade.

Com o aumento dos projetos de expansão nas empresas portuguesas, muitos geridos a partir de Portugal, surge a necessidade da contratação destes profissionais.

4. Especialistas em regulamentação e relações governamentais

Como já mencionámos, muitas das novas profissões surgem da evolução tecnológica. Com a adoção dessas tecnologias por parte das empresas, surge a necessidade de ter quem as coordene do ponto de vista da legalidade.

5. Diretor/Coordenador de RH

Este profissional é responsável, em cooperação com a Direção, por definir e implementar as políticas de recursos humanos. É ainda responsável pelo recrutamento e seleção de novos colaboradores, bem como de projetos de reestruturação organizacional.

Estes são perfis cada vez mais procurados pela crescente necessidade de possuir um profissional que seja responsável pelas demissões, negociações coletivas, etc.

6. HR business partner

As principais responsabilidades deste profissional prendem-se com a implementação de políticas de recursos humanos relacionadas com recrutamento, formação e desenvolvimento, definição e implementação do plano estratégico e orçamento para recursos humanos e otimização do ambiente de trabalho.

Nos últimos anos, algumas empresas têm optado por estes profissionais que, além das funções inerentes aos recursos humanos, têm uma maior participação no negócio geral da organização.

7. Responsável de formação

De uma forma geral, este profissional reporta ao Diretor de Recursos Humanos e está responsável pela coordenação do processo formativo da organização, articulando sempre com as diferentes áreas da empresa.

Tem ainda como responsabilidades a manutenção e promoção do Manual de Formação, dar resposta às necessidades inerentes aos processos de certificação e de acreditação e colaborar e/ou preparar formações especializadas.

8. Gestor de desenvolvimento de negócios internacionais

Este profissional é responsável pelo desenvolvimento do negócio a nível internacional, sendo a pessoa de contacto em todo o mercado externo envolvente. Tem, entre outras, a responsabilidade de procurar e detetar oportunidades de contratação, investimento, desenvolver parcerias internacionais e estabelecer contactos privilegiados com autoridades locais.

Este profissional é cada vez mais solicitado, resultado da atual conjuntura económica, para auxiliar o processo de exportação.

9. Marketing online manager

Este profissional reporta diretamente à Direção e está responsável pela imagem de marca da organização e da sua consequente representação nos diferentes meios e canais. Gere os portefólios da empresa de forma a atingir objetivos.

Para esta posição, é necessário que o profissional seja bastante dinâmico e proativo, com domínio das plataformas online e da língua inglesa.

10. Community manager

Este profissional está responsável pela implementação, monitorização e controlo da imagem e representação da empresa nas diferentes redes sociais. Tendo em conta que a imagem das organizações tem ganho extrema importância e peso nas redes sociais, esta é das novas profissões que mais se procura no mercado de trabalho.

11. Designer de produto

No futuro, algumas profissões serão substituídas por máquinas, mas a parte criativa continuará a precisar das pessoas. Nas áreas comerciais e industriais, estes profissionais continuarão a ser muito requisitados.

12. Loyalty program manager

Este profissional é responsável pela criação e desenvolvimento de uma política empresarial orientada para a fidelização dos clientes. Responsabiliza-se pela estratégia de finalização, bem como pela formação da rede de vendas e/ou lojas e pela pesquisa de potenciais parceiros.

Esta função tem sido bastante solicitada nos últimos anos, tendo em conta que é mais rentável para as organizações a fidelização dos atuais clientes do que a captação de novos.

13. Medical manager

Este profissional é uma figura-chave no setor farmacêutico e colabora com os Departamentos Médico e de Marketing, reportando à Direção Médica. Entre outras responsabilidades, este profissional participa e faz supervisão do material promocional, está dentro dos processos dos ensaios clínicos e elabora relatórios científicos e farmacoeconómicos direcionados às entidades sanitárias.

14. Medical scientific liaison

Este profissional é o perito médico em campo, dentro do território, responsável por todos os produtos da empresa. Procede ao desenvolvimento de relações com os líderes de opinião e autoridades e apresenta argumentos claros e credíveis que demonstrem os elementos diferenciadores dos produtos que apresenta.

A reestruturação que os departamentos comerciais têm sofrido no setor farmacêutico favoreceu o aparecimento desta posição. Este profissional apresenta um valor acrescentado para as vendas e marketing, devido ao suporte científico que apresenta em relação aos produtos.

15. Diretor de obras internacionais

Este profissional é o responsável pela gestão de empreitadas da organização fora de Portugal. Tem de garantir o cumprimento das medidas de segurança, bem como do orçamento e qualidade da execução da obra.

O diretor de obras internacionais pode evoluir para uma função de coordenação de grupo de obras, ou seja, de várias obras.

16. Diretor de desenvolvimento de negócio internacional

É o responsável por organizar as atividades fora do país, bem como pela pesquisa de novos clientes, de forma a aumentar o número de trabalhos adjudicados. Deve conhecer bem o negócio, pois estará a representar a organização junto das entidades e dos fornecedores.

17. Arquitetos e engenheiros

A robótica e a nanotecnologia estão em crescimento exponencial. Por isso, estas novas profissões, que na verdade já existem há muito tempo, serão cada vez mais solicitadas para esta área.

18. Delivery manager

Este profissional funciona como um interface entre as áreas de negócios estratégicos e os departamentos de sistemas de informação, definindo prioridades e necessidades de cada área, para que sejam integradas numa estratégia corporativa comum a todas as áreas.

Participa de forma ativa na criação e na comunicação da estratégia de tecnologias da informação, de modo a que todos aqueles que vão estar de forma direta e/ou indireta no projeto, as compreendam.

19. Analista de sistemas informáticos

O analista de sistemas é um solucionador de problemas. Através das ferramentas informáticas disponíveis, analisa, programa, atualiza e testa vários sistemas de informação. A sua missão é desenvolver sistemas informatizados que consigam suprir as necessidades e alcançar os objetivos da empresa.

20. Agricultura

Sendo uma área tradicional, durante muito tempo foi encarada como menor. Mas hoje em dia, com as novas dietas alimentares, a procura de produtos biológicos e que, de alguma forma, se diferenciam dos outros, esta área está novamente em crescimento.

Há, inclusive, casos de licenciados em Agricultura Biológica ou Engenharia Agronómica que, em vez de procurarem trabalho em empresas, adquirem terrenos e se dedicam a projetos originais, quem estão em clara ascensão.

Escolhe a tua vocação e começa a fazer uma gestão da tua carreira!

Veja também: