AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

"O meu chefe não gosta de mim": o que fazer?

Sente que o seu chefe não gosta de si? Pode ter razão. Se for esse o caso, saiba como pode lidar com a situação.

Uma má relação com as chefias pode pôr em causa o seu sucesso laboral.

“O meu chefe não gosta de mim!”

Certamente já ouviu ou disse esta frase. É sabido que nem sempre as relações interpessoais no trabalho são fáceis. Colegas de difícil trato ou maus chefes tudo é possível. Mas também é possível que o problema seja seu. Sim, ou pensava que estava totalmente isento de culpas? Nem sempre. Se sente que o seu chefe não gosta de si, deve antes de mais localizar a origem dessa animosidade para saber como lidar com a situação e ultrapassar o problema.

5 Sinais de que o seu chefe realmente não gosta de si

É certo que você e o seu chefe não têm que ser os melhores amigos para que faça o seu trabalho, mas certamente tudo fica mais fácil se não existir uma má relação entre vocês. No entanto isso nem sempre acontece. Claro que antes de se precipitar a dizer que o seu chefe não gosta de si é importante que perceba se realmente existem sinais claros de uma animosidade para consigo ou se é apenas “impressão” sua. Para o ajudar a perceber aqui ficam alguns sinais a que deve estar atento.
 

1. Exclui-o de reuniões ou discussões importantes e processos de tomada de decisão

Se foi apenas uma vez, provavelmente foi esquecimento (o que já não é bom), mas se é recorrente pode significar que não está interessado no seu contributo.
 
Quer saber mais?
Receba as nossas melhores dicas no seu e-mail. Registe-se no E-Konomista. Diariamente, levamos até si a informação de emprego mais relevante.

2. Interfere com o seu trabalho

Se o seu chefe está constantemente a avaliar e a controlar o seu trabalho pode ser um sinal de que não confia em si.
 

3. Critica-o publicamente

Os bons gestores simplesmente não o fazem. E isso só por si, não é um bom indicador relativamente ao seu chefe. Mas se o faz constantemente pode estar a tentar diminuí-lo perante os seus colegas.
 

4. Não o contempla para uma promoção

Se os seus índices de produtividade “estão bem e recomendam-se”, se tem dado o seu melhor e o seu desempenho é exímio e mesmo assim o seu chefe não considera promovê-lo em detrimento de outros profissionais menos qualificados, claramente há algo de errado.
 

5. Apenas lhe atribui tarefas básicas

Aquelas que fazia quando começou a trabalhar e ainda não estava familiarizado com as funções. Não quer dizer que não as possa ou não deva fazer, mas se já percorreu um longo caminho e o seu chefe simplesmente não lhe dá “margem de manobra” talvez a sua intuição esteja certa.

 

Porque não gosta de si e como lidar com isso?

Estes sinais são apenas um pequeno exemplo. Mas é fundamental que tente perceber se as atitudes menos positivas são comuns a outros colegas ou se é mesmo apenas consigo e se chegar à conclusão que o seu chefe realmente não gosta de si está na hora de perceber porquê.

Ninguém agrada a todos. Há pessoas com quem se cria empatia e outras nem por isso. No caso das chefias esta “embirração” pode dever-se a várias razões. Pode dar-se o caso de o seu chefe não estar satisfeito com o seu trabalho ou com a sua atitude no local de trabalho, por exemplo. No entanto, qualquer que seja o problema, medidas devem ser tomadas para tentar melhorar a situação e ambos conseguirem trabalhar juntos. E se as coisas não melhorarem eis o que pode fazer.
 

1. Fale com o seu chefe

Mas nada de falar na defensiva ou “atirar achas para a fogueira”. A ideia é que tenha uma abordagem positiva, seja educado e tente expressar a sua preocupação e encontrar uma forma de melhorar e evoluir enquanto profissional para ir ao encontro das expetativas do seu chefe.
 

2. Registe todos os seus trabalhos

Isto é para o caso da primeira dica simplesmente não funcionar e o seu chefe continuar a implicar consigo. Se o seu trabalho é bem feito, se tem uma ótima conduta profissional e cumpre com todas as suas tarefas, comece a registar todos os seus trabalhos ou projetos e a evolução/conclusão dos mesmos. Isto vai ser-lhe muito útil na próxima avaliação do seu desempenho.
 

3. Comunique as atitudes do seu chefe

Se mesmo com um bom desempenho as coisas não melhoram, registe todas a atitudes ou comportamentos que possam ser considerados desapropriados por parte do seu chefe e comunique a situação aos Recursos Humanos.
 

4. Procure um novo emprego

Nada resulta? Então que tal procurar um novo emprego? Começar de novo pode ser a solução para si e o caminho para o sucesso.
 

Desengane-se! A certa altura do campeonato todos os profissionais têm que lidar com um chefe mais complicado. Nem sempre é fácil, mas é possível de ultrapassar. 


Veja também: