11 dicas sobre o que comprar (e não comprar) em janeiro

Para começar o ano em grande, saiba o que comprar (e não comprar) em janeiro.

11 dicas sobre o que comprar (e não comprar) em janeiro
Antecipe a compra da prenda de 14 de fevereiro para a sua cara-metade

Saber o que comprar (e não comprar) em janeiro é fundamental para que as suas finanças não se compliquem logo no início do ano. Para ajudar, damos-lhe dicas sobre aquilo que representa um bom investimento neste mês e aquilo que deve esperar por uma altura melhor.

9 coisas que deve comprar em janeiro


Os saldos começaram, por isso, muitas compras são verdadeiras oportunidades neste mês e deve aproveitar os descontos. Mas nem todas as nossas sugestões são necessariamente sobre o que comprar em janeiro, como a primeira que lhe vamos sugerir.

1. Inscrição no ginásio

Muita gente tem como resolução de ano novo a perda de peso. Principalmente depois dos excessos cometidos durante as festas. É muita comida e muito açúcar, por isso, quase todos pretendem recuperar a forma.

Os ginásios têm consciência disso e, para o aliciar ainda mais, fazem preços tentadores, descontos de início de ano e abrem vagas com mensalidades especiais.

Felizmente, cada vez há mais opções low cost e mais ginásios a abrir. Informe-se sobre os preços que estão a praticar. É possível que tenham boas ofertas para si.

Hoje em dia, muitos ginásios têm preços interessantes, mesmo sem fidelização, mas leia os contratos de uma ponta a outra para garantir que não vai ficar “preso” a um compromisso que não tem a certeza se vai querer ou poder cumprir.

mensalidade ginasio

2. Roupa de cama e atoalhados

No que diz respeito ao que comprar em janeiro para a casa, roupa de cama e atoalhados é a resposta. Se precisa de renovar estas peças, não perca tempo, antes que os conjuntos mais giros e de melhor qualidade desapareçam das prateleiras das lojas de produtos para a casa.

3. Roupa de inverno

As coleções de inverno já entraram há alguns meses, por isso, tendo em conta que estamos em saldos, esta é uma boa altura para ainda comprar algumas roupas da época.

A bem dizer, os saldos verificam-se maioritariamente, em roupas, por isso, não vai ser difícil encontrar o que quer que seja que precise para acabar o inverno bem quentinho.

Para além das roupas de inverno, encontram-se algumas peças de outras estações, apesar de representarem uma percentagem muito baixa.

4. Calçado e acessórios

Tal como as roupas, o calçado e acessórios são fortemente afetados pelos saldos. E isso é bom para si. Calçado é o que deve comprar em janeiro. Aproveite as inúmeras oportunidades para renovar os seus ténis, sapatos e botas.

Se tem casamentos este ano, aproveite também para comprar os acessórios, caso já tenha a roupa comprada, porque tudo estará mais barato agora do que nos meses de verão.

calcado

5. Produtos de beleza

Do gel de banho ao creme hidratante, passando pelo perfume e a maquilhagem, as lojas de produtos de beleza também não querem ficar de fora das maiores promoções oferecidas aos clientes.

Esta é a altura certa de renovar o stock do seu perfume preferido e dos sais de banho de que tanto gosta, mas que são um pouco caros. Estabeleça prioridades e abasteça-se para alguns meses. Estes produtos nem sempre são baratos e esta é uma excelente altura para os adquirir.

6. Decorações de Natal

Já lhe tínhamos dado esta sugestões no artigo sobre o que comprar em dezembro. Mas a pensar nos dias a seguir ao Natal. E como nesses últimos dias do ano ainda estamos todos preocupados em trocar as prendas de que não gostámos, a aproveitar os dias com a família ou a preparar a passagem de ano, não custa lembrar que em janeiro ainda há disponíveis decorações de Natal.

E como no fim deste ano teremos novas decorações, novos papéis de embrulho e novas luzes, as lojas tentam despachar as sobras das festas em janeiro a preços mais competitivos.

Se a sua casa for grande o suficiente e se for uma pessoa organizada, esta é uma oportunidade de poupar algum dinheiro em dezembro deste ano. Compre aquilo que lhe possa vir a ser útil e deixe tudo organizado para as festas de 2018. Mas se, pelo contrário, as decorações que tem ainda servem, não gaste dinheiro à toa.

decoracao natalicia

7. Mobiliário

Mais uma vez, os saldos. E como daqui a pouco tempo também teremos novas coleções, esta é a melhor altura para comprar mobília a bons preços.

Pode esperar um pouco para ver se os preços baixam ainda mais, mas tenha cuidado para que as melhores peças não esgotem.

8. Dia dos namorados

Aproveite este mês para comprar a prenda para a sua cara-metade. Não porque tenhamos uma coisa concreta para sugerir, mas porque fevereiro é o mês do dia de S. Valentim, por isso, tudo o que sejam prendas românticas estarão mais caras nesse mês.

E, com os saldos, janeiro tem tanta oferta que não será difícil encontrar uma boa prenda a um preço simpático.

9. Alta tecnologia

Se seguiu o nosso conselho de dezembro, não comprou alta tecnologia e esperou por janeiro. E, se bem se lembra, o que lhe dissemos foi que neste mês existiriam novidades, o que fará descer os preços dos modelos anteriores. É nesses que deve apostar.

Certamente que ainda não estão ultrapassados, mas os seus preços serão bastante inferiores aos dos acabados de sair.

2 coisas que não deve comprar em janeiro


Apesar dos preços tentadores praticados nos saldos, nem tudo representa uma boa compra em janeiro. Descubra o que deve esperar mais um pouco.

1. Smartphones

Neste momento, não se esperam muitos lançamentos de novos telemóveis. Isso significa que os que já estão no mercado se devem manter aos mesmos preços porque, normalmente, os modelos anteriores ficam com preços mais baixos quando saem os novos.

Isto não quer dizer que não encontre algumas oportunidades mas, se não tiver urgência, talvez valha mais a pena esperar pelo lançamento de modelos novos para comprar os mais antigos a preços mais competitivos.

smartphones

2. Joias

Se não aproveitou os preços de dezembro, deixou passar uma boa oportunidade. O Dia dos Namorados já está demasiado próximo, por isso, os preços começam a subir até dia 14 de fevereiro.

Veja também: